Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

UFRR conclui revitalização do bloco I do campus Paricarana

Publicado: Terça, 03 Agosto 2021 17:00 | Última Atualização: Terça, 03 Agosto 2021 17:00

O Centro de Comunicação Social, Letras e Artes da Universidade Federal de Roraima  (CCLA/UFRR) teve o seu  prédio revitalizado e entregue nesta terça-feira (3/8). A cerimônia teve a presença do reitor Geraldo Ticianeli, professores e técnicos da instituição. Os trabalhos no bloco I, um dos mais antigos da instituição, duraram 10 meses.

A revitalização do bloco incluiu a manutenção de seu piso, buscando aumentar a durabilidade, pintura predial e a manutenção e substituição do sistema hidrossanitário dos banheiros, manutenção do telhado e do forro e manutenção geral da rede elétrica, com substituição dos dispositivos quando necessário. Além disso foi feita readequação dos laboratórios do curso de Artes Visuais.

O trabalho beneficia alunos e professores das quatro licenciaturas em Letras ofertadas pela UFFR e os cursos de Comunicação Social e de Artes Visuais. O curso de Letras-Libras, embora não tenha aulas neste prédio, será beneficiado com a revitalização porque os gabinetes dos professores ficam no bloco.

De acordo com o reitor Geraldo Ticianeli, o bloco I havia muitos anos que exigia passar por uma revitalização. “As melhorias que fizemos no prédio com certeza trarão mais conforto à comunidade acadêmica, facilitando os trabalhos de ensino, pesquisa e extensão que são desenvolvidos pelos cursos que fazem parte do CCLA”, afirma.

Conforme o professor Parmênio Citó, diretor do CCLA, uma infraestrutura bem cuidada proporciona um bom ambiente de estudo e trabalho para os alunos e servidores, bem como de convivência a todas as pessoas que usufruem do espaço.

Sobre a importância da administração UFRR investir neste tipo de ação, o diretor considera necessários estes investimentos na revitalização de espaços de estudo, de trabalho e de convivência. “Espero que ações do tipo sejam uma constante, sem esquecer de implementarem outras ações de suporte técnico e tecnológico às atividades de ensino, pesquisa e extensão na nossa UFRR”, complementa.

registrado em:
Fim do conteúdo da página