linha top1
Universidade Federal de Roraima

Notícias

INTERCÂMBIO ENTRE ESTUDANTES INDÍGENAS MAORI, NOVA ZELÂNDIA E ESTUDANTES E LIDERANÇAS INDÍGENAS DE RORAIMA

Ligado .

O Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena promoverá no próximo dia 30 de novembro de 2020 um intercâmbio entre estudantes indígenas Maori (Nova Zelândia) e estudantes e lideres indígenas de Roraima.

Programação

1. Boas vindas – Prof. Dr. Marcos Braga (Direção do Instituto Insikiran) e Professor Ariosmar Barbosa (Instituto Insikiran / Ufrr) – 5 min;

2. Breve relato sobre as articulações para realização do intercâmbio – Assessoria Deputada Federal Joênia Wapichana – 5 min;

3. Representatividade política: Deputada Federal Joênia Wapichana; Liderança Jovem Indígena Carla Jarraira – Região Raposa / Normandia – 10 min;

4. Organizações indígenas: Enoque Taurepang (CIR), Raulinho Waiwai (APIWX) e Marcelo Pereira (APITSM) – 10 min;

5. Línguas indígenas: Celino Raposo – 5 min;

6. Turismo em terras indígenas: Enoque Raposo – 5 min;

7. Sustentabilidade: Maria Zuleide (Projeto cuidamos dos peixes (Comunidade Indígena Boqueirão); Raulinho Wai Wai (Projeto da Castanha Waiwai); Sineia do Valle (PGTAs - CIR) 10 min;

8. Instituições de Ensino Superior (IES): Pierlângela (IFRR); Marcos Braga (UFRR) – 10 min;

OBS:

- Chegar 30 minutos antes do encontro. Vamos nos conectar, acessar a plataforma do encontro (Zoom) para testar o acesso, a câmera, a imagem, o microfone, áudio e a tradutora do evento. A equipe de apoio Brasil estará acompanhando todo o evento e poderá tirar dúvidas a qualquer momento.

- Preparar: Internet (celular ou computador), carregador, luz/iluminação.

- Dica de local para participação no encontro: optar por espaço onde exista boa iluminação, natural e/ou artificial, para que sua imagem fique nítida do início ao fim do encontro.

- Importante: Usar um fone de ouvido com microfone durante as sessões. É fundamental para a qualidade da tradução simultânea.

Data: 30 de novembro de 2020
Horário: 16:00 às 18:00 (horário local)
Link: https://waikato.zoom.us/j/92544873635

XXVII Seminário De Formação Superior Indígena do Curso de Licenciatura Intercultural

Ligado .

Acontece nos dias 2 e 3 de dezembro de 2020, de 14h as 18h, o XXVII Seminário De Formação Superior Indígena do Curso de Licenciatura Intercultural com o tema Desafios e Perspectivas do Ensino Remoto na Formação do Professor Indígena. O evento será on-line, gratuito e emissão de certificados.

Inscrição e programação em https://www.even3.com.br/xxviiseminariointercultural

Aproveite para se inscrever e compartilhar o Canal de YouTube do Instituto Insikiran https://www.youtube.com/channel/UC1VrOUtZX0e523WYUu7qnJg

Link para a programação do dia 02/12/2020: https://www.youtube.com/watch?v=SiGnbet2Bzc
Link para a programação do dia 03/12/2020: https://www.youtube.com/watch?v=-akdSITJKPo

Participe!

Insikiran realiza seminário de Pesquisa e Pós-graduação

Ligado .

O Instituto Insikiran de Ensino Superior da Universidade Federal de Roraima (UFRR) realiza, de 25 a 27 de novembro, o Seminário de Pesquisa e Pós-graduação do Insikiran. O evento será on-line e terá como tema “Pós-Graduação em Contextos Interculturais: Desafios e Propostas”.

Os interessados poderão assistir ao Seminário no Canal do Instituto Insikiran no YouTube. Haverá certificação.

O objetivo do evento é discutir, junto à comunidade acadêmica do Insikiran e público interessado, os desafios de uma pós-graduação em contextos interculturais e, também, divulgar e valorizar algumas das muitas pesquisas que são realizadas pelos docentes dos cursos do instituto.

ALUNA DO CURSO DE GESTÃO EM SAÚDE COLETIVA INDÍGENA DO INSIKIRAN DEFENDE TCC A DISTÂNCIA PELO TELEFONE CELULAR

Ligado .

A aluna do curso de Gestão em Saúde Coletiva Indígena do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena da UFRR, Francimar Bezerra Dionísio defendeu seu TCC a distância pelo seu aparelho de telefone celular. Isso mesmo, pelo celular.

 


 

 

A aluna Francimar é da Etnia Wapichana da comunidade indígena Milho, região do Baixo São Marcos em Roraima e defendeu seu TCC no formato de artigo científico sobre Gestão de Resíduos Sólidos no dia 10 de novembro de 2020, na plataforma Web PoP-RR-RNP, sob a orientação do Prof. Dr. Eliseu Adilson Sandri.

Neste ano, uma grande parte das universidades foram determinadas a ampliar o uso de recursos tecnológicos para o Ensino Remoto Emergencial (ERE) em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

Na visão da aluna, sobre o formato realizado, a mesma considerou: “A ideia da defesa do meu TCC seria inicialmente pelo computador que tem lá na comunidade, mas na última hora ele falhou. Peguei meu celular e fiz a conexão com a internet e a experiência foi muito boa. Meu celular é dos mais simples, com a tela bem pequena, e mesmo assim, com ele, consegui alcançar meu objetivo. E devido à pandemia da COVID-19, tempos difíceis que estamos vivendo, ele foi fundamental para que eu permanecesse em isolamento social e proteção desta doença traiçoeira. É uma luta e resistência constante junto com o meu povo”, enfatiza.

Na ocasião, outros seis estudantes indígenas também apresentaram TCC a distância: Diana Calixto da Silva, Carina Almeida Brás, Elizete Camilo Araújo, Jean Pablo Diogo Januário, Luciana Alves da Silva e Naiane Souza da Silva nas respectivas temáticas: Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em comunidades indígenas, problemática da atividade garimpeira na terra indígena Raposa Serra do Sol, alternativas de alimentação diversificadas aos povos indígenas do Lavrado e os Impactos da Covid-19 aos povos indígenas da Amazônia Setentrional.