Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

TV Universitária passa a disponibilizar multiprogramação da EBC

Publicado: Quarta, 11 Mai 2022 16:49 | Última Atualização: Quarta, 11 Mai 2022 18:43

A Rádio e a TV Universitária da Universidade Federal de Roraima (RTV/UFRR) receberam, nos dias 4 e 5 de maio, uma equipe de técnicos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). A intenção foi estreitar os laços entre a rede nacional e as emissoras locais, além de implementar melhorias.

A equipe, formada por Gilvani Moletta, gerente executivo de Sistemas de Informação de Comunicação, e David de Morais Lopes, gerente de Planejamento de Programação de Rede, foi recebida pelo diretor das emissoras locais, Paulo César Reis e toda a equipe da RTV. Os técnicos também participaram de uma reunião com o reitor e vice-reitor da UFRR, professores Geraldo Ticianeli e Silvestre Lopes da Nóbrega.

“Essa foi a primeira visita. Viemos conhecer as ilhas de edição e os sistemas de pós-produção. Aqui tem máquinas e equipamentos muito bons e o trabalho desenvolvido aqui é de uma qualidade surpreendente. Então, a princípio, seria essa aproximação da EBC com as filiadas Rádio e TV Universitária da UFRR, estar mais próximo, conhecer a realidade e também verificar de que forma podemos ajudar”, destaca Gilvani Moletta.

Entre as mudanças, a equipe implementou a multiprogramação da EBC. Com isso, o canal 2, da TV Universitária e TV Brasil foi subdividido em quatro, ampliando o conteúdo disponibilizado para a população de Roraima.

Agora, além do canal 2.1 que transmite a programação local da TV Universitária e nacional da TV Brasil, a população conta com o sinal 2.2 da TV Brasil 2 e os canais 2.3 do Canal Educação e 2.4 do Canal Saúde. Os canais produzem diariamente amplo material jornalístico, científico e de entretenimento, em sinal público e aberto.

A TV Brasil 2.2 cobre os principais eventos do poder executivo federal. O Canal Educação é vinculado ao Ministério da Educação e difunde conteúdo pedagógico e lúdico.

Já o Canal Saúde é vinculado ao Ministério da Saúde e à Fiocruz. Transmite programas especializados, voltados para os profissionais e estudantes da área de saúde e outros direcionados para o público em geral.

“Com a multiprogramação, aumentamos a oferta de conteúdo para a população. Antes tínhamos apenas um canal e agora temos quatro. Para ter acesso à multiprogramação, é necessário somente fazer a ressintonia da televisão e os quatro canais já estarão disponíveis”, explica David de Morais Lopes, gerente de Planejamento de Programação de Rede da EBC.

A EBC também entregou equipamentos que contribuirão para o trabalho de edição e pós-edição da TV Universitária. “Nesse curto espaço de tempo, foi possível melhorar um pouco as ilhas de edição e fazer um up grade nos sistemas, nos discos. Acredito que elas [máquinas] ficaram muito mais rápidas e a gente conseguiu integrar a ilha de edição, deixando-a acessível para a EBC em Brasília. Então podemos fazer alguma intervenção ou manutenção diretamente de lá”, ressalta Moletta, gerente executivo de Sistemas de Informação de Comunicação da EBC.

O diretor da Rádio e TV Universitária, Paulo César Reis, frisa que a presença da equipe da EBC em Roraima contribui para a modernização da emissora local, que passa a ofertar mais serviços para a população roraimense e com maior qualidade.

“Em 2017, a TV Universitária passou a ser digital. Com esse processo a EBC em sua nova gestão passou a fortalecer as afiliadas. E hoje, através de um encontro que tivemos em novembro em Brasília, da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), e uma conversa com a gestão, nós conseguimos trazer essa visita. Dentro dessa parceria, eles vieram nos auxiliar nesse processo de digitalização. Com isso, quem ganha é a instituição e, mais do que nunca, a população”, diz o diretor.

Rádio – A equipe também visitou as instalações da Rádio Universitária e recebeu algumas solicitações da direção da emissora. Algumas propostas já foram debatidas para melhoria do veículo, buscando maior aproximação com o público.

“Com essa parceria, nós também estamos com uma proposta de modernização da nossa Rádio Universitária. Então, em um futuro mais próximo, a nossa rádio estará também com streaming de vídeo e melhorando a nossa qualidade de transmissão na internet. Esse será um ganho circunstancial para a toda a população roraimense”, frisa o diretor da RTV, Paulo César Reis.

O gerente executivo de Sistemas de Informação de Comunicação, Gilvani Moletta destaca a audiência da Rádio Universitária e também fala sobre as propostas para a emissora. “A Rádio Universitária aqui tem um papel muito bacana na cidade, tem uma audiência muito relevante e bastante qualificada. Também viemos com o intuito de conhecer a rádio e trazer algumas propostas da nossa experiência, que a gente tem de muitos anos das Rádios EBC. A princípio queremos fazer uma proposta de trazer novos softwares, novos computadores, para algumas aplicações um pouco mais modernas e, quem sabe, em curto ou médio prazo, colocar algumas câmeras e integrar para transformá-la também em uma rádio web e fazer transmissões por vídeo também”, disse Moletta.

registrado em:
Fim do conteúdo da página