Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Banner Topo
Início do conteúdo da página

ebooks

Publicado: Quinta, 20 Agosto 2020 12:56 | Última Atualização: Segunda, 15 Agosto 2022 21:46 | Acessos: 18034

 

TítuloResíduos Sólidos no Sul do Estado de Roraima

Organizadores: Vanuscléia Silva Santos Rikils, Elói Martins Senhoras e Lauriano Antonio Barella

Resumo: O livro "Resíduos Sólidos no Sul do Estado de Roraima”, escrito pelos pesquisadores Vanuscléia Silva Santos Rikils. Elói Martins Senhoras, e, Lauriano Antonio Barella , trata-se da vigésima preimeira obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra discute a viabilidade de aterros consorciados entre pequenos municípios amazônicos, tomando como estudo de caso a análise do Sul do Estado de Roraima.


Título: Demanda turística e o estudo sobre motivação

Organizadores: Fernanda Akemi Hirata e Debora Cordeiro Braga

Resumo: O livro "Demanda turística e o estudo sobre motivação", escrito pelas pesquisadoras Fernanda Akemi Hirata e Debora Cordeira Braga é a vigésima segunda obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Fruto de um esforço de sistematização de teorias sobre a demanda turística os os fatores motivacionais do turismo, o livro traz uma série de reflexões que contribuem para ampliação do campo científico do Turismo no Brasil, preenchendo uma lacuna bibliográfica e abrindo espaço para novos debates na temática.


TítuloCiclo de vida do ecoturismo no Lago Caracaranã, RR

Organizadores: Alexandrina Maria de Andrade Lima, Elói Martins Senhoras e Vanuscléia Silva Santos Rikils

Resumo: O presente livro sobre o fenômeno do ecoturismo no Lago Caracaranã, localizado no município de Normandia, estado de Roraima, caracteriza-se como uma pesquisa pioneira na área de estudo e que reflete o contexto de crescente produção científica sobre turismo sustentável, ecoturismo e etnoturismo no Brasil e no mundo. O trabalho tem como objetivo analisar a evolução do ciclo de vida dos serviços de ecoturismo no Lago Caracaranã, no período entre as décadas de 1970 e 2010, sendo elaborada com base em um método histórico-dedutivo caracterizado como exploratório, descrito e explicativo, quanto aos fins, e, qualitativo, quanto aos meios, que se fundamentou na triangulação dos procedimentos metodológicos de revisão bibliográfica e documental, revisão integrativa e estudo de caso.

Os resultados da pesquisa apresentados neste livro demonstram a existência de um ciclo de vida relacionado à exploração do turismo no Lago Caracaranã, cuja periodização em quatro fases comprova em sua última etapa que houve uma estrutural inflexão, oriunda da demarcação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol (TIRSS) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano de 2008.


TítuloBrasil, Mercosul e Aliança do Pacífico: convergência ou antagonismo?

Organizadores: Charles Pennaforte

Resumo: O livro "Brasil, Mercosul e Aliança do Pacífico: convergência ou antagonismo?”, escrito pelo prof. Dr. Charles Pennaforte, trata-se da vigésima quarta obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores compreenderem se o bloco regional da Aliança do Pacífico (AP) pode “enfraquecer” o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) como modelo mais eficaz para a promoção do desenvolvimento econômico latinoamericano e se pode afetar os interesses geopolíticos e estratégicos do Brasil na região.


TítuloConstrutores da geopolítica sulamericana

Organizadores: Marcos Antônio Fávaro Martins

Resumo: O livro "Construtores da geopolítica sulamericana”, escrito pelo professor Marcos Antônio Fávaro Martins, trata-se da vigésima sexta obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre a geopolítica da América do Sul, contribuindo com novas discussões e recortes teóricos, justamente por não ter seguido a tradicional linha de estudos geopolíticos, a qual está baseada exclusivamente nas análises teóricas oriundas dos países centrais. Ao trabalhar esse tema, o autor reforçou a importância de se valorizar cada vez mais a própria história e a nativa produção intelectual, propiciando ao público, tanto acadêmico como leigo, a possibilidade de conhecer a história da formação da geopolítica sul-americana a partir de uma perspectiva endógena.


TítuloFormação de professores e práticas pedagógicas

Organizadores: Joelma Fernandes de Oliveira e Elói Martins Senhoras

Resumo: O livro "Formação de professores e práticas pedagógicas”, organizado pelos professores Joelma Fernandes de Oliveira e Elói Martins Senhoras, trata-se da vigésima quinta obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre a docência e a formação de professores na contemporaneidade por meio de dois eixos de discussão, respectivamente: 1) Formação de professores e desafios contemporâneos; e, 2) Práticas pedagógicas e o processo educativo em instituições de ensino.


Título: Direito dos migrantes e a Corte Interamericana de Direitos Humanos

Organizadores: Nathália Santos Veras e  Elói Martins Senhoras

Resumo: O presente livro, sobre a participação da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CoIDH) em um regime de direitos humanos dos migrantes, discute o fenômeno da migração, tema ao mesmo tempo antigo e atual, no contexto do mundo pós-segunda guerra. Pretende-se refletir sobre a participação da CoIDH em um eventual regime interamericano de direitos humanos dos migrantes, no âmbito da Organização dos Estados Americanos (OEA). Os recortes teóricos normativos baseiam-se em uma perspectiva eclética, embora todos tenham sido trabalhados por uma análise crítica e haja uma prevalência do construtivismo. A pesquisa qualitativa foi estruturada com base em um estudo de natureza exploratória, seguindo os procedimentos da pesquisa bibliográfica e documental.

Verifica-se que não há um regime interamericano de direitos humanos dos migrantes em torno da OEA. Não obstante, as decisões da CoIDH, tanto em casos contenciosos como em opiniões consultivas, influenciam nos comportamentos dos Estados. Esta Corte tem se destacado na interpretação de princípios, normas, regras e muitas vezes regulamentando direitos. O pedido de parecer consultivo sobre crianças migrantes parece ser o início de uma fixação de procedimentos. Pela atual conjuntura, tal regime encontra-se distante, mas em sua possível construção, a CoIDH possui importância ímpar.


TítuloTurismo e integração regional: um foco na América Latina e Caribe

Organizadores: Vitor Stuart Gabriel de Pieri

Resumo: O livro "Turismo e integração regional: um foco na América Latina e Caribe”, escrito pelo professor Vitor Stuart Gabriel de Pieri, trata-se da vigésima oitava obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre o o turismo a partir de um prisma internacional, tomando como referência a análise das agendas construídas nos processos de integração regional na América Latina e Caribe (América Central, América Andina; América do Sul e Caribe).


TítuloPolíticas públicas: Múltiplas agendas de Roraima ao mundo

Organizadores: Elói Martins Senhoras e Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras

Resumo: A obra “Políticas Públicas: Múltiplas agendas de Roraima ao Mundo” trata-se de um livro de coletânea de diferentes contribuições científicas apresentadas no I Seminário de Políticas Públicas de Roraima, realizado no primeiro semestre do ano de 2018 no município de Boa Vista (RR). O presente evento explorou as políticas públicas a partir de uma concepção sistêmica e multisetorializada, teórica, histórica e empírica, sendo conformado por um amplo público composto desde estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais do setor público e demais interessados na temática.

Neste livro, os artigos consolidam um espaço de comunicação de pesquisas concluídas ou em desenvolvimento que integraram durante o I Seminário de Políticas Públicas de Roraima a comunidade epistêmica na área e de certo modo contribuem como uma iniciativa inicial para o fortalecimento do campo da investigação em políticas públicas no estado.


TítuloEconomia industrial moveleira: um estudo de caso em Boa Vista (RR)

Organizadores: Luciana Silva de Souza

Resumo: O livro "Economia industrial moveleira: um estudo de caso em Boa Vista (RR)”, escrito pela economista Luciana Silva de Souza, trata-se da trigésima obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre a estrutura e as potencialidades da indústria moveleira do Município de Boa Vista (Roraima) por meio de quatro eixos centrais de discussão, respectivamente: 1) Revisão da Literatura; 2) Cadeia Produtiva do Setor Moveleiro; 3) Estrutura de Oferta da Indústria Moveleira de Boa Vista; e, 4) Potencialidades da Indústria Moveleira de Boa Vista (RR).


TítuloThe internationalization of e-commerce: A case study of the Alibaba group

Organizadores: Elói Martins Senhoras e  Matheus Felipe Pereira de Souza

Resumo: Electronic commerce, by engendering a number of new businesses and technological tools, has assumed an important role in international business, introducing new business methods and producing new ways of wealth. Taking this discussion for granted this book aims to provide a better understanding of the e-commerce internationalization process, giving a special focus to the growth of the Alibaba Group, a leading industry in terms of e-commerce. The methodology of this work departs from an overall analysis to a particular point, making an overview of the international business and e-commerce internationalization process, reviewing primary and secondary sources, in order to provide a better understanding of the processes that engendered the growth of electronic commerce and its internationalization process.

The results of this research demonstrate the landmarks that have introduced by Alibaba group in the development context of electronic commerce. In addition, the research showed a strong state influence in the electronic commerce internationalization process, through a series of research incentives, infrastructure and business creation strengthening this business tool around the world. Through a case study on the Alibaba Group and a instructive focus for undergraduate and graduate students, this book contributes not only for a better understanding of e-commerce but also brings into discussion new strategies related to international business demonstrating how the western world reshapes the dynamics of capitalism and economic international relations.


Título: Processos educativos: construções da família à escola

Organizadores: Joelma Fernandes de Oliveira

Resumo: O livro "Processos educativos: construções da família à escola”, escrito pela pedagoga Joelma Fernandes de Oliveira, trata-se da trigésima segunda obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre a educação e o papel que a escola e a família desempenham por meio por meio de três eixos centrais de discussão, respectivamente: 1) Relações Familiares e Sucesso Escolar; 2) Docência e Profissionalidade; e, 3) Processos Educativos na Escola.


Título: Planejamento turístico aplicado: O “Lago do Robertinho” em Boa Vista (RR)

Organizadores: Elói Martins Senhoras

Resumo: Todo pesquisador sempre se encontra em busca de novos desafios e em constante reflexão sobre a realidade com a finalidade de, tanto, descrever, explicar e gerar novos conhecimentos, quanto, prescrever sugestões de soluções para os problemas existentes, razão pela qual o presente livro vem justamente fundamentar uma práxis sobre o planejamento turístico de um recente epicentro turístico explorado no município de Boa Vista, o “Lago do Robertinho”. A relevância deste livro reside na sua potencialidade para preencher as lacunas que surgem através de nossas práticas ao meio ambiente. Pesquisar o empreendimento “Lago do Robertinho” veio a partir de uma prévia preocupação dos pesquisadores em função das suas agendas de pesquisa nos campos epistemológicos de Turismo, Geografia e Desenvolvimento Regional.

A proposta de um estudo sobre planejamento turístico aplicado ao empreendimento “Lago do Robertinho”, partiu do princípio de que no estado de Roraima não há uma cultura de planejamento nos empreendimentos turísticos, motivando assim a importância deste livro por construir uma agenda prescritiva de vanguarda no estado e com repercussão na própria comunidade epistêmica de Turismo.


Título: Feminismo e discursos jornalísticos sobre o aborto

Organizadores: Carolina Rodrigues Freitas Silva

Resumo: O livro "Feminismo e discursos jornalísticos sobre o aborto", escrito pela jornalista Carolina Rodrigues Freitas Silva, trata-se da trigésima quarta obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre a existência de discursos jornalísticos sobre o aborto voluntário, tomando como referência o jornal Folha de São Paulo, no período compreendido entre a década de 1950 e a primeira década dos anos 2000.


Título: Campo de Estudos sobre a Lei Maria da Penha

Organizadores: Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras e Elói Martins Senhoras

Resumo: O livro "Campo de Estudos sobre a Lei Maria da Penha”, organizado pelo casal de pesquisadores, Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras e Elói Martins Senhoras, trata-se da trigésima quinta obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre os estudos relacionados à Lei Federal 11.340/2016 por meio de três eixos de discussão, respectivamente: 1) Campo de Estudos sobre a Lei Maria da Penha; 2) Evolução das Publicações Científicas sobre a Lei Maria da Penha; e, 3) Estado da Arte no Campo Científico sobre a Lei Maria da Penha.


Título: Construção identitária sobre o uso das línguas indígena e portuguesa

Organizadores: Jacinta Ferreira Rodrigues

Resumo: A pesquisadora Jacinta Rodrigues nos presenteia com uma obra vivenciada e analisada nas suas práticas como professora de dois cursos oferecidos num Campus do Instituto Federal de Ensino Técnico e Tecnológico, situado no interior do estado de Roraima, que acolhe indígenas e não indígenas numa experienciação única e estimulante que a faz questionar cotidianamente tanto as línguas utilizadas naquele espaço de construção do saber como as relações estabelecidas entre seus usos e a construção identitária dos alunos indígenas. O ambiente, cenário deste trabalho aqui apresentado, é riquíssimo. Trata-se de um Campus, criado para atender a população do interior do estado – sublinha-se: atender a partir dela, com característica curricular e de carga horária dividida entre atividades na sede e nas comunidades, como retorno direto e prático às necessidades rotineiras. O ensino da língua portuguesa se faz presente como suporte veicular para a manutenção da apreensão e avaliação de conteúdos, disciplina em que Jacinta atua, como professora e orientadora de iniciação científica.

Outras línguas e culturas também estão presentes ali e não se trata apenas de conviverem harmoniosamente ou não, elas se interpenetram, tal qual apreciado pelos movimentos trans, presentes nos conceitos bastante atuais de transculturalidade e translinguagem. Sob essa perspectiva, as línguas e culturas se modificam mutuamente, criando novas estruturas e recriando velhas estruturas. Trata-se de um refazer constante e, claro, que a própria Jacinta não sairia a mesma dessa aventura.


Título: Campo de Estudos sobre Gestão Democrática Escolar no Brasil

Organizadores: Ana Célia de Oliveira Paz e Elói Martins Senhoras

Resumo: O livro "Campo de Estudos sobre Gestão Democrática Escolar no Brasil”, organizado pelos professores Ana Célia de Oliveira Paz e Elói Martins Senhoras, trata-se da trigésima sétima obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre a gestão escolar sob um prima democrático e participativo por meio de três eixos de discussão, respectivamente: 1) Evolução do campo científico sobre Gestão Democrática Escolar no Brasil; 2) Caracterização fenomenológica do campo científico sobre Gestão Democrática Escolar no Brasil; 3) Caracterização epistemológica do campo científico sobre Gestão Democrática Escolar no Brasil; e, 4) Caracterização ontológica do campo científico sobre Gestão Democrática Escolar no Brasil.


Título: Manual Prático de Arbitragem

Organizadores: Thomaz Jefferson Carvalho

Resumo: O presente livro visa abordar de um modo simples o instituto da arbitragem previsto na Lei Federal n. 9.307/1996 de modo prático, explicando os vínculos obrigacionais e documentos que compõe a atuação do árbitro e com modelos práticos para o mesmo se guiar. O trabalho tem como objetivo analisar a evolução das formas de conflito de interesse, tendo por início a jurisdição, sobretudo estatal como se apresenta como regra, fazendo uma análise sobre a etimologia da palavra para resultar em uma análise dos demais métodos alternativos de solução, já que inegavelmente vive-se uma crise institucional, do qual o Poder Judiciário também está envolto e ao final, desembocar na arbitragem como alternativa sobretudo para os conflitos que necessitam decisão técnica e ágil.

Os resultados da pesquisa apresentados neste livro demonstram como atuar na área de arbitragem, elencando argumentos que irão desmistificar o instituto, mas também situações práticas encontradas, por exemplo, em modelos de cláusula compromissória, compromisso arbitral e sentença.


Título: BNDES e a Era de Ouro da Internacionalização Empresarial Brasileira (1999-2009)

Organizadores: Elói Martins Senhoras

Resumo: A internacionalização empresarial é um tema de crescente relevância nas relações internacionais em função da crescente desregulamentação de regimes protecionistas e a abertura dos mercados nacionais, o que repercutiu no Brasil na conformação de um duplo campo de poder retardatário, conformado, tanto, por esforços de uma agenda de pesquisa emergente e reativa aos debates internacionais já existentes, quanto, pela estruturação de uma Política Nacional de Comércio Exterior focalizada na promoção de exportações e investimentos externos diretos brasileiros por meio de estímulos focalizados por parte de determinadas instituições estatais.

Fruto de uma trajetória de 1 década de docência na cadeira de Negócios Internacionais e Comércio Exterior pela Universidade Federal de Roraima (UFRR), bem como de experiência desenvolvida em pesquisa na área de Economia Política Internacional, em especial na pesquisa previamente desenvolvida no Programa de Pesquisa em Finanças Públicas da Escola de Administração Fazendária (ESAF) no ano de 2016 que deu origem a este livro, a presente obra explora um momento ímpar na dinâmica de internacionalização empresarial brasileira.


Título: Docência em Serviço Social

Organizadores: Maria Gracileide Alberto Lopes

Resumo: O presente livro é o fruto de uma pesquisa de mestrado desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Sustentabilidade da Amazônia da Universidade Federal do Amazonas, o qual se propõe a estudar a docência em Serviço Social como uma atribuição privativa do assistente social. O interesse para estudar esse tema partiu das dificuldades profissionais ao assumir essa área de atuação que marca a minha identidade profissional. Ao longo da trajetória profissional como assistente social docente essas dificuldades se tornaram inquietações recorrentes ao perceber que muitos colegas também compartilhavam dos mesmos desafios ao assumi-la.

Diante de muitas preocupações para assumir a docência no Serviço Social surgiram reflexões quanto às possibilidades de “superação” e/ou enfrentamento em conjunto das dificuldades vivenciadas no exercício da docência. Dentre as reflexões socializadas, uma chamou a minha atenção, porque em muitos momentos durante essa experiência já havia refletido sobre a ausência dessa discussão na graduação/pós-graduação afastar os acadêmicos desse espaço de trabalho profissional, mesmo aqueles docentes que buscaram na pós-graduação uma aproximação com a docência não sentiram segurança para exercê-la, pelo fato de ser mais comum as especializações focarem nas políticas sociais do que na docência no Serviço Social.


Título: Geodireito e o estudo das Áreas de Livre Comércio na Amazônia Legal

Organizadores: Elói Martins Senhoras

Resumo: Geodireito ou Geojurisprudência são palavras que conjugam em sua etimologia o contato disciplinar de áreas tradicionais e consagradas do Direito e da Geografia a partir de uma leitura iniciada na passagem do século XX para o século XXI, a qual resulta multidisciplinar e dialógica como um novo campo científico, conhecido por poucos e desconhecido por muitos. As publicações na área de Geodireito têm sido responsáveis nos últimos anos pela emergência de um novo campo científico híbrido, autorreferenciado e dedicado a uma leitura interdisciplinar do Direito e da Geografia dos fenômenos, razão pela qual o presente livro aborda esta temática tão pouco trabalhada na literatura internacional e no próprio Brasil, de modo rarefeito e embrionários.

A justificativa para o desenvolvimento do presente livro partiu da premissa de que em uma realidade de fenômenos cada vez mais complexos, os campos disciplinares se tornam limitados, abrindo espaço para leituras progressivamente multidisciplinares, o que gera uma dinâmica acadêmica para a conformação de novos campos de estudos científicos como fronteira de expansão do conhecimento, sendo o Geodireito parte deste processo.


Título: Miséria da diplomacia: a destruição da inteligência no Itamaraty

Organizadores: Paulo Roberto de Almeida

Resumo: O livro "Miséria da diplomacia: a destruição da inteligência no Itamaraty”, escrito pelo diplomata e pesquisador Paulo Roberto de Almeida, trata-se da quadragésima segunda obra didática da Coleção “Comunicação & Políticas Públicas”, organizada pelos professores Elói Martins Senhoras e Maurício Elias Zouein, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre a diplomacia brasileira na gestão do presidente Bolsonaro por meio de oito eixos centrais de discussão, respectivamente: 1) Onde está a política externa do Brasil?; 2) Miséria da diplomacia, ou sistema de contradições filosóficas; 3) O Ocidente e seus salvadores: um debate de ideias; 4) O marxismo cultural: um útil espantalho?; 5) A destruição da inteligência no Itamaraty: dialética da obscuridade; 6) O globalismo e seus descontentes: notas de um contrarianista; 7) A revolução cultural na diplomacia brasileira: um exercício demolidor; e, 8) Por que sou um contrarianista?


Título: Trinta anos de Delegacia da Mulher em Boa Vista (1986-2016)

Organizadores: Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras e Elói Martins Senhoras

Resumo: O presente livro apresenta um estudo exploratório, descritivo e analítico sobre a Delegacia da Mulher, criada no município de Boa Vista, capital de Roraima, de modo pioneiro no ano de 1986, em um contexto de surgimento de delegacias especializadas no combate à violência contra a mulher no país, 20 anos antes da aprovação da Lei Maria da Penha, principal marco legal na temática no Brasil.

Diante da ausência de pesquisas que façam um levantamento histórico ou uma análise sobre o funcionamento das delegacias da mulher no país, esta obra vem a preencher uma lacuna na literatura por meio de um estudo sobre a Delegacia da Mulher de Boa Vista, contextualizando as 3 décadas de funcionamento.


Título: Pedagogia lúdica: um estudo de caso no ensino de História

Organizadores: Abigail Pascoal dos Santos

Resumo: O presente livro enfoca um novo arrolar dentro do universo da prática no ensino de História nos anos de 6º ao 9º do ensino fundamental maior (EFM) por meio de uma discussão sobre a didática que está pautada num cenário lúdico e atraente para a compreensão e construção dos conhecimentos. A escola é a principal ferramenta capaz de promover junto à família as bases capazes de nortear a formação de cada cidadão e diante desta perspectiva fundamenta-se a necessidade de mediar o ensino de história de forma prazerosa e dinâmica. Desta feita percebe-se a necessidade do estudo do tema abordado dentro de um contexto geral, visto que os fenômenos que norteiam o entendimento da história de nosso dia a dia, perpassa a necessidade de conhecer minuciosamente cada detalhe que a constitui correlacionada às demais ciências.

O lúdico é algo presente na vida de todo ser humano, sua essência é natural. A cada um decorre a sutil recordação das brincadeiras da infância, em casa, nas ruas, nas calçadas, nos divertimos com os mais diversos tipos de brincadeiras. Cada detalhe destes momentos ficará “arquivado” em nossa memória de forma prazerosa.


Título: Políticas Públicas: Caleidoscópio Temático

Organizadores: Elói Martins Senhoras e Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras

Resumo: A obra “Políticas Públicas: Caleidoscópio Temático!” trata-se de um livro de coletânea de diferentes contribuições científicas apresentadas no II Seminário de Políticas Públicas de Roraima, realizado no primeiro semestre do ano de 2019 no município de Boa Vista (RR). O presente evento explorou as políticas públicas a partir de uma concepção sistêmica e multisetorializada, teórica, histórica e empírica, sendo conformado por um amplo público composto desde estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais do setor público e demais interessados na temática.

Neste livro, os artigos consolidam um espaço de comunicação de pesquisas concluídas ou em desenvolvimento que integraram durante o II Seminário de Políticas Públicas de Roraima a comunidade epistêmica na área e de certo modo contribuem como uma iniciativa inicial para o fortalecimento do campo da investigação em políticas públicas no estado.


Título: Gestão Pedagógica e Interculturalidade: Estudo de Caso do Instituto Federal de Roraima

Organizadores: Joelma Fernandes de Oliveira

Resumo: O Instituto Federal de Roraima, Campus Amajari, Roraima/Brasil, localiza-se em região fronteiriça com a cidade de Santa Elena de Uairén/Venezuela, situando-se a uma distância de 144 km desse país. É uma instituição marcada por diversa composição étnica, constituída por alunos brasileiros, venezuelanos e indígenas, sendo estes das etnias Wapichana, Makuxi, Ingarikó e Taurepang. Essas são singularidades de uma escola fronteiriça, o que denota a existência de muitas culturas nesse espaço educativo. É preciso destacar ainda que, assim como os alunos são multiculturalmente diversos, o corpo docente e os Gestores Pedagógicos também o são – uma professora, que também exerce a função de gerir o pedagógico na Direção de Ensino do Campus Amajari, é roraimense, indígena da etnia Wapichana; outros professores e Gestores Pedagógicos da Instituição advêm de diferentes regiões do país.

O trabalho de Gestão Pedagógica dentro do âmbito escolar tem uma importância fundamental para o desenvolvimento qualitativo do processo de ensino e de aprendizagem, pois os gestores que atuam nesse âmbito realizam atividades diversas que vão desde o planejamento de ações básicas do cotidiano escolar, que envolvam docentes e discentes, até atividades de cunho formativo, principalmente para a equipe docente. Logo, é reconhecível que o trabalho desses profissionais influencia no desenvolvimento do processo educativo.


Título: História da Contabilidade em Roraima

Organizadores: Max André de Araújo Ferreira e Elói Martins Senhoras

Resumo: O presente livro faz parte do projeto de pesquisa cadastrado no Pró Reitoria de Pós-Graduação da Universidade Federal de Roraima com o tema História da Contabilidade em Roraima. Desse projeto surgiram quatro pesquisas desenvolvidas em parceria com acadêmicos do curso de Ciências Contábeis. Neste sentido, o objetivo dessa obra é discutir de modo pioneiro a história da contabilidade no estado de Roraima.

A história da contabilidade em Roraima se confunde com o surgimento do próprio estado, uma vez que, os personagens dessa história, ajudaram também na construção deste. Com uma linguagem simples, mas sem perder o caráter acadêmico, esta obra visa saciar a curiosidade de estudantes que se interessam em conhecer um pouco mais de perto sobre o tema. Os artigos selecionados foram frutos de uma pesquisa de campo em diversos locais, de modo foram consultados por meio de entrevista vários personagens que ajudaram a construir essa história, como por exemplo, profissionais de empresas contábeis, professores, técnicos de contabilidade, servidores públicos que vivenciaram em algum momento parte dessa história.


Título: Políticas de Segurança e Defesa nas Fronteiras Internacionais do Brasil

Organizadores: Flávia Carolina de Resende Fagundes

Resumo: O livro "Políticas de Segurança e Defesa nas Fronteiras Internacionais do Brasil”, escrito pela pesquisadora Flávia Carolina de Resende Fagundes, trata-se da quadragésima oitava obra da Coleção Comunicação e Políticas Públicas, organizada pelos professores Elói Martins Senhoras e Maurício Elias Zouein, a qual objetiva estimular o desenvolvimento de pesquisas com a correspondente publicização dos conhecimentos científicos. Organizada com objetivos claramente didáticos, assim preenchendo uma lacuna bibliográfica, esta obra possibilitará aos leitores refletirem sobre as Políticas de Segurança e Defesa no contexto espacial da faixa de fronteira do país.


Título: Formação de Professores e Educação Indígena: Projeto Magistério Indígena Tamî'kan

Organizadores: Simone Rodrigues Batista Mendes

Resumo: Nas últimas décadas houve importantes avanços na educação para indígenas e na formação de professores indígenas. Nesse sentido os estados estão construindo projetos educacionais específicos às suas realidades socioculturais e históricas, praticando a interculturalidade e o bilinguismo.

Uma iniciativa dos povos indígenas de Roraima provocou o estado para construção do Projeto Magistério Indígena Tamî’kan (PMIT), com objetivo de habilitar 300 professores indígenas para atuar nas séries iniciais do ensino fundamental, na perspectiva específica, diferenciada, intercultural e bilíngue. O projeto foi desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação de Roraima, no período de 2006 a 2013 e executado pelo Centro Estadual de Formação dos Profissionais da Educação de Roraima (CEFORR).

Tomando como referência o PMIT, o olhar investigativo desta pesquisa, derivada de tese de doutorado defendida pela autora no ano de 2017, pautou-se no seguinte problema: quais as percepções dos sujeitos políticos envolvidos no Projeto Magistério Indígena Tamî´kan - 2006/2013, quanto à contribuição da construção da autonomia e o fortalecimento da Educação Escolar Indígena?


Título: Tekoha: Lutas Indígenas pelo Território

Organizadores: Marcos Mondardo

Resumo: Na América Latina e particularmente no Brasil a disputa por terras, territórios e corpos indígenas estão na ordem do dia. Partimos da premissa que uma das questões fundamentais no país, hoje, diz respeito à defesa e demarcação das terras indígenas e sua relação com a violação dos direitos humanos, à crise ambiental, econômica, geopolítica, social, institucional e civilizacional.

Isso se justifica pelas iniciativas estatais etnocêntricas e a luta e resistência por território. No caso brasileiro, o governo bio/necropolítico atua para expansão e ampliação dos territórios corporativos do agronegócio ao realizar um ataque a toda forma livre de vida, anulando políticas públicas, dispositivos administrativos e legislativos de defesa para os povos indígenas. De um lado, o grande capital financeiro, extrativista e agroindustrial atua para a exploração e privatização das terras públicas, e de outro, o lobby evangélico e militar busca descaracterizar/desterritorializar/precarizar os povos indígenas com o intuito de converter as suas almas, seus espíritos, para alterar a relação imanente entre povo e terra, povo e território. A relação indissociável dos povos indígenas e sua autonomia. Esse ataque quer integrar o indígena à sociedade nacional. Mesmo assim, demonstraremos que existem estratégias em curso de luta pela terra e território, ações coletivas diretas em retomadas, ocupações, autodemarcações, alianças intensivas de corpos e política das ruas. Nessa luta, os povos indígenas são o símbolo máximo da resistência contra esse governo bio/necropolítico. Índios são devir-minoria.


Título: Estudo sobre a faixa de fronteira do Brasil

Organizadores: Eloisa Maieski Antunes

Resumo: O gradiente escalar é uma característica peculiar de estudos fronteiriços. As fronteiras em qualquer lugar do mundo não devem ser estudadas de forma separada dentro do espaço geográfico porque estão imersos em um ambiente multiescalar, seja local, regional, estadual, nacional ou internacional. As fronteiras também estão emergidas em um ambiente de fluxos multidirecionais, que está relacionado com as questões de cunho social, político e econômico e influenciam diretamente a dinâmica fronteiriça através da geração de fluxos de bloqueios e de movimentos.

No Brasil não é diferente. A grande linha de extensão da fronteira brasileira é uma das maiores do mundo com 16,886 km e faz divisa com dez países vizinhos, portanto, é uma área bem peculiar e diversa em relação à economia, à geografia, à cultura e aos aspectos sociais, apesar de pertencerem ao mesmo território. Os fatores que colaboram com a diversidade vão desde os gradientes populacionais dos municípios, a fatores econômicos específicos, contextos históricos e políticos que influenciam de forma particular cada trecho da fronteira.


TítuloDireitos à Moradia e à Preservação Ambiental em Boa Vista (RR)

Organizadores: Rozane Pereira Ignácio

Resumo: A organização do espaço urbano de Boa Vista – RR é resultado de um complexo de condicionantes e através desta pesquisa estuda-se o processo de ocupação das margens dos igarapés urbanos, sua relação com as desigualdades sociais e as implicações administrativas, cíveis e penais advindas da ocupação desses espaços denominados Áreas de Preservação Permanente (APPs).

Circunstanciado a este tema, o ponto de partida do presente livro levou em consideração a identificação dos igarapés urbanos Caranã, Caxangá, Frasco, Grande, Mirandinha e Pricumã, os quais medem individualmente até 10 metros de largura, sendo obrigatória pelo Código Florestal brasileiro a manutenção da não ocupação em uma faixa de 30 metros de largura. No processo de elaboração da pesquisa, o procedimento metodológico utilizado no trabalho de campo compreendeu a coleta de material na Secretaria Municipal de Gestão Ambiental e Assuntos Indígenas, Ministério Público do Estado de Roraima, Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente e Tribunal de Justiça do Estado de Roraima.


TítuloCultura popular e folkcomunicação: um estudo dos festejos do Boa Vista Junina.

Organizadores: Hudson do Vale de Oliveira

Resumo: O São João representa, especialmente no Nordeste brasileiro, um período do ano em que os festejos juninos se caracterizam como eventos que movimentam as cidades, englobando funções que vão do lúdico ao econômico. Nestes festejos, uma das grandes atrações têm sido as quadrilhas juninas, que se configuram como um espaço onde há construção e ressignificação de sentidos, por meio da preparação e da apresentação de espetáculos que envolvem o tradicional, especialmente fortalecendo a cultura popular, e o contemporâneo.

Em Boa Vista, Roraima, os festejos juninos têm colocado a cidade numa posição de destaque, sendo esta considerada, pelo número de participantes, por exemplo, o Maior Arraial da Amazônia, com a realização do Boa Vista Junina, promovido pela Prefeitura Municipal de Boa Vista. No âmbito teórico, o livro aborda a teoria da Folkcomunicação, de Luiz Beltrão, buscando relacionar a comunicação, o folclore e a cultura popular. O livro retrata que o evento Boa Vista Junina vai além de um mero acontecimento festivo.


TítuloGeografia e Relações Internacionais: Estudos sobre a América do Sul e o Brasil.

Organizadores: Elói Martins Senhoras, Claudete de Castro Silva Vitte e André Santos da Rocha

Resumo: Os estudos em Geografia e Relações Internacionais possuem uma profunda história de diálogo ao longo do século XX e uma crescente convergência multidisciplinar de debates no complexo século XXI que se desenvolve em razão dos novos desafios e incertezas frente à dinâmica e fluida compressão espaço-temporal das relações socioeconômicas e do surgimento de novos temas, atores e campos de poder. 

Tomando como referência a convergência dialógica dos campos de Geografia e Relações Internacionais, o objetivo desta obra, intitulada “Geografia e Relações Internacionais: Ensaios sobre a América do Sul e o Brasil”, é levantar uma reflexão sobre uma pluralidade de novos temas, atores e dinâmicas espaciais no Brasil e na América do Sul. Derivado de discussões apresentadas no XII Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia na cidade de São Paulo em 2019, o presente livro contou com a colaboração de 11 pesquisadores oriundos de 7 diferentes instituições de ensino superior presentes nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Norte do país.


TítuloGeografia e Relações Internacionais: Debates Temáticos!

Organizadores: Elói Martins Senhoras, Claudete de Castro Silva Vitte e André Santos da Rocha

Resumo: Os primeiros estudos em Geografia e Relações Internacionais que adquiriram relevância para interpretar os fenômenos internacionais, respectivamente nos últimos dois quartis do século XIX e no início do século XX, foram responsáveis pelo surgimento dos campos de Geografia Política, Geopolítica e Relações Internacionais, os quais por muito tempo foram independentes entre si e até mesmo chegaram a rivalizarem entre si.

Foi somente na passagem para o século XXI, frente a emergência de um sistema internacional cada vez mais complexo, que os campos científicos de estudos em Geografia e Relações Internacionais iniciaram assertivas de um diálogo mais aberto e convergente para as pesquisas responderem a partir de olhares multidisciplinares aos novos questionamentos, desafios e incertezas. Em um contexto de crescente complexidades, os olhares disciplinares se tornam limitados para responderem satisfatoriamente à dinâmica dos fenômenos que são cada vez mais voláteis, fluidos e céleres em seus ciclos de vida, oportunizando assim a possibilidade de uma abordagem multidisciplinar convergente entre os campos científicos da Geografia e das Relações.


TítuloNovos Contornos do Serviço Social no Amazonas

Organizadores: Roberta Ferreira Coelho de Andrade e Marcelo Mario Vallina

Resumo: Este livro é, por um lado, resultado da pesquisa intitulada Formação Profissional do Assistente Social no Estado do Amazonas, coordenada pela professora Roberta Ferreira Coelho de Andrade e financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) entre novembro de 2014 e dezembro de 2018 e, por outro, surge de uma preocupação do Grupo de Pesquisa Estudos de Sustentabilidade, Trabalho e Direitos na Amazônia (ESTRADAS) que, desde sua criação, coloca como uma das suas preocupações fundamentais o debate sobre a formação profissional dos/das assistentes sociais no Estado do Amazonas.

Nesse sentido, retoma uma tradição de pesquisa que, pelo menos, no Amazonas e, aventuramos dizer, no Brasil, pouco tem sido abordada após as décadas de 1980 e 1990 e que se põe na ordem do dia, devido às transformações vivenciadas na educação no Brasil nas últimas três décadas e que se evidenciam na tendência à mercadorização e, portanto, a uma formação profissional aligeirada que tem como principal diretriz as necessidades de um mercado de trabalho ‘flexibilizado’ que oferece empregos cada vez mais precários e com menos direitos, e, ao mesmo tempo, cria um mercado educacional com gigantescos conglomerados como a empresa Kroton-Anhanguera que tem sido longamente beneficiada pelos recursos públicos através do Programa de Financiamento Estudantil (FIES) e Programa Universidade para Todos (PROUNI).


TítuloRorainópolis: fragmentos geográficos da realidade local.

Organizadores: Elói Martins Senhoras e Francisleile Lima Nascimento

Resumo: Amplamente desconhecido e muito pouco explorado pela literatura, Roraima, recém transformado em estado com a promulgação da Constituição de 1988, possui características suis generis como o menor ente da federação em termos de adensamento populacional, embora com elevada diversidade distribuída em apenas 15 municípios. Em um contexto de forte concentração da dinâmica econômica e populacional na capital, Boa Vista, no qual os espaços interioranos do estado de Roraima se caracterizam por pequenos municípios com prevalência do campo em relação à cidade, a análise empírica das realidades locais adquire ampla relevância.

Entre os municípios interioranos do estado de Roraima, um deles se destaca pela acentuada dinâmica transformadora, Rorainópolis, o qual se posiciona estrategicamente como ponto logístico central devido a sua posição geoeconômica intermediária entre as capitais, Boa Vista (RR) e Manaus (AM). Localizado no sul do estado, Rorainópolis, objeto do presente livro, se tornou rapidamente no segundo maior município de Roraima desde sua emancipação em 1995, quando um crescimento urbano acelerado e sem correspondente planejamento, tem repercutido em claras disparidades socioambientais que merecem ser analisadas.


TítuloPoder pós-moderno: etnografando sujeitos e movimentos sociais.

Organizadores: Marcos Antonio Braga de Freitas e Elói Martins Senhoras.

Resumo: O poder que tradicionalmente foi estruturado pelos projetos racionalistas da modernidade por meio de grandes narrativas verticalizadas e centralizadas nos conceitos de Estado e Mercado desde o século XV tem crescentemente sido permeado pela implosão de uma microfísica a partir de meados do século XX, na qual as pequenas narrativas, consideradas marginais, emergem como atores descentralizados de onde pulsam novos poderes. 

O poder pós-moderno é a manifestação desta microfísica do poder de diferentes narrativas, caracterizada não mais pelo monopólio racionalista do binômio lógico do Estado ou do Mercado, consolidado ao longo dos últimos cinco séculos, mas antes se manifesta pela projeção de novas identidades e novas metalinguagens, fundamentadas por uma perspectiva reflexionista que valoriza a alteridade.

É neste emergente campo de novos poderes que este livro, “Poder Pós-Moderno: etnografando sujeitos e movimentos sociais”, surge com o objetivo de discutir novas agendas e temas em função de atores que tradicionalmente eram considerados marginais, mas que aqui são valorizados como centrais em função da riqueza de suas experiências e identidades socioculturais.


Título: Feminicide in the state of Roraima, Brazil

Organizadores: Mónica Montana, Deborah Luísa Pompeo e Mylena de Aguiar Melo

Resumo: This book, which has been organized amongst three chapters and conclusions, was developed on the subject of gender violence. Its goal is to analyze the historically violent social context for women in the State of Roraima, as well as the expressive exponential increase on the rates of violence against women and several forms, as to verify the invisibility of the female gender before public institutions. Its methodological approach is descriptive and qualitative. The subject stood out for being a phenomenon which accompanies the structuring of social relations and, despite current institutional highlight, is still perpetuated amongst generations, manifesting in different forms in an increasingly intense and hostile manner towards the condition of the female gender.

The regional study focused in the State of Roraima has indicated that that region may be considered as one of the most lethal in Brazil in terms of gender violence and specifically when it comes to violence against women. On that note, it has been reported that, although there is some implementation of specialized agencies for helping women victimized by violence, as well as the punishment of offenders via the Bill of Law 11.340/2006, the effectiveness of public policies for the prevention and awareness of the population is still precarious. In that sense, it’s worthy of note that Roraima is one of the youngest states in Brazil, and also the most dangerous one for women and girls. That is shown on the high rates of feminicide, concept which defines an act of utmost graveness, in an institutional and cultural context of both discrimination and gender violence.


TítuloGeografia e Literatura: Minas Gerais pelo Olhar dos Poetas da Inconfidência Mineira

Organizadores: Kárita de Fátima Araújo

Resumo: Entendendo que a construção da identidade nacional e da formação territorial brasileira perpassam pelo contexto das Minas Gerais, procuramos fazer essa investigação à luz das obras literárias dos poetas inconfidentes, Cláudio Manuel da Costa, Tomás Antônio Gonzaga e Inácio José de Alvarenga Peixoto. O entrecruzamento da Geografia com a Literatura foi feito através das obras Vila Rica, Cartas Chilenas e Canto Genetlíaco, manifestações artísticas dos respectivos poetas e agentes que participaram efetivamente da Inconfidência Mineira. A poesia dos inconfidentes foi fundamental para analisar a condição da capitania mineira tal qual ela se apresentava, suas construções espaciais e temporais referentes a sociedade mineira do século XVIII.

Alguns elementos foram valiosos para esta análise, tais como, o conceito de sertão para aquela localidade e período, bem como sua ocupação e condição de isolamento; o desenvolvimento e decadência do “ciclo do ouro” e, as relações estabelecidas entre as Minas Gerais e as capitanias de São Paulo e Rio de Janeiro, no intuito de, posteriormente, comporem juntas uma mesma nação independente de Portugal.


Título: Geopolítica e geohistória militar: da Amazônia a Roraima

Organizadores: Marcos de Lima Gomes e Elói Martins Senhoras

Resumo: O presente livro traz uma ampla e resumida análise dos fenômenos geopolíticos, geohistóricos e militares que corroboraram para a atual conformação do espaço amazônico a partir da metade do século XV, permeadas por explorações de indígenas, e pela consolidação de uma geopolítica lusitana por meio da presença de fortificações militares espacializadas por quase toda Amazônia, dando início ao processo de ampliação do Poder Militar na Amazônia Setentrional, até a conformação da 1ª Brigada de Infantaria de Selva na cidade de Boa Vista em 1992. 

A pesquisa tem como objetivo fazer apontamentos sobre os processos geopolíticos e geohistóricos sob um prisma militar sobre a Amazônia (séculos XV ao XXI), bem como analisar suas implicações para o Estado brasileiro sob uma ótica de hermenêutica geográfica, identificando os fenômenos que corroboram para a ampliação do Poder Militar na Amazônia a partir da conformação portuguesa nesta região, que transformaram sua configuração territorial através de estratégias de contenção e de defesa com fortificações militares e da consolidação da geopolítica lusitana na Amazônia.


TítuloGeopolítica das Organizações de Cooperação em Defesa

Organizadores: Vinicius Modolo Teixeira

Resumo: O presente livro tem o objetivo de discutir o novo modelo de alianças militares que se estabeleceu no pós-Segunda Guerra, que aqui chamamos de Organizações de Cooperação em Defesa (OCD`s), e como essas organizações são influentes na geopolítica contemporânea das relações internacionais. Fruto de uma pesquisa de doutorado, este livro foi escrito com base em um método histórico-dedutivo de natureza exploratório, descritivo e explicativo. Os procedimentos de revisão bibliográfica e documental foram utilizados no levantamento de dados de modo combinado a análise de dados por meio de hermenêutica geográfica e análise gráfica e geoespacial.

A obra faz uma revisão histórica do surgimento dessas organizações, que primeiramente foram estabelecidas na Guerra Fria, orientadas pela bipolaridade das duas superpotências mundiais, passando para o momento atual, no qual a essas organizações continuam a orientar o tabuleiro das grandes potências mundiais.


TítuloInfluência antrópica nos recursos hídricos de Alta Floresta (MT)

Organizadores: Lauriano Antônio Barella

Resumo: O presente livro tem o objetivo de avaliar aspectos referentes à qualidade dos recursos hídricos da área rural da Bacia Mariana I em Alta Floresta (MT), por meio de análise físico-química dos seguintes componentes: condutividade elétrica (μS/cm); pH-potencial hidrogeniônico; oxigênio dissolvido (mg/L); turbidez; perfil térmico (°C) e vazão. Ainda foram feitas as seguintes análises: coliformes totais e fecais (Escherichia coli).

A pesquisa refletida na construção desta obra foi desenvolvida por meio de revisão integrativa, bibliográfica e documental quanto aos meios, bem como por meio de trabalho de campo com análise laboratorial, registros fotográficos e análises de gráficos e de imagens de satélites.


Título: Ensaios em Direito Eleitoral

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador), Iara Loureto Calheiros, Silvio Fernando de Carvalho Brasil e Rozane Pereira Ignácio.

Resumo: As complexidades fáticas das dinâmicas político-eleitorais internacionalmente recebem uma simplificada atenção de especialistas no campo científico do Direito Eleitoral, sendo que no Brasil esta percepção não é diferente, com um baixo volume de produções originais.

Diante das lacunas existentes neste campo de estudos em plena maturação no Brasil, o presente livro surge com uma abordagem ensaísta de fácil leitura e com uma abordagem que panorâmica sobre diferentes assuntos de relevância no campo do Direito Eleitoral.

O objetivo desta obra é fazer uma incursão exploratória e reflexiva sobre o campo de estudos de Direito Eleitoral por meio de uma série de ensaios, articulados entre si, que exploram diferentes facetas da Justiça Eleitoral brasileira à luz de uma abordagem fática e normativa.


Título: Políticas Públicas: Agendas em tempos de crise

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) e Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras (organizadora)

Resumo: A obra “Políticas Públicas: Agendas em tempos de crise” trata-se de um livro de coletânea, organizado com base em diferentes contribuições científicas apresentadas no III Seminário de Políticas Públicas de Roraima, realizado online por meio de vídeos em um contexto pandêmico de difusão da pandemia do coronavírus, responsável pela doença identificada como COVID-19.

O presente evento explorou as políticas públicas a partir de uma concepção sistêmica e multisetorializada, teórica, histórica e empírica, sendo conformado por um amplo público composto desde estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais do setor público e demais interessados na temática.

Neste livro, os artigos consolidam um espaço de comunicação de pesquisas concluídas ou em desenvolvimento que integraram, durante o III Seminário de Políticas Públicas de Roraima, a comunidade epistêmica na área, e de certo modo contribuem como uma iniciativa inicial para o fortalecimento do campo da investigação em políticas públicas no estado.


TítuloCOVID-19, Política e Direito

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) 

Resumo: O presente livro, “COVID-19, Política e Direito”, realiza uma imersão no crítico contexto de difusão global da pandemia do novo coronavírus à luz de uma abordagem ensaísta que busca trazer reflexões empíricas a partir de discussões motivadas pelos recortes analíticos e debates dos campos epistemológicos da Política e do Direito.

A fundamentação metodológica desta obra caracteriza-se por uma natureza exploratória, descritiva e explicativa quanto aos fins e qualitativa quanto aos meios, utilizando-se de um convergente método dialético que permitiu partir de marcos teóricos-históricos-normativas até se chegar à uma análise empírica da realidade no contexto da pandemia da COVID-19.


TítuloCOVID-19 e o olhar social

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) 

Resumo: A presente obra apresenta uma agenda exploratória, descritiva e analítica sobre os impactos do novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19 em diferentes áreas da realidade, razão pela qual o olhar social emerge como a pedra de toque da reflexão e imersão nesta complexa problemática.

Organizado em sete capítulos, o presente livro foi estruturado por meio de um recorte teórico eclético e um convergente método dedutivo, com base em revisões bibliográficas e documentais no levantamento de dados e em hermenêutica sociológica e análise gráfica e esquemática.


Título: Impactos econômicos da pandemia da COVID-19

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) 

Resumo: A pandemia do novo coronavírus, SARS-COV-2, responsável pela pandemia da doença identificada pelo acrônimo em inglês – Corona Virus Disease 2019 – COVID-19, trouxe em um curtíssimo espaço de tempo amplas repercussões multilaterais no mundo, com impactos multifacetados em quase 200 países do mundo.

Tomando como referência os “Impactos Econômicos da Pandemia da COVID-19”, este livro apresenta um conjunto de reflexões sobre as repercussões no mundo e no Brasil, combinando os enfoques macro e microeconômicos, bem como apontando os principais desafios, estratégias e soluções.


TítuloVADE MECUM: COVID-19 / Coronavírus / SARS-CoV-2

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) e Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras (organizadora)

Resumo: O presente livro traz um compêndio dos atos normativos, produzidos no contexto federal pelos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo no Brasil no ano de 2020, relacionados à pandemia da Doença do Coronavírus 2019, a qual se tornou amplamente conhecida pelo acrônimo em inglês de Coronavirus Disease 2019 (COVID-19), causada pelo vírus SARS-CoV-2. O objetivo desta obra é sistematizar a produção legística no âmbito da União a fim de possibilitar um melhor conhecimento sobre o papel do Estado nesta crise inicialmente endemiológica e com amplas repercussões em múltiplas dimensões da realidade humana.


TítuloEnsino e Aprendizagem: Contribuições do Instituto Federal de Roraima

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) e Joelma Fernandes de Oliveira (organizadora)

Resumo: O livro “Ensino e Aprendizagem: Contribuições do Instituto Federal de Roraima” apresenta uma imersão à realidade educacional brasileira por meio de um olhar educacional que valoriza a experiência organizacional e as percepções docentes e discentes que impactam na dinâmica relacional dos processos de ensino e aprendizagem.

Esta obra é o resultado de pesquisas de mestrado desenvolvidas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR) no contexto do convênio interinstitucional do Programa de Pós Graduação em Educação Agrícola da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

As discussões apresentadas neste livro abordam os processos de ensino e aprendizagem de modo lato sensu, a partir de uma perspectiva maximalista que combina o tradicionalismo acadêmico com assuntos pouco explorados na literatura cujo o objetivo é valorizar o papel   docente, discente e do desenvolvimento institucional.


TítuloCOVID-19: Enfoques Gerenciais na Saúde

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) e Francisleile Lima Nascimento (organizadora)

Resumo: A COVID-19 trouxe consigo uma série de repercussões multilaterais no campo da Saúde em um curtíssimo espaço de tempo, introjetando no contexto pandêmico em abruptos fluxos de demandas de serviços em contraposição às limitações estruturais que tenderam a se ampliar.

Tomando como temática de referência os “COVID-19: Enfoques Gerenciais na Saúde”, este livro traz um conjunto de reflexões que lidam com as agendas de gerenciamento no campo sanitário desde o nível operacional do espaço local até se chegar no nível estratégico da política nacional e internacional.


TítuloCOVID-19: Enfoques Preventivos

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: O livro, “COVID-19: Enfoques Preventivos”, desenvolve uma arqueologia no conhecimento sobre o novo coronavírus, SARS-CoV-2, e seu impacto contagioso através da pandemia da COVID-19, por meio de uma série de estudos de revisão comprometidos com a melhoria sanitária.

Esta obra trata-se de um trabalho coletivo orquestrado, no contexto de difusão da pandemia da COVID-19, pelas contribuições de diferentes pesquisadores brasileiros, oriundos de instituições de ensino superior, públicas e privadas, das macrorregiões Centro-Oeste, Nordeste, Norte e Sudeste do país.

Os procedimentos metodológicos utilizados nas pesquisas deste livro são caracterizados por uma natureza exploratória, descritiva e explicativa quanto aos fins e por uma dimensão qualitativa quanto aos meios, resultando em um convergente método dedutivo nos distintos capítulos.


TítuloCOVID-19: Saúde da Mente e do Corpo

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: O presente livro, “COVID-19: Saúde da mente e do corpo”, apresenta uma reflexão sobre novos desafios, riscos e ameaças que emergiram com a difusão da pandemia do novo coronavírus, SARS-CoV-2, bem como apresenta uma série de estratégias a fim de enfrentá-los. Fruto de um trabalho coletivo, a presente obra conta com contribuições científicas desenvolvidas por 15 pesquisadoras e 5 pesquisadores, com diferentes formações profissionais, os quais são oriundos de diferentes instituições de ensino superior, públicas e privadas, das macrorregiões Norte, Nordeste e Sudeste do país.

Os procedimentos metodológicos utilizados nesta pesquisa caracterizam-se como exploratórios, descritivos e explicativos, fundamentando-se na combinação de revisão bibliográfica e documental como procedimento de levantamento de dados e de diferentes técnicas de análise de dados, como análise fenomenológica, relato de experiência e análise de conteúdo.


TítuloCOVID-19: Educação e a Ótica Docente

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A rápida difusão multilateral da pandemia da COVID-19 trouxe significativas inflexões na realidade humana, impactando assimetricamente diferentes áreas, inclusive a educacional que passou por significativas transformações, a qual se tornou objeto de pesquisa neste livro a partir da visão privilegiada dos docentes.

Tomando como referência esta temática, o livro, “COVID-19: Educação e a Ótica Docente”, apresenta relevantes debates sobre os impactos da pandemia da COVID-19, por meio do prisma analítico da comunidade docente, com o objetivo de discutir os desafios e possibilidades da Educação lato sensu e tomando como foco a complexa realidade brasileira.

Fruto de um trabalho coletivo engendrado por dez pesquisadoras e oito pesquisadores com distintas formações acadêmicas e experiências docentes, oriundos de instituições públicas e privadas das regiões Nordeste e Sudeste do país, a presente obra traz um rico olhar multidisciplinar sobre as repercussões da pandemia, bem como as transformações da área educacional sob o olhar docente.


TítuloCOVID-19 e Educação: Debates entre o Global e o Local

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A inesperada difusão da pandemia de um novo coronavírus, SARS-CoV-2, responsável pela Doença do Coronavírus 2019 (COVID-19) gerou significativas inflexões na realidade humana em uma periodização temporal curta, por meio do transbordamento de múltiplas crises e transversais materializações espaciais de natureza multiescalar.

Caracterizada por uma dinâmica de relativa compressão espaço-temporal, a pandemia da COVID-19, muito rapidamente se tornou em um fenômeno complexo de natureza glocal devido à fluida interdependência da contaminação e dos seus efeitos entre as escalas global e local, o que repercutiu na conformação de problemas parecidos e em eventuais soluções abertamente compartilhadas.

Partindo da natureza glocal da pandemia e suas repercussões no contexto educacional lato sensu, o presente livro foi propositalmente intitulado como “COVID-19 e Educação: Debates entre o Global e o Local” tendo como objetivo analisar diferentes agendas temáticas na Educação a partir de distintas espacializações que partem do internacional e chegam ao intra-nacional.


TítuloCOVID-19: Letramento, Educação Especial e Saúde Mental

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: O livro “COVID-19:  Letramento, Educação Especial e Saúde Mental” trata-se do septuagésimo livro da Coleção Comunicação e Políticas Públicas, o qual tem como objetivo promover um amplo debate sobre um tripé temático muito pouco discutido no contexto de difusão da pandemia da Doença do Coronavírus 2019 (COVID-19), embora com significativa relevância empírica no contexto educacional para o público de discentes e docentes.

Tomando como referência o tripé temático do letramento, da Educação Especial e da Saúde Mental de discentes e docentes, este livro promove relevantes debates sobre os desafios trazidos pela pandemia da COVID-19 ao contexto escolar e as consequentes  estratégias e dilemas existentes no ensino remoto, permitindo assim refletir sobre a realidade educacional brasileira em temáticas tão pouco exploradas.


TítuloEducação, Ensino Superior e a Pandemia da COVID-19

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A emergência de um novo coronavírus, SARS-CoV-2, responsável pela difusão da pandemia da Doença do Coronavírus 2019 (COVID-19) trouxe repercussões multidimensionais e transescalares e se tornou responsável por significativas mudanças na realidade humana, devido ao transbordamento de uma série de crises do campo epidemiológico para outras áreas, com significativos efeitos assimétricos no tempo e no espaço, incluindo de modo preocupante no campo de Educação.

Tomando como foco a relação da pandemia com a Educação, o presente livro, “Educação, Ensino Superior e a pandemia da COVID-19” tem como objetivo geral analisar os impactos, repercussões e transformações no Ensino Superior desde a emergência e rápida difusão multilateral da pandemia da COVID-19 a partir de uma leitura combinada de temas.


TítuloCOVID-19, Pedagogia e o Ambiente Escolar

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A inesperada emergência de um novo vírus, SARS-CoV-2, trouxe consigo a difusão de uma pandemia conhecida como COVID-19, com repercussões multidimensionais e transescalares na realidade humana, as quais impactaram assimetricamente as sociedades e os próprios padrões de socialização, ocasionando o transbordamento fluido de uma grande crise sanitária para uma crise multitemática de natureza complexa.

Tomando como foco as repercussões pandêmicas na conformação de uma crise no campo escolar, o objetivo do livro “COVID-19, pedagogia & o ambiente escolar” é discutir a realidade da educação formal das unidades escolares frente aos desafios impostos pela difusão da pandemia da Doença do Coronavírus 2019 (COVID-19), de modo a contextualizar os desafios e estratégias de enfrentamento à luz de uma leitura reflexionista.


TítuloPrismas da COVID-19: do Estado de Roraima à Capital Boa Vista

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A emergência de um novo vírus, SARS-CoV-2, tendo como epicentro a cidade chinesa de Wuhan, engendrou a rápida difusão multilateral da pandemia da Doença do Coronavírus 2019 (COVID-19), o que repercutiu em significativas transformações da realidade humana em quase todos os lugares do mundo, desde as grandes áreas metropolitanas até as menores áreas remotas.

Partindo desta pandemia como objeto de estudo, o objetivo do livro “Prismas da COVID-19: Do Estado de Roraima à Capital Boa Vista” é analisar os impactos e repercussões da difusão da pandemia da COVID-19, justamente em um estado que é caracterizado pelo menor universo populacional da federação, com pouco mais de 600 mil habitantes, embora com os mais elevados e preocupantes indicadores relativos de contaminação e mortes pela COVID-19 no país.


TítuloViolência de gênero e a pandemia de COVID-19

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) e Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras (organizadora)

Resumo: A emergência de uma recente onda de difusão de direitos de terceira geração a partir da década de 1960 trouxe consigo um foco de destaque sobre agendas temáticas e sujeitos sociais que estavam relativamente marginalizados dos grandes debates públicos, repercutindo assim na emergência de um crescente campo de estudos e de policymaking sobre gênero e violência de gênero, bem como de um novo olhar, novas políticas e novas atitudes em vários países democráticos no mundo. 

Partindo desta temática, o objetivo do presente livro, “Violência de gênero e a pandemia de COVID-19”, é analisar a já complexa temática da violência de gênero no Brasil, tomando como referência a contextualização excepcional de um choque exógeno nas dinâmicas sociais, ocasionada pela incidência de uma pandemia que trouxe significativas transformações em múltiplas áreas da vida humana, inclusive nas interações interpessoais, potencializando conflitos a direitos e garantias das mulheres.


TítuloVADE MECUM – Região Norte: COVID-19 / Coronavírus / SARS-CoV-2

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) e Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras (organizadora)

Resumo: O presente livro traz um compêndio dos atos normativos produzidos nos estados brasileiros da região Norte no ano de 2020, relacionados à pandemia da Doença do Coronavírus 2019, a qual se tornou amplamente conhecida pelo acrônimo em inglês de Coronavirus Disease 2019 (COVID-19), causada pelo vírus SARS-CoV-2. O objetivo desta obra é sistematizar a produção legística no âmbito da região Norte do país a fim de possibilitar um melhor conhecimento sobre o papel do Estado nesta crise inicialmente endemiológica e com amplas repercussões em múltiplas dimensões da realidade humana.


Título30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador) e Cândida Alzira Bentes de Magalhães Senhoras (organizadora)

Resumo: Conhecida como Estatuto da Criança e do Adolescente, a Lei Federal nº 8.069, de 13 de julho de 1990, trata-se do principal marco jurídico de regulação dos direitos humanos infantojuvenis no Brasil, sendo o resultado de um campo de poder que foi permeado por demandas endógenas de consolidação do Estado Democrático de Direito, bem como por agendas internacionais de negociação de direitos coletivos difusos de terceira geração. 

Partindo desta temática, o presente livro, “30 Anos do Estatuto da Criança e do Adolescente”, foi elaborado com o objetivo de celebrar, no ano de 2020, o aniversário de 30 anos de criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), por meio de uma agenda de discussões apresentadas ao longo dos capítulos que vêm a ilustrar a relevância deste marco jurídico no campo do Direito Infantojuvenil no Brasil e no arcabouço de consolidação dos direitos de terceira geração.


TítuloEstatuto da Criança e do Adolescente: Ensaios em um contexto de 30 anos

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A evolução dos direitos infantojuvenis adquire significativa institucionalização garantista no Brasil com a publicação da Lei Federal n. 8.069, de 13 de julho de 1990, conhecida como Estatuto da Criança e do Adolescente, demonstrando assim a curta duração do novo paradigma de regulação de um conjunto de direitos coletivos e difusos focados nos cidadãos de menor idade. 

O presente livro, “Estatuto da Criança e do Adolescente: Ensaios em um contexto de 30 anos”, foi estruturado, em um oportunístico momento de celebração, com o objetivo de promover uma reflexiva análise conjuntural e estrutural deste relevante conjunto de normas do ordenamento jurídico nacional, propiciando, assim, contribuições para uma subjetiva apreensão de suas forças, fraquezas, ameaças e oportunidades. 


Título: 30 anos do Código de Defesa do Consumidor: Por um enfoque histórico-normativo

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A defesa do consumidor no Brasil tornou-se referência no campo do Direito do Consumidor desde a criação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, conhecida como Código de Defesa do Consumidor ou pelo acrônimo CDC, quando se tornou objeto de crescente estudo e referência pela comunidade epistêmica nacional e internacional. 

Partindo desta relevante temática, o objetivo da presenta obra é analisar o Código de Defesa do Consumidor (CDC) brasileiro à luz da celebração de 30 anos de sua existência, por meio de um olhar disciplinar do campo epistemológico do Direito do Consumidor que toma como referência a combinação de diferentes abordagem jurídicas, focadas nos recortes histórico e normativo.


Título: 30 anos do Código de Defesa do Consumidor: Um olhar temático

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: A defesa do consumidor no Brasil tornou-se referência no campo do Direito do Consumidor desde a criação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, conhecida como Código de Defesa do Consumidor ou pelo acrônimo CDC, quando se tornou objeto de crescente estudo e referência pela comunidade epistêmica nacional e internacional.

Tomando como referência este marco histórico de celebração de 30 anos de criação, o presente livro foi escrito tendo como objetivo analisar o Código de Defesa do Consumidor a partir de um olhar multitemático, permitindo assim identificar a atualidade das suas contribuições como sistema de codificação maximalista e detalhada na consolidação de deveres, garantias e direitos e no aperfeiçoamento das próprias relações consumeristas.


Título: 30 anos do Código de Defesa do Consumidor: Agendas Fáticas

Organizadores: Elói Martins Senhoras (organizador)

Resumo: Em um contexto de celebração de trinta anos de criação do Código de Defesa do Consumidor, o presente livro foi construído tendo como objetivo analisar a realidade empírica de aplicação do Código de Defesa do Consumidor ao se levar em consideração um conjunto de agendas fáticas no país relacionadas a temas específicos das relações de consumo, ou ainda a setores ou perfis diferenciados de públicos consumidores.

O trabalho coletivo desenvolvido por meio de uma rede colaborativa de 7 pesquisadoras e 4 pesquisadores, oriundos de instituições de ensino superior público e privadas das macrorregiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, possibilitou apresentar como estudo de casos, instigantes agendas temáticas empírica de uso do Código de Defesa do Consumidor no país.


Título: COLETÂNEA MIGRAÇÃO & WASH reflexões sobre o contexto de Roraima

Organizadores:  Márcia Maria de Oliveira, Cristina Mendes Altavilla Luttner, Raphael Douglas Macieira dos Santos

Resumo: A Coletânea Migração & Wash reflexões sobre o contexto de Roraima v. 1, organizada por Márcia Maria de Oliveira, Cristina Mendes Altavilla Luttner e Raphael Douglas Macieira dos Santos, é resultado de uma parceria de sistematização de pesquisas realizadas entre a coordenação do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras da Universidade Federal de Roraima e a Cáritas Nacional. A coletânea reúne 15 artigos distribuídos e organizados por eixos temáticos que permitem conhecer a migração venezuelana em Roraima através do olhar das pessoas envolvidas com projetos de estudos, atuação ou atendimento aos migrantes. Estes olhares mudam o conceito da migração pensada à distância e recorda que os migrantes são pessoas com rostos e identidades próprias, são crianças, jovens, famílias, idosos, deficientes, doentes, todos e todas portadores de sonhos e esperanças que os fazem deixar a Venezuela em busca de melhores condições de vida e dignidade. São reflexões ou partilhas de experiências que permitem novas abordagens sobre a temática migratória com possibilidades de novas interpretações e ampliação do conhecimento sobre a situação dos/as migrantes.

Título: Políticas Educacionais e Diferenças: Diálogos Interdisciplinares

Organizadores:  Ana Lúcia de Sousa, Hildete Pereira dos Anjos, Renata Maldonado da Silva

Resumo:
A coletânea Políticas Educacionais e Diferenças: Diálogos Interdisciplinares é resultado de um processo de parceria entre Programas de Pós-Graduação de universidades de Roraima (PPGSOF/UFRR), do Pará (PDTSA/UNIFESSPA) e Rio de Janeiro (PPGPS/UENF), cujo esforço coletivo das docentes tinham um mesmo propósito: ampliar a socialização de conhecimentos fundamentais para compreensão dos processos educativos, envolvendo realidades, sujeitos e grupos sociais cuja história tem sido marcada por processos de exclusão e discriminação, mas também por lutas e resistências para as quais o campo educacional é espaço essencial. Dar luz a esses processos é importante não apenas para esses grupos e sujeitos sociais, mas fundamentalmente para o entendimento da pedagogia como ciência e da educação como relação social essencial para a formação humana.
A organização da Coletânea buscou aproximar diferentes pesquisas no âmbito das políticas educacionais, com produções interdisciplinares que incluem estratégias para pensar o direito à educação, as tensões nas relações entre Estado e movimentos sociais envolvendo a questão educacional e, ainda, sobre práticas de escolarização entre as diferentes classes sociais e grupos que sofrem processos de acentuada exclusão no estágio atual do capitalismo.

Título: Lutas e Movimentos Sociais no Tempo Presente: historiografia, teoria e metodologia. Vol 1.

Organizadores:  Monalisa Pavonne Oliveira Tiago Siqueira Reis

Resumo: O volume 1 de Lutas e Movimentos Sociais no Tempo Presente: historiografia, teoria e metodologia nasce da necessidade de reflexão sobre como vem ocorrendo as lutas e suas formas de organização social frente às injustiças e as novas e velhas práticas desagregadoras e destrutivas do capital no tempo presente. A obra reúne uma coletânea de trabalhos produzida por investigadores de significativa importância no mundo acadêmico e nas lutas cotidianas dos movimentos sociais. 

Título: CÁRITAS NA AMAZÔNIA I EXPERIÊNCIAS E VIDAS AMAZÔNICAS

Organizadores: Elisangela Dias, Marcelo Antonio Lemos, Marcia Maria de Oliveria

ResumoNhandereko-Há: jeito de ser na nossa casa é primeiro volume da coletânea que reúne experiências e vidas amazônicas da Cáritas na Amazônia. Organizado por Elisangela Dias, Marcelo Antonio Lemos e Marcia Maria de Oliveira, o caderno de experiências é é fruto das rodas de conversa sobre a Amazônia, realizadas no estado de Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Tocantins, Pará e Amapá para animar e promover a defesa da vida dos povos e da floresta, missão da Cáritas, no território da Amazônia Brasileira.
As rodas de conversa reuniram dezenas de pessoas de comunidades e empreendimentos solidários, organizados por mulheres e homens onde a Cáritas está presente. Este caderno trata, portanto, de como essas pessoas experimentaram esse espaço de ciranda de saberes sobre a vida amazônica, a vida da floresta e suas próprias vidas. Sem saber da vida e da forma de vida das pessoas, a Cáritas compreende que não se pode entender, como é o “jeito de ser na nossa casa”. As várias histórias levem cada pessoa nessa aventura comprometida com a formação, de uma consciência territorial, responsabilidade no cuidado com todas as formas de vida da floresta e a resistência comunitária e pessoal, indispensável na promoção dos direitos da natureza e dos humanos.
 

Título: Democracia e Direitos Humanos: mulheres migrantes venezuelanas
e a inserção laboral em Boa Vista - Roraima

Autora: Maria das Graças Santos Dias

Resumo: Esta pesquisa se propõe analisar a migração feminina venezuelana em Boa Vista- Roraima, na perspectiva na relação de gênero e de trabalho, sob a ótica dos direitos humanos.


Título: INTERFACE DA MOBILIDADE HUMANA NA FRONTEIRA AMAZÔNICA, VOL III

Organizadores: Márcia Maria de Oliveira, Maria das Graças Santos Dias

Resumo: Neste terceiro volume da Coletânea ‘Interfaces da Mobilidade Humana na Fronteira Amazônica’ são apresentados elementos de atualização e ampliação do debate proposto nos volumes anteriores. A coletânea está vinculada às linhas de pesquisas do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras – PPGSOF da Universidade Federal de Roraima: Linha de Pesquisa 1 - Fronteiras e práticas de mobilidade humana; Linha de Pesquisa 2 - Interculturalidade e processos sociais na Amazônia e Linha de Pesquisa 3 - Territorialidade e Conflitos Socioambientais na Amazônia. Entretanto, recolhe temáticas ou recortes de pesquisas científicas, dissertações de mestrado e teses de doutorado de outros programas de pós-graduação com abordagem interdisciplinar. O objetivo dos três volumes da coletânea foi divulgar estudos e pesquisas realizados por pesquisadores e pesquisadoras dos Estudos Migratórios da Pan- Amazônia, que atualmente representa uma das regiões com maior mobilidade transfronteiriça na nova modalidade de migração sul/sul. Os três volumes, e de modo especial este terceiro volume, reuniram estudos realizados pelo corpo docente e discente do PPGSOF/UFRR, consolidando-se como um espaço de comunicação dos resultados das dissertações e recortes de estudos relacionados ao processo de produção teórica entre orientadores/as e orientandos/as. Também acolhe textos de importantes estudiosos/as das migrações de outras universidades da Amazônia, de outras regiões e até mesmo de outros países. Num contexto marcado pelas migrações, a presente coletânea responde aos desafios de contribuir com respostas ao tema migratório e lançar novas perspectivas de análises e aprofundamento desta temática complexa e atual que representa uma importante chave de leitura e interpretação da Amazônia. Ao mesmo tempo que as migrações revelam as injustiças e desigualdades sociais, denunciam a violação aos direitos humanos, a fome e a miséria, anunciam esperanças de superação e “melhoras de vida”, frase presente nas narrativas da maioria dos migrantes que buscam nas migrações novas oportunidades e políticas públicas migratórias.


Título: TECENDO REDES E CAMINHOS PARA PENSAR EDUCAÇÃO, INCLUSÃO E DIVERSIDADE

Organizadores: Cinara Franco Rechico Barberena, João Henrique da Silva, João Paulino da Silva Neto

Resumo: O Programa de Mestrado em Educação da UFRR, por meio da Linha 2 - Educação e Processos Inclusivos, apresenta a obra “TECENDO REDES E CAMINHOS PARA PENSAR EDUCAÇÃO, INCLUSÃO E DIVERSIDADE”, em parceria com professores e mestrandos do Programa e também com pesquisadores nacionais e internacionais. É uma obra que tem um conjunto de textos que conversam sobre várias temáticas e enfoques discursivos e se complementam como troca de experiências, produção do conhecimento e fortalecimento de certame e caminhos para pensar a educação. São temáticas de significativas relevância social e teórica no contexto da inclusão e da diversidade. Em tempos de negacionismo e de retrocessos nas políticas sociais, é preciso resistir e apresentar reflexões que permitam leituras e (re)olhares que problematizem os contextos históricos, sociais e políticos que constituem a educação na atualidade e a luta em prol da educação para todos. Dessa forma, esperamos que essa obra possa suscitar diálogos com o intuito de promover o conhecimento e fortalecer o campo de investigação da educação… o convite à leitura está feito!


Título: MEMORIAL - I DECÊNIO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM DA UFRR.

Organizadores: Raphael Florindo Amorin, Cintia Freitas Casimiro, Dalila Marques Lemos, Ane Carine Laurendo de Souza.

Resumo: Este livro traz à tona reminiscências de um passado não distante, experiências concretas do presente e sinaliza com suas pistas existenciais e científicas os caminhos futuros do curso de Bacharelado em Enfermagem da Universidade Federal de Roraima - UFRR.


Título: ESPAÇOS VETORIAIS DO TIPO GRÁFICO.

Autores: Elzimar de Oliveira Rufino, Kayo Denner Alves Naveca.

Resumo: Neste livro, apresentamos novos exemplos de espaços vetoriais do tipo gráfico, isto é, espaços vetoriais que são gráficos de certas aplicações. Com relação aos exemplos que propomos, o único que conhecíamos é uma estrutura unidimensional no gráfico de uma parábola, no conjunto ambiente R^2. Nossos exemplos generalizam a ideia para um gráfico de uma aplicação cujo domínio é um espaço vetorial e contradomínio em um conjunto não-vazio. Além disso, mostramos também que o gráfico de tais aplicações pode ser dotado de várias estruturas de espaços vetoriais. Em particular, é possível munir o gráfico com uma estrutura de espaço vetorial na qual o vetor nulo pode ser qualquer elemento pré-fixado. Exploramos também o conceito de retas em espaços vetoriais utilizando uma abordagem similar àquela utilizada nos espaços vetoriais usais R^n. Com esta ideia, podemos olhar os subespaços unidimensionais de um espaço vetorial do tipo gráfico como sendo as retas que passam pela origem, embora esses entes, do ponto de vista geométrico usual, não são as retas que estamos acostumados a visualizar. Por fim, definimos um produto interno em espaços vetoriais tipo gráfico, induzido por um produto interno no domínio de uma aplicação. Como consequência, exemplificamos algumas situações envolvendo subespaços ortogonais em espaços vetoriais do tipo gráfico.


Título: ENTRE FRONTEIRAS, CIDADES E RUAS: experiências de migrantes e ambulantes.

Organizadores: Caterine Reginensi, Francilene dos Santos Rodrigues e Laila Mayara Drebes.

Resumo: Viver na fronteira é sempre uma condição particular pelas experiências singularesque muitas vezes exigem movimentos simultâneos de identidades, rupturas e recomposições. Este livro intitulado Entre Fronteiras, Cidades e Ruas: experiências de migrantes e ambulantes, organizado por Caterine Reginensi, Francilene dos Santos Rodrigues e Laila Mayara Drebes traz aos leitores temas extremamente relevantes para o entendimento não apenas da Amazônia brasileira, mas do contexto histórico, social, político e étnico latinoamericano. Ele está composto por textos instigantes sobre processos e trânsitos em fronteiras políticas e culturais com base em pesquisas realizadas com migrantes e trabalhadores de vários países, ressaltando seus pontos de vista em áreas urbanas com significativos fluxos de pessoas que se deslocam, muitas vezes em condições limites, em busca de oportunidades de vida e de trabalho.


Título: ANTROPOLOGIAS NO EXTREMO NORTE: Desafios etnográficos em contextos críticos

OrganizadoresFernando José Ciello, José Manuel Flores López, Manuela Souza Siqueira Cordeiro

Resumo: Na inspiração e no desenvolvimento do seu projeto etnográfico e teórico, a coletânea Antropologia no extremo norte vai além de uma mera contribuição adicional à variada gama de livros sobre o norte do Brasil e a Amazônia lançados nos últimos anos. Ela representa uma joia da antropologia brasileira produzida na/desde a Amazônia brasileira que, por sua vez, articula-se com as Guianas. O livro se empenha na formulação de questões antropológicas a partir de situações particulares, complexas, em múltiplas escalas territoriais e socio-culturais, sem generalizações, regionalismos e exotismos. A qualidade e a extensão das investigações etnográficas, historiográficas e a acuidade conceitual que se observa no exame das questões investigadas fazem ímpar este livro na produção antropológica brasileira recente.


Título: DIREITOS HUMANOS E VULNERABILIDADE E O DIREITO INERNACIONAL DOS REFUGIADOS.

Organizadores: Liliana Lyra Jubilut, Gabriela Soldano Garcez, Ananda Pórpora Fernandes e João Carlos Jarochinski Silva.

Resumo: Objetivando trazer contribuições e análises tanto sobre o momento atual do Direito Internacional dos Refugiados (DIR) quanto da Convenção de 51, a partir de perspectivas de direitos humanos e de vulnerabilidade(s), é que se idealizou a presente obra. O 6º livro nesta série do Grupo de Pesquisa “Direitos Humanos e Vulnerabilidades”, a obra traz temas tradicionais e contemporâneos sobre DIR, contribuindo para a produção de conhecimento sobre o tema no Brasil, no ano do septuagésimo aniversário da Convenção de 51. Neste sentido, o livro encontra-se estruturado em 3 partes. A primeira dedicada à Convenção de 51, dando destaque ao principal instrumento de DIR desde o final da Segunda Guerra Mundial em nível global. A segunda abrangendo temas tradicionais de proteção, ou seja, tópicos relativos à asseguração dos direitos do status de refugiado bem como às soluções duráveis (repatriação, integração local e reassentamento) adotadas pela comunidade internacional como formas de garantir proteção às pessoas refugiadas. E a terceira abarcando textos no contexto da proteção integral às pessoas refugiadas, qual seja a proteção que, como mencionado, conjuga os direitos derivados da condição jurídica de refugiado com os direitos humanos de que são titulares todos os seres humanos.


Título: RORAIMA: PRIMEIROS PASSOS.

Organizadores: Orlando Marinho Cerqueira Júnior, Wilkinson do Nascimento  de Oliveira e Aldenor da Silva Pimentel.

Resumo: Este livro reúne textos produzidos no curso de extensão do Instituto Federal de Roraima (IFRR) “Movimentando Conhecimento: Curso de Qualificação em Dança”, realizado pelo Espaço Cultural Harmonia e Ritmo em parceria com o Fórum de Dança de Roraima, com o objetivo de oferecer qualificação a profissionais da dança e acadêmicos de Educação Física do Estado. O formato escolhido para os textos foi o relato de experiência. Por se tratar de curso de extensão, o formato pareceu adequado aos organizadores, por permitir a flexibilização do rigor acadêmico, ao mesmo tempo em que tem a potencialidade de abarcar informações indisponíveis ou mais difíceis de serem trazidos por outros gêneros textuais. O livro é dividido em três partes temáticas. São elas: “Escolas, grupos, espaços, personalidades e eventos de dança em Roraima”, “Dança religiosa” e “Dança, educação, literatura, História e saúde”.


Título: CULTURA, MITO E IDENTIDADE CONTEXTOS, COMPARAÇÕES E ENTRELUGARES.

Organizadora: Maria de Fátima Castro de Oliveira Molina e Roberto Mibielli.

Resumo: Esse quinto volume da coleção discípuli, dedicada à divulgação de trabalhos científicos e papers de nossos alunos de pós-graduação e iniciação científica, está dividido em duas sessões ou blocos: Bloco 1 – MITO, CULTURA E IDENTIDADE, na qual figuram os capítulos agrupados pela temática ameríndia, ou perpassados por ela a partir de obras que a tematizam; num segundo bloco de capítulos, intitulado: Bloco 2 – CONTEXTOS, COMPARAÇÕES E ENTRELUGARES, estão alocados os capítulos nos quais são discutidas questões referentes ao universo não indígena da nossa literatura.


TítuloLETRAMENTO LITERÁRIO: TESSITURAS DE EXPERIÊNCIAS E ESCRITURAS DA/NA AMAZÔNIA

Organizadora: Maria de Fátima Castro de Oliveira Molina e Iza Reis Gomes Ortiz, Larissa Gotti Pissinatti

Resumo:  Os Grupos de Pesquisa GPELL-NARRAM/UNIR - Letramento Literário: estudo de narrativas da/na Amazônia e CRIAMAZÔNIA/IFRO – Grupo de Pesquisa em Processos de Criação Literária reuniu artigos produzidos pelos membros dos grupos, professores e alunos da graduação e da pós-graduação para compor o livro Letramento literário: tessituras de experiências e escrituras da/na Amazônia, organizado em versão digital (PDF) pelas docentes Maria de Fátima Castro de Oliveira Molina, Larissa Gotti Pissinatti e Iza Reis Gomes, do PPGMEL – Mestrado em Estudos Literários, da Universidade Federal de Rondônia. As temáticas abordadas deram ênfase às questões relacionadas ao Letramento Literário em suas perspectivas teóricas e de aplicação; aos estudos de recepção e circulação de obras de diferentes gêneros literários na perspectiva da formação do leitor a partir do letramento literário e da aplicação teórica e prática; análise de obras de diferentes gêneros literários com processos de investigação estrutural envolvendo os elementos da narrativa ficcional (personagens, espaço, tempo, narrador e enredo); análise de obras de diferentes gêneros literários a partir de uma leitura crítica com abordagem em diferentes correntes teóricas, aplicadas à literatura e outras artes. Os autores e autoras são docentes, discentes ou egressos do Mestrado em Estudos Literários PPGMEL/UNIR - Universidade Federal de Rondônia; e de graduandos e graduados pela UNIR. Há ainda a participação de docentes do IFRO - Instituto Federal de Rondônia -, da York University, instituição pública de ensino superior do Canadá, e de escolas da rede municipal de Porto Velho, Rondônia.


Título: PRÁTICAS BÁSICAS DE ENFERMAGEM E O USO DE SIMULAÇÃO CLÍNICA.

Organizadora: Tárcia Millene de Almeida Costa Barreto.

Resumo:  O e-book Práticas Básicas de Enfermagem e o Uso de Simulação Clínica foi desenvolvido por professoras e alunas monitoras do módulo de Práticas do Cuidar do curso de enfermagem na UFRR. A leitura do ebook oferecerá a você uma fonte segura de conhecimento teórico que embasará as suas aulas práticas, assim como o iluminará em relação à organização das mesmas, a estrutura, recursos e normas de funcionamento do laboratório e o método didático utilizado.


 

Título: LEITURAS AMAZÔNICAS & BRASILEIRAS.

Organizadora: Yurgel Pantoja Caldas, Fábio Almeida de Carvalho.

Resumo: Os artigos que compõem este sexto volume da Coleção Discipuli foram elaborados a partir de disciplinas ofertadas de forma virtual e concomitante por uma rede de cooperação mantida pelos seguintes programas de pós-graduação: Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários/Universidade Federal Fluminense (UFF); Programa de Pós-Graduação em Letras/Universidade Federal de Roraima (UFRR); Mestrado em Letras/Universidade Federal de Rondônia (UNIR); Programa de Pós-Graduação em Letras e Artes/Universidade do Estado do Amazonas (UEA); e Programa de Pós-Graduação em Letras/ Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). Os textos aqui publicados foram produzidos por graduandos, mestrandos, doutorandos e egressos de todas as instituições acima aludidas e, em conjunto, se voltam para a abordagem das manifestações literárias indígenas e da negritude, bem como revelam um espectro de obras que têm a arte literária amazônica e brasileira como objeto de interpelação.Este sexto volume da Coleção Discipuli coloca à disposição do público leituras de estudantes de pós-graduação que, sem dúvida, ajudam a aprofundar, em espiral crescente, o conhecimento sobre nos campos da História, da Crítica e da Teoria Literária contemporânea.


Título: Políticas ambientais na Amazônia: sustentabilidade socioeconômica e povos indígenas.

Autores: Sandra Maria Franco Buenafuente, Marcelo Carlos Gantos.

Resumo:  Meio ambiente, sociedade, políticas ambientais e sustentabilidade estão alcançando cada vez mais, uma crescente relevância suscitada pelos impactos e ameaças que se avolumam sobre a qualidade de vida e à sobrevivência da humanidade. Neste contexto, são necessários políticas ambientais consistentes, como forma de harmonizar a relação entre ecologia, sociedade e economia. Assim, o reconhecimento da importância dos povos indígenas como condição fundamental para o equilíbrio da conservação da biodiversidade regional e global, contribuirá para a reprodução física, ambiental e sociocultural do sistema como um todo.


Título: AMAZÔNIA CARIBENHA : MEMÓRIA E HISTÓRIA. O trajeto e o desdobramento em outras narrativas históricas
de uma família nordestina para Roraima

Autor: Reginaldo Gomes de Oliveira

Resumo:  O presente livro é parte dos estudos do autor que elaborou uma narrativa informal e recriou as lembranças vividas por pessoas simples consideradas testemunhas vivas de nossa História Regional e Nacional. É uma obra autobiográfica, que mistura memórias com fragmentos históricos, contados pelo neto, sobre os parentes mais idosos. Nesse sentido, são lembranças e pedaços da História de vida, vivenciada e sofrida pelos antepassados familiares, em distintos momentos do século XX. Destacou a imigração nordestina para a Amazônia, o lugar de novas experiências que revelou outras lembranças com o desdobramento dos novos trajetos históricos e memórias dos atuais membros da família amazônica caribenha.


Título: O RIO BRANCO SE ENCHE DE HISTÓRIA VOL. 2

Organizadores: Alfredo Ferreira de Souza e Jaci Guilherme Vieira.

Resumo:  A presente obra é o esforço em dar continuidade ao trabalho igualmente apresentado no primeiro volume do O rio Branco se enche de Histórias, obra que utilizou textos dos alunos do curso de Especialização em História Regional. Neste segundo volume, valoriza-se a pesquisa realizada por ex-alunos de História da Universidade Federal de Roraima em suas respectivas pesquisas que resultaram em textos defendidos para a obtenção do grau requerido no curso. Portanto, dois são os objetivos aqui. O primeiro é o de ampliar a discussão historiográfica regional, a saber, a do extremo norte da Amazônia. Segundo, tornar público estes trabalhos na busca de democratizar o conhecimento histórico produzido nesta Instituição de Ensino Superior.


Título: AMAZÔNIA CARIBENHA – PROCESSOS HISTÓRICOS E OS DESDOBRAMENTOS SOCIOCULTURAIS E GEOPOLÍTICOS NA ILHA DA GUIANA

Autor: Reginaldo Gomes de Oliveira

Resumo: O presente livro é parte dos estudos do autor sobre a História Regional, revelando distintos fragmentos históricos e socioculturais extremamente escassos na literatura brasileira e caribenha. O autor abordou variados aspectos do processo de colonização na denominada ilha Amazônia Caribenha ou território da ilha da Guiana, para uma reflexão sobre a relação entre os cinco países que compartilham terras na referida ilha localizada na América do Sul. O autor enfrentou desafios ao coletar os dados e reunir as diferentes abordagens na elaboração desta obra, que difunde o conceito de Amazônia Caribenha e seus desdobramentos históricos e culturais, como uma única e singular região. Destaca aspectos comuns na história dos estados federados brasileiros de Roraima e Amapá, como originários da Guiana Portuguesa durante o processo colonizador europeu.


Título: Literatura comparada, Circulação literária e cultural.

Organizadores: Fernando Simplício dos Santos; Allison Leão.

Resumo: Os artigos que fazem parte deste quarto volume da Coleção Discipuli – bem como ocorrerá com as duas próximas edições – foram elaborados durante a pandemia do Coronavírus, isto é, no decorrer do ano de 2020. Estando aqui separados em duas seções distintas (Circulação literária e cultural; Circulação literária e cultural pela Amazônia), são textos escritos a partir de aulas ministradas em ambiente virtual, especificamente, frutos de duas disciplinas que englobaram, mais ou menos, cem discentes. Nesse sentido, para a realização do projeto, foi formada uma rede de cooperação responsável por juntar os seguintes programas de Pós-Graduação: da Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal de Roraima (UFRR), Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) e da Universidade Federal do Tocantins (UFT).


Título: LITERATURA COMPARADA, INFLUÊNCIAS E FRONTEIRAS.

Organizadores: Sheila Praxedes Pereira Campos; Juciane Cavalheiro; Mara Genecy Centeno Nogueira.

Resumo: Os artigos que integram este terceiro volume da Coleção Discipuli (assim como os próximos 3 volumes) são especiais: nasceram durante a pandemia do Coronavírus, no ano de 2020, oriundos das aulas ministradas remotamente em duas disciplinas que integraram cerca de 100 alunos e 9 professores em uma rede de cooperação que uniu os Programas de Pós-Graduação das seguintes instituições: Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal de Roraima, Universidade Federal de Rondônia, Universidade do Estado do Amazonas, Universidade Federal do Amapá e Universidade Federal do Tocantins. Além dos professores, alunos de iniciação científica, graduandos, mestrandos, doutorandos e egressos de mestrado e doutorado.


Título: UNIVERSIDADE E ESCOLA: Contextos de Ensino e Aprendizagem. 

Organizadores: Emanuella Silveira Vasconcelos; Hellen Cris de Almeida Rodrigues; George Brendom Pereira dos Santos; Sebastião Monteiro Oliveira. 

Resumo: O livro Universidade e Escola: contextos de ensino e aprendizagem objetiva reunir discussões referentes às práticas desenvolvidas no contexto universitário para formação dos sujeitos e que tem como palco a escola básica, apresentando, assim, relatos de práticas pedagógicas e resultados de pesquisas que estreitam as relações entre os dois âmbitos da Educação. Os capítulos abrangem a reflexão de aspectos formativos, cognitivos, sociais e afetivos envolvidos no ensino e na aprendizagem, na universidade e na escola ou na sua interligação.


Título: COLEÇÃO HISTÓRIA DO TEMPO PRESENTE: VOLUME III.

Organizadores: Tiago Siqueira Reis; Carla Monteiro de Souza; Monalisa Pavonne Oliveira; Américo Alves de Lyra Júnior.

Resumo: A Coleção História do Tempo Presente chega em seu terceiro volume com a proposta de reunir e visibilizar teorias, metodologias e temáticas atinentes ao tempo presente e, principalmente, convocando os historiadores a se apropriarem desta fatia do tempo, tão explorada por outros profissionais da comunicação, das ciências humanas e sociais, entre outros. A coleção objetiva, desse modo, provocar debates e estimular questionamentos que propiciem novas reflexões e perspectivas de análise, reforçando a contribuição do historiador para as análises do presente. As publicações se dedicaram a abranger assuntos e autores das mais diversas partes do país, bem como a colaboração de historiadores estrangeiros. Sempre com a intenção de contemplar a região Norte em todos volumes, a coleção se propõe a pensar em novas centralidades como maneira de compor o rico e heterogêneo universo que constitui a produção científico-acadêmica brasileira, afastando-se do estigma de “periferia”. Sendo assim, todos os estados que integram a Amazônia brasileira estão representados, em alguma medida, por intermédio da contribuição de historiadores alocados em distintas instituições públicas da região, lançando luz sobre temas latentes e propondo perspectivas de análise, consubstanciando, assim, o protagonismo amazônico acerca dos assuntos do tempo presente.


Título: FÉ E RESISTÊNCIA: Religiões de Matrizes Africana e Afro-Brasileiras em Boa Vista/RR.

Organizadores: Monalisa Pavonne Oliveira; Larissa Maria de Almeida Guimarães; Tiago Siqueira Reis; Amarildo Ferreira Júnior; Carlos Alberto de Souza Fournier; Maria Luciana Furtado Pereira; Maria das Graças Furtado Pereira; Júlio Cesar dos Santos; Mário dos Santos Maia; José Soares Filho; Delmiro José Carvalho Freitas; Orlandina de Matos Farias; Nelcy Leon Ladislau; Maria de Fátima Pereira Aragão; Antônia Maria da Conceição Lima; Everton da Costa Pimentel; Jéssica Carvalho Guimarães;  Mariangela Aguiar de Oliveira; Raíssa Nathana Freitas Batista.

Resumo: A presente publicação traduz-se em um dos resultados do projeto “História e Memória: produção do inventário participativo das comunidades de religiosidade de matriz africana e afro-brasileira mapeadas pelo IPHAN/RR entre os anos de 2016 e 2018, em Boa Vista/RR”. Fé e Resistência: religiões de matrizes africana e afro- -brasileira em Boa Vista/RR é a materialização de um esforço conjunto de apresentar ao público em geral uma história obscurecida na história de Roraima, a luta e resistência das religiões de matrizes africana e afro-brasileira, a partir de uma abordagem horizontal realizada a muitos pares de mãos. Sendo assim, buscou-se evidenciar a história e constituição de templos de umbanda e candomblé já formados e os que estão em processo de formação a partir da narrativa de suas lideranças.


Título: CURSO DE PRÉ-CÁLCULO.

Organizadores: Adriano Frutuoso da Silva; Camila Helena Menezes de Oliveira; César Gabriel Soares Viana de Brito; Danielle Yumi Mizuno; Eliohana de Almeida Peres; Felipe Augusto de Oliveira Almeida; Gustavo Oliveira Cardoso; Mesaque Vilmar Silvestre Viegas; Paula Jordana Sampaio de Sales; Paulo Sérgio Cardoso Ferreira; Rones de Souza Santos; Taina Lima Scherpel; Thiago Bessa Ramos; Veber Douglas Oliveira da Costa; Vinícius Ferreira Esbell.

Resumo: O Cálculo Diferencial e Integral é um ramo importante da matemática e seu campo de aplicações se estende por todas as áreas do conhecimento, desempenhando papel importante como linguagem na representação de fenômenos e, como instrumento para a resolução de problemas (CATAPANI, 2001). A ampla aplicabilidade dos conceitos de Cálculo Diferencial e Integral faz com que essa disciplina esteja presente na maioria das grades curriculares de cursos de nível superior, tornando-se requisito fundamental na formação de um profissional.


Título: LITERATURA & FRONTEIRA.

Organizadores: Fábio Almeida de Carvalho; Roberto Mibielli; Isabel Maria Fonseca.

Resumo: Apesar da heterogeneidade de objetos, de temas e de aparatos teóricos que impossibilitam circunscrever os textos do presente volume num universo conceitual mais cerrado e amplamente partilhado, os ensaios dessa coletânea gravitam em torno da produção narrativa derivada das relações mantidas entre centros e periferias, ou seja, entre elementos de cultura de diferentes esferas – regionais, nacionais e transnacionais. Em ângulo invertido, também é interessante notar que, se os textos se unem pela atenção especial dada ao modo que as produções de espírito da Amazônia, com ênfase na região circum-Roraima, se relacionam com diferentes zonas culturais latino-americanas, mais especificamente do Brasil, da República Cooperativa da Guyana e da Venezuela, não constituem, todavia, conjunto marcado pelo uníssono.


Título: COLEÇÃO HISTÓRIA DO TEMPO PRESENTE: VOLUME II.

Organizadores: Tiago Siqueira Reis; Carla Monteiro de Souza; Monalisa Pavonne Oliveira; Américo Alves de Lyra Júnior.

Resumo: Neste segundo volume da Coleção História do Tempo Presente, prosseguimos com nossos objetivos de apresentar, discutir e apontar caminhos teóricos e metodológicos acerca da História do Tempo Presente. Assim como o volume inicial lançado no ano de 2019, contamos com historiadores de diferentes instituições nacionais e internacionais, matrizes teóricas e objetos de análise, assegurando espaço privilegiado para pesquisadores situados na região amazônica como forma de des-hierarquização da produção nacional, enfocando a produção historiográfica amazônica enquanto parte ativa dela.


Título: 30 ANOS UNIDOS PELA DIVERSIDADE 1989-2019: mudando vidas, construindo Conhecimento. 

Organizadores: Vângela Maria Isidoro de Morais; Júlia Faria Camargo; Inez de Fátima Brandão; Antônio Aparecido Giocondi; Reginaldo Gomes de Oliveira; Luan Correia Cunha Santos. 

Resumo: A nossa UFRR completa 30 anos de existência. Esta história nasce com o próprio estado que a abriga, dada a transformação de Roraima da condição de ex-território para estado da federação com a atual Constituição Brasileira. Criada em 1985, por meio do projeto de lei 7.364 apresentado pelo então deputado federal Mozarildo Cavalcanti, a UFRR foi instituída pelo decreto nº 98.127 no dia 08 de setembro de 1989. A nossa instituição se pôs aguerrida desde o início, a destacar a resistência e a tenacidade de seu fundador, o reitor pro tempore Hamilton Gondim e uma equipe de colaboradores e servidores pioneiros da UFRR. Foram diversas ações que estenderam a Universidade para os lugares mais longínquos de Roraima, com campanhas de alfabetização de adultos, com a oferta dos cursos de licenciaturas no interior, com o estabelecimento de uma ampla rede de colaboradores regionais, nacionais e internacionais.


TítuloO VII WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EM BACIAS HIDROGRÁFICAS.

 

Organizadores: Carlossandro Carvalho de Albuquerque; Ieda Hortêncio Batista. 

Resumo: O VII Workshop Internacional sobre

 Planejamento e Desenvolvimento Sustentável em Bacias Hidrográficas foi realizado na cidade de Manaus, Amazonas, no período de 02 a 05 de outubro de 2019 e teve como objetivo estabelecer um debate participativo e construtivo em torno da dinâmica, planejamento, gestão e utilização dos recursos hídricos, apresentando como temática principal “A água como elemento de integração e de conflitos socioambientais”. Foi planejado e executado pela Universidade do Estado do Amazonas, por intermédio do Programa de Pós Graduação em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos (PROFÁGUA), com apoio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH-AM), da Agência Nacional de Água (ANA), da CAPES e demais universidades da Rede Água.


Título: TEXTUALIDADES INDÍGENAS WATUNNA – MITOLOGIA MAKIRITARE.

Autora: Isabel Maria Fonseca.

Resumo: Este texto nasceu de inquietações que foram crescendo em meu espírito desde que comecei a trabalhar com populações indígenas e que logo se transformaram em buscas e em matéria de estudo e de investigação. Resulta, pois, de um percurso acadêmico que, além da oportunidade de realizar um conjunto de leituras sobre literatura e sobre as textualidades indígenas, oportunizou também participar de discussões feitas em ambientes diversos. Desde então, fui sendo capturada pela complexidade do assunto, bem como pelas descobertas que o estudo das formas textuais indígenas tem me possibilitado fazer ao longo desse decurso. Por isso, confesso que realizar todas essas atividades acabaram provocando em meu espírito não apenas inquietações, mas também um enorme prazer.


Título: LEITURA E TEXTOS INDÍGENAS.

Organizadores: Fábio Almeida de Carvalho; Isabel Maria Fonseca; Celino Alexandre Raposo.

Resumo: O título ora dado à luz, Leitura e textos indígenas, foi produzido como deriva de uma demanda própria dos nossos tempos e que tem a ver com a necessidade e a consequente obrigação de tornar realidade a circulação de textos de autoria e origem indígenas em espaços e circuitos culturais diversificados – dentro e também fora do espaço das escolas das comunidades indígenas de Roraima. Daí nossa expectativa de que o presente título possa chamar à atenção e despertar o interesse não somente daquele contingente de profissionais que vive o cotidiano das escolas indígenas, de diferentes séries e regiões de Roraima e do Brasil (sobretudo de professores e estudantes indígenas, seu público mais imediato e ostensivo), mas também daquele outro contingente de pessoas que povoa e dá forma ao espaço da pesquisa acadêmica e erudita (principalmente estudantes, professores e pesquisadores, em geral, das áreas de Letras, Linguística, Literatura, Antropologia e Etnografia, dentre outros campos contíguos do saber e do conhecimento humanos).


Título: GUIA BOTÂNICO ILUSTRADO PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE BOSQUE DOS PAPAGAIOS.

Organizadores: Willian Alves Cavalcante; Rodrigo Schütz Rodrigues.

Resumo: O “Guia Botânico Ilustrado para Educação Ambiental do Parque Ecológico Bosque dos Papagaios” é o resultado do trabalho de conclusão de curso (TCC) de Bacharelado em Ciências Biológicas da Universidade Federal de Roraima.


Título: AS MULHERES INDÍGENAS NA REGULAÇÃO DO CLIMA DA AMÉRICA LATINA: CAMINHOS PARA UM DIREITO ECOLÓGICO.

Autora: Heidi Michalski Ribeiro.

Resumo: O livro de Heidi Michalski Ribeiro, fruto de sua dissertação de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGD/UFSC), a qual tive a honra de coorientar com o Professor Dr. José Rubens Morato Leite, representa um passo importante para a reflexão sobre a visibilidade da mulher indígena nas estratégias políticas e jurídicas de enfrentamento da mudança climática. Supre uma lacuna no que se refere à análise crítica do reconhecimento e do espaço a elas reconhecido na agenda global do clima e nas políticas e normas climáticas nacionais na América Latina, tendo como trama de fundo o paradigma do direito ecológico. Heidi mostra a face humana e a voz da mudança climática na América Latina, que é feminina, que ecoa nas florestas e nas ruas do continente, que é indígena, que é o símbolo da Pachamama que sofre e que resiste à crise climática.


Título: PROPOSTAS PEDAGÓGICAS, MATERIAIS EDUCATIVOS E NOVOS DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES INDÍGENAS.

Organizadores: Jovina Mafra dos Santos; Maxim Repetto.

Resumo: O presente livro reúne diversas experiências de estudo e pesquisa desenvolvidas no âmbito do Curso Licenciatura Intercultural, do Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena, da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Os capítulos que compõem este livro são resultado dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) que viabilizaram a formação de professores e professoras indígenas dos povos Macuxi, Wapichana e Ingarikó, os quais buscaram estudar e analisar as problemáticas sociais e educacionais vivenciadas em suas escolas e comunidades. Estes TCCs habilitaram professores nas áreas de Ciências da Natureza e de Ciências Sociais, a partir da proposta de formação pela pesquisa, em perspectiva interdisciplinar, que o curso de Licenciatura Intercultural na UFRR sustenta.


Título: ECONOMIA SOLIDÁRIA NO ESTADO DE RORAIMA: formação e desenvolvimento dos empreendimentos em redes Colaborativas.

Organizadores: Meire Joisy Almeida Pereira; Anderson Paiva; Herundino Ribeiro Filho; Paulo Sérgio Maroti; Cleane da Silva Nascimento.

Resumo: A Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares e Empreendimentos Solidários ITCPES/UFRR, criada desde o ano de 2006, vem executando um importante trabalho que faz do saber produzido na Universidade e do conhecimento adquirido pelas comunidades que são assistidas, um projeto exitoso. O trabalho da ITCPES/UFRR logo no seu início foi reconhecidamente agraciado com o Prêmio Samuel Benchimol, com “Mulheres Empreendedoras na Amazônia: transferência de tecnologia social a grupos de mulheres no Estado de Roraima”, coordenado pela Professora Marlene Grade.


Título: RELAÇÕES IDENTITÁRIAS E INTERTEXTUAIS.

Organizadores: Tatiana da Silva Capaverde; Luiz Eduardo Rodrigues Amaro; Mara Genecy Centeno Nogueira.

Resumo: A Coleção Discipuli nasce com o objetivo de promover a produção dos alunos envolvidos em atividades de pesquisa, dando visibilidade e circulação em formato digital a artigos recentemente produzidos. Buscamos, com isso, criar uma cultura de aprendizado que resulte em textos de qualidade em auxílio a uma comunidade iniciática.


Título: VIVÊNCIAS INTERDISCIPLINARES E DIÁLOGOS INTERCULTURAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSOR INDÍGENA: Relatos de experiências na formação superior.

Organizadores: Danielle Trindade; Mariana Souza da Cunha; Naira Lamarão; Ricardo Carvalho dos Santos.

Resumo: A Coletânea “Vivências Interdisciplinares e Diálogos Interculturais na Formação do Professor Indígena” é resultado de estudos e pesquisas no contexto da Licenciatura Intercultural, além de relatos de experiências na formação superior. Os textos aqui organizados são produto de vivências e experiências didático-pedagógicas e construção de novos conhecimentos, sobretudo, nas áreas de habilitação do curso: Comunicação e Artes, Ciências da Natureza e Ciências Sociais, e a própria experiência do PIDIB Diversidade que fomentou o exercício de pesquisador na docência da educação básica.


Título: AGROECOLOGIA, POLÍTICAS PÚBLICAS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (Tomo II).

Organizadores: Antonio Tolrino de Rezende Veras; Lúcio Keury Almeida Galdino; Giovanni de Farias Seabra.

Resumo: Na atual conjuntura, global e cultural, existem mais de seis mil idiomas ancestrais falados por povos indígenas; todavia, o patrimônio linguístico segue desaparecendo em ritmo alarmante. Sem medidas adequadas para a preservação dos povos e suas línguas, as diversas formas de linguagem milenar estão condenadas ao desaparecimento e, junto com elas, vão se extinguindo a história, a memória, os costumes e as tradições. Nesse sentido, na cidade de Boa Vista (RR), no período de 18 a 20 de setembro de 2019, ocorreu a Conferência da Terra - Fórum Internacional do Meio Ambiente - que teve como Tema Geral: “Línguas, Ritos e Protagonismos nos Territórios Indígenas".


Título: PERSPECTIVAS LITERÁRIAS PÓS-COLONIAIS.

Organizadores: Tatiana da Silva Capaverde; Luiz Eduardo Rodrigues Amaro; Mara Genecy Centeno Nogueira.


Título: EDUCAÇÃOAMBIENTAL, SUSTENTALIBILIDADE E TERRITÓRIO TRADICIONAL (Tomo I).

Organizadores: Antonio Tolrino de Rezende Veras; Lúcio Keury Almeida Galdino; Giovanni de Farias Seabra.

Resumo: Na atual conjuntura, global e cultural, existem mais de seis mil idiomas ancestrais falados por povos indígenas; todavia, o patrimônio linguístico segue desaparecendo em ritmo alarmante. Sem medidas adequadas para a preservação dos povos e suas línguas, as diversas formas de linguagem milenar estão condenadas ao desaparecimento e, junto com elas, vão se extinguindo a história, a memória, os costumes e as tradições. Nesse sentido, na cidade de Boa Vista (RR), no período de 18 a 20 de setembro de 2019, ocorreu a Conferência da Terra - Fórum Internacional do Meio Ambiente - que teve como Tema Geral: “Línguas, Ritos e Protagonismos nos Territórios Indígenas”.


Título: PLANEJAMENTO AMBIENTAL, RECURSOS HÍDRICOS E PATRIMÔNIO CULTURAL (Tomo III).

Organizadores: Antonio Tolrino de Rezende Veras; Lúcio Keury Almeida Galdino; Giovanni de Farias Seabra.

Resumo: Na atual conjuntura, global e cultural, existem mais de seis mil idiomas ancestrais falados por povos indígenas; todavia, o patrimônio linguístico segue desaparecendo em ritmo alarmante. Sem medidas adequadas para a preservação dos povos e suas línguas, as diversas formas de linguagem milenar estão condenadas ao desaparecimento e, junto com elas, vão se extinguindo a história, a memória, os costumes e as tradições. Nesse sentido, na cidade de Boa Vista (RR), no período de 18 a 20 de setembro de 2019, ocorreu a Conferência da Terra - Fórum Internacional do Meio Ambiente - que teve como Tema Geral: “Línguas, Ritos e Protagonismos nos Territórios Indígenas”.


Título: RORAIMA ENTRE LÍNGUAS: CONTATOS LINGUÍSTICOS NO UNIVERSO DA TRÍPLICE FRONTEIRA DO EXTREMO-NORTE BRASILEIRO.

Organizadores: Alessandra Cruz; Felipe Aleixo.

Resumo: É com grande satisfação e alegria que vejo a publicação desse e-book organizado pelos meus amigos pesquisadores Alessandra Cruz e Felipe Aleixo, intitulado: Roraima entre línguas: contatos linguísticos no universo da tríplice fronteira do extremo-norte brasileiro. Espero imensamente que se deleitem com leituras acerca da temática aqui apresentada. Roraima é o estado mais setentrional da federação, possui fronteiras com dois países e suas respectivas línguas: com o espanhol na Venezuela (ao norte e noroeste) e com o inglês na Guiana Inglesa (ao leste). Mas, apesar dessas fronteiras geográficas, há fronteiras que transcendem a realidade, são as fronteiras imaginárias como destaca Torrecilha (2004). Tais fronteiras são compartilhadas por todas as línguas presentes no estado, sejam elas indígenas, estrangeiras ou de sinais.


Título: KORONAVIRUS (CORONAVÍRUS VERSÃO EM MACUXI) - SÉRIE PEQUENOS CIENTISTAS.

Organizadores: Roberta Martins Nogueira; Fabiana Cristina Donofrio; Evaldo Martins Pires; Roberta Vieira de Morais Bronzoni; Leticiane Munhoz Socreppa.

Resumo: Koronavirus taa mîrî oma'kon ximonkriikonpî, kreetayunkon, atonyunkon, priipi' yunkon , arautaimîyunkon warainon. Ximîrikkîpe to' wanî e'nin to' era'ma peppîn uyenuukonke. Tîîse to'era'ma nikin “microscópio” taato' karaiwa ya ke nikin. Mararonkon hîn inkamoro oma'kon rikkî ptaapo, nonpo, tunaakawonkon moroopai se'manpo.


Título: SYBYRYYDIN (CORONAVÍRUS VERSÃO EM WAPICHANA) - SÉRIE PEQUENOS CIENTISTAS.

Organizadores: Roberta Martins Nogueira; Fabiana Cristina Donofrio; Evaldo Martins Pires; Roberta Vieira de Morais Bronzoni; Leticiane Munhoz Socreppa.

Resumo: Wyryy sybyryydin yryy aimeakan kaikeasudi'u dakutakau disuukidi'u ikapkau. Inhau dysudi'u manawyn inhau tykapakau ytannaa id.Yryy dyzay'u inhau izei dia'au na'ik dyzay'a iribeakary. Na'ik baurainhau panaukazinhau dysukidiainhau kapam. Kapaninhauz disuukidi'u ikapkau.


TítuloKORONAPÍRUS (CORONAVÍRUS VERSÃO EM WAI WAI) - SÉRIE PEQUENOS CIENTISTAS.

Organizadores: Roberta Martins Nogueira; Fabiana Cristina Donofrio; Evaldo Martins Pires; Roberta Vieira de Morais Bronzoni; Leticiane Munhoz Socreppa.

Resumo: Koronapírus mîkro wahrayî noro mîkro wahrai ro cik makî, esenpon ero wa cexîrke noro cesî kupun cheka iito nesekenmesî. Nexamro mîkyam esenpon komo ro mak, wahra exîrke, enîxe kexitaw so nêsenpesî mikroskopiyo ke mak entopo ro ke nesenpesî. Kahsîňe me marha naxe nexamro kupun cheka cexe, nexamro yetacitopo punku komo, kmakitera komo, protosowario komo.


Título: MEDIA EFFECTS: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo (Vol. 5): Newsmaking, gatekeeping e teoria social.

Organizadores: Gilson Pôrto Jr.; Nelson Russo de Moraes; Daniela Barbosa de Oliveira; Vilso Junior Santi; Leila Adriana Baptaglin.

Resumo: Chegamos ao vol. 5 de MEDIA EFFECTS: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo focando em Newsmaking, gatekeeping e teoria social. Uma vitória para a construção coletiva na região norte e suas redes pelo Brasil e Exterior. Articulando pesquisas de campo e investigações mais teóricas, os oito capítulos presentes no vol. 5 dedicam-se a aprofundar conceitos que problematizam situações evidenciadas na contemporaneidade e que passam a fazer parte da agenda permanente das Teorias da Comunicação e do Jornalismo.


Título: MEDIA EFFECTS: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo (Vol. 4): Reflexividade, hermenêutica e Fake News.

Organizadores: Gilson Pôrto Jr.; Nelson Russo de Moraes; Daniela Barbosa de Oliveira; Vilso Junior Santi; Leila Adriana Baptaglin.

Resumo: É uma tarefa complexa realizar a apresentação de um livro com uma densidade de discussões e problematizações com asapresentadas nos capítulos de MEDIA EFFECTS: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo - Vol. 4: Reflexividade, hermenêutica e Fake News. Propostas calcadas na reflexividade em um contexto “carente de posturas reflexivas”, enquadramento em situações de “restrição e fechamento” e, Fake News em um cenário de “imposição e adestramento”. Talvez com um grau de exagero ou ceticismo, mas é evidente que presenciamos um momento social, político, econômico e cultural que tangencia o questionamento acerca de: quem somos? Que sociedade somos?


Título: MEDIA EFFECTS: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo (Vol. 3): Espiral do silêncio, enquadramento e contemporaneidade.

Organizadores: Gilson Pôrto Jr.; Nelson Russo de Moraes; Daniela Barbosa de Oliveira; Vilso Junior Santi; Leila Adriana Baptaglin.

Resumo: Manejando o conjunto de textos que compõe o Volume 3 da Coleção MEDIA EFFECTS duas perguntas elementares surgem: no Campo da Comunicação, ainda é possível atualizar as discussões sobre Espiral do Silêncio, enquadramento e contemporaneidade? Se possível, ainda é necessário fazê-lo? Tão elementar quanto as perguntas parecem ser as respostas: Sim! E, Sim! Mais que possível é necessário fazê-lo! Aos leitores mais céticos, se a dúvida ainda permanecer, convido a acessar diretamente os textos que compõe o presente volume e se deliciar com os ensaios sobre as teorias da Comunicação e do Jornalismo aqui reunidos.


Título: MEDIA EFFECTS: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo (Vol. 2): Efeitos da Terceira Pessoa, enquadramento e teoria do cultivo.

Organizadores: Gilson Pôrto Jr.; Nelson Russo de Moraes; Daniela Barbosa de Oliveira; Leila Adriana Baptaglin.

Resumo: Ao receber o convite para saborear a leitura do livro MIDIA EFECTS: Ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo – Vol.2: Efeitos da terceira pessoa, enquadramento e teoria do cultivo adentro em um momento de aguçar distintos elementos do paladar. Situação esta bastante cativante ao tratar de investigações decorrentes de rigorosas pesquisa desenvolvidas no estado do Tocantins e, na região Norte do Brasil onde, em seu processo e em seus resultados, apresentam sabores peculiares/inovadores no que tange as teorias da Comunicação e do Jornalismo.


Título: MEDIA EFFECTS: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo (Vol. 1): Teorias do agendamento, priming e framing

Organizadores: Gilson Pôrto Jr.; Nelson Russo de Moraes; Daniela Barbosa de Oliveira; Vilso Junior Santi.

Resumo: Ao ter em mãos os textos e a proposta elaborada pelos organizadores de “Media Effects: ensaios sobre teorias da Comunicação e do Jornalismo – Vol. I” com o convite para escrever um texto de apresentação vi-me com um gratificante desafio, enquanto professor e pesquisador que escolheu, ao longo dos anos a partir da região tocantinense, pensar-refletir sobre as teorias e processos comunicacionais. O desafio é gratificante porque ao traçar uma breve genealogia sobre o que era reproduzido nas aulas dos cursos de Comunicação, desde seu nascedouro a partir da segunda metade dos anos 90 – século XX – e abordado como modelos de instrumentos de pesquisa, percebo o grande salto qualitativo referente as angulações teóricas e metodológicas.


Título: TRÂNSITOS E FRONTEIRAS LITERÁRIAS: territórios

Organizadores: Roberto Mibielli; Silvio Renato Jorge; Sonia Maria Gomes Sampaio.

Resumo: Nesse livro, financiado parcialmente com os recursos do PROCAD-AM/CAPES, discute-se, em todos os seus capítulos, a relação entre Territórios (em suas mais diversas acepções), trânsitos e fronteiras literárias. Além do aspecto principal, qual seja o dos territórios e territorialidades, há um sem número de elementos secundários que ajudam a definir nossa questão principal em seus mais diversos recortes: o tempo, a ideologia, a diegese, entre tantos outros dos quais se poderia falar.


Título: TRÂNSITOS E FRONTEIRAS LITERÁRIAS: representações

Organizadores: Roberto Mibielli; Silvio Renato Jorge; Sonia Maria Gomes Sampaio.

Resumo: Tendo por origem a língua latina, a palavra representação revela um significado abrangente, que transita do espectro jurídico ao campo próprio da administração pública, sem, todavia, a eles se limitar. Neste livro, interessa-nos refletir, a partir de sua constituição como conceito teórico, sobre sua aplicabilidade no âmbito cultural e literário. Para tanto, recorremos a uma acepção que, incorporando a ideia de encenação, traduz a forma como o mundo, as coisas e as pessoas podem ser concebidas em termos de um discurso marcadamente crítico, que propõe questionamentos acerca da sociedade e das relações político-culturais nela estabelecidas.


Título: TRÂNSITOS E FRONTEIRAS LITERÁRIAS: imaginários

OrganizadoresRoberto Mibielli; Silvio Renato Jorge; Sonia Maria Gomes Sampaio.

ResumoImaginário deriva do latim imaginarĭus e significa, pela aceitação do senso comum, dentre outras noções, aquilo que é suscitado pela imaginação e só existe nela, o fictício, o que não é real, o que faz retratos, o que se relaciona à questão da imagem. Na cultura e na literatura, ele se traduz de forma múltipla, diversa. Logo, não podemos tratá-lo no singular, mas no plural.


TítuloUMA GRAMÁTICA PEDAGÓGICA DA LÍNGUA MACUXI

Organizador: Pe. Ronaldo Beaton MacDonell.

Resumo: A presente Gramática da Língua Macuxi reúne a riqueza da comunicação (fala) e da escrita dos Povos Macuxi que residem nas diversas etnoregiões situadas no Estado de Roraima: Serras, Raposa, Baixo Cotingo, Surumu, São Marcos, Amajari, Tabaio, Murupu e Serra da Lua e, também, os que residem em outros países como a Guiana e a Venezuela. A importância desta gramática da Língua Macuxi ser pensada, organizada e escrita é resultado de várias reivindicações em assembleias da organização OPIRR e das lideranças indígenas: “Escrever, organizar material didático que valorize, preserve, respeite e fortaleça as nossas Línguas” e “...essa nossa comunicação é vista como meio de guardar, deixar registrado, repassar conhecimentos, transmitir a cultura aos nossos filhos”. Que os estudantes das escolas aprendam a fala, a escrita e a leitura na Língua Macuxi.


Título: PRÁTICAS EM SAÚDE NA AMAZÔNIA: Interdisciplinaridade, Pesquisa e Formação Profissional

Organizadores: Fabíola Christian Almeida de Carvalho; Calvino Camargo; Georgia Patricia da Silva Ferko.

Resumo: Este livro é fruto do trabalho colaborativo entre os organizadores, docentes permanentes, egressos e discentes do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal de Roraima - PROCISA/UFRR. Aqui estão reunidas importantes pesquisas, cujos autores e autoras, com formações acadêmicas em diversas áreas de conhecimento e com atuação profissional em diferentes instituições e setores de saúde no estado Roraima, apresentam as suas recentes contribuições. Os temas apresentados versam sobre pesquisas de caráter interdisciplinar e analisam diferentes e relevantes problemas relacionados à saúde no contexto da Amazônia, considerando sua diversidade populacional, ambiental e cultural.


Título: WAPICHAN/MUKUUSI: ensaios sobre os índios das serras e campos de Roraima

Organizadores: Carlos Alberto Marinho Cirino; Marcos Antonio Braga de Freitas; Olendina de Carvalho Cavalcante.

Resumo: Chega ao meio acadêmico e científico a coletânea intitulada “Wapichan/Mukuusi: ensaios sobre os índios das serras e campos de Roraima” composta por artigos produzidos pelos mestres em Antropologia Social, pesquisadores egressos do PPGANTS/UFRR que colaboraram na produção dos sete capítulos do livro em formato e-book, tendo ênfase na antropologia indígena a partir de estudos com povos indígenas do “lavrado” roraimense.

Ressalte-se que esta produção literária no campo da antropologia faz parte das comemorações dos cinco anos de criação do PPGANTS no âmbito da UFRR. ((Programa este que veio para fortalecer a ciência antropológica na Amazônia setentrional, no estremo norte do Brasil com duas linhas de pesquisa, a saber: 1) Processos Identitários e Direitos Diferenciados; 2) Etnografia Contemporânea, Patrimonialização e Urbanidades para o desenvolvimento da pesquisa antropológica.


Título: COLETÂNEA SOCIEDADE E FRONTEIRAS DILEMAS SOCIAIS CONTEMPORÂNEOS: estratégias e resistências (Vol. 5)

Organizadores: Maria Luiza Fernandes; Ana Lúcia de Sousa; Alfredo Ferreira de Souza.

Resumo: É com muita satisfação que o Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras, PPGSOF, da Universidade Federal de Roraima, UFRR, torna público mais um volume da Coletânea Sociedade e Fronteiras. Dilemas Sociais contemporâneos: estratégias e resistências. A proposta da Coletânea surgiu a partir da necessidade de divulgar a produção científica dos discentes e docentes do Programa e, assim, socializar os conhecimentos ali produzidos; ao mesmo tempo, estamos dando um retorno para a sociedade, principal responsável pelos investimentos públicos nas instituições de produção de conhecimento. Isso torna-se mais importante ainda nesse momento, em que essas instituições vêm sendo atacadas e difamadas por grupos políticos, cujos interesses escusos têm promovido situações de incompreensão sobre o importante papel dessas instituições, por vezes desconhecido de um público mais amplo.


Título: SABERES DOS POVOS INDÍGENAS MAYA E YANOMAMI: desafios epistêmicos no processo de descolonização.

Autor: João Paulino da Silva Neto.

Resumo: O trabalho intitulado “Saberes dos Povos Indígenas Maya e Yanomami: desafios epistêmicos no processo de descolonização” e abraçado por João Paulino da Silva Neto é fruto de um desafio instigador por transitar entre as culturas maya e yanomami. O texto é simbolicamente constituído como um fruto que traz os seus elementos epistemológico e filosófico no ‘epicarpo’, ‘mesocarpo’, ‘endocarpo’ e na ‘semente’ (o descolonizar-se), os quais no conjunto exalam sabor (sal do choro colonial), cor (peles negra, amarela, branca e mestiça) e perfume (do suor da floresta e dos mares) entre outras percepções indescritíveis. O leitor ao se deparar com esta produção pode tranquilamente aguçar sua curiosidade e mergulhar nas profundezas das terras brasilis ao infra-mundo mexicalis.


capa livro

Título: Direitos Humanos e Vulnerabilidade e a Agenda 2030.

Organizadores: Liliana Lyra Jubilut, Rachel de Oliveira Lopes, Gabriela Soldano Garcez, Ananda Pórpora Fernandes e João Carlos Jarochinski Silva.

Resumo: A Organização das Nações Unidas (ONU), tendo em vista seus objetivos e princípios basilares contidos na Carta das Nações Unidas, reuniu-se, no ano 2000, com seus Estados-membros na “Cúpula do Milênio” , e, buscando sumarizar os diversos acordos internacionais assinados na década de 19908, formulou um novo pacto global: a “Declaração do Milênio”, que contém os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).


Título: PERSPECTIVAS DOS ESTUDOS EM TRADUÇÃO E INTERPRETAÇÃO.

Organizadores: Thaisy Bentes e Lucas Nascimento.

Resumo: Este livro se origina dos inúmeros questionamentos que subjazem os Estudos da Tradução e da Interpretação. Nosso objetivo, ao reunir estudos e pesquisas sobre tradução e interpretação, desdobra-se no intuito de tecer reflexões sobre este campo. Os textos que compõem este livro trazem os mais diversos pontos de vista e experiências, visando colaborar com professores, tradutores e intérpretes.


Título: FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PRÁTICAS DE ENSINO EM CONTEXTOS EDUCACIONAIS INCLUSIVOS.

Organizadores: Daiane Pinheiro, Thaisy Bentes, Eleny Brandão Cavalcante e Paulo Jeferson Pilar Araújo.

Resumo: Esta obra se constitui enquanto um esforço coletivo de pesquisadores da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), por meio dos grupos de pesquisa: LaPLOS (Laboratório de pesquisa em Línguas Orais e de Sinais), TradIIn (Grupo de Pesquisa em Tradução e Interpretação Intermodal), GPEEPI (Grupo de Pesquisa em Educação Especial e Processos Inclusivos e Grupo de Estudos) e GEPES (Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação de Surdos), visando congregar pesquisas e reflexões realizadas no âmbito da educação especial pelos integrantes dos grupos e demais pesquisadores.


Título: Coletânea Linguagens: Teorias e Práticas

Organizadores: Thaisy Bentes, Adriana de Oliveira Albano, Fabiano Tadeu Grazioli

Resumo: Este livro representa uma valiosa contribuição para aqueles que se aventuram na intrigante tarefa de estudar a linguagem humana tendo em vista diferentes facetas. O leitor encontrará abordagens de cunho teórico relativas a diferentes aspectos discursivo-enunciativos, além de temas interdisciplinares, como leitura, análise literária e discursiva e práticas de ensino.


Título: Estudos transdisciplinares em regiões de fronteira : migração, violência e direitos humanos em tempos de pandemia.

Organizadores: Francilene dos Santos Rodrigues; Mariana Cunha Pereira; Pedro Marcelo Staevie; Vângela Maria Isidoro Morais.

Resumo: ESTUDOS TRANSDISCIPLINARES EM REGIÕES DE FRONTEIRA: Migração, violência e direitos humanos em tempos de pandemia é uma coletânea coordenada no âmbito do PPGSOF/UFRR e organizada pelas professoras France Rodrigues (GEIFRON/PPGSOF), Mariana Pereira (GEIFRON/ PROFHIST), Vângela Morais (GEIFRON/PPGCOM) e pelo professor Pedro Staevie (NEIAM/PPGPPD). O resultado aqui apresentando é fruto do trabalho colaborativo entre os organizadores, desde a proposta inicial apresentada ao PPGSOF, em junho de 2020, e a entrega deste manuscrito à editora.


Título: Módulo: aspectos biológicos do ser humano II : Atlas digital de histologia básica.

Organizadores: Juliana Araújo Dueñas;  Marília Martins Izidório; Jádila Tainá Santos de Oliveira; Bárbara Matias Machado;  Isnaila Ingrid de Sousa;  Larissa Queiroz;  Dalila Lemos; Ramão Luciano Nogueira Hayd..

Resumo: Este Atlas de Histologia abordará os tecidos básicos do ser humano e suas principais células. O aluno vislumbrará um mundo microscópico fantástico e cheio de surpresas. O estudo da Histologia Básica Humana é de grande importância para o ensino do Módulo Aspectos Biológicos do Ser Humano. O Curso de Enfermagem do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Roraima merecia há muito tempo ter seu próprio atlas de Histologia, e em conjunto com os monitores de Histologia foi desenvolvido este instrumento/ferramenta de ensino. Deixo registrado o empenho e a dedicação de meus alunos monitores que cuidadosamente trabalharam as imagens obtidas no laboratório. O avanço tecnológico é um aliado no ensino de histologia. O microscópio nos liga ao mundo “invisível a olho nu” e nos conecta ao ensino de ciências onde temos a oportunidade de visualizar as células que compõe o corpo humano. Agradeço a confiança depositada em mim pelo Curso de Enfermagem da UFRR, e aos alunos que embarcaram comigo neste sonho de produzir o primeiro Atlas Digital de Histologia Básica Humana do Curso.


Título: SAÚDE, EDUCAÇÃO E AMBIENTE: Experiências do PET Intercultural na UFRR.

Organizadores: Fabíola Christian Almeida de Carvalho; Jainne Gomes de Melo Sampaio dos Santos.

Resumo:  “Saúde, Educação e Ambiente: Experiências do PET Intercultural na UFRR” nos apresenta o Programa de Educação Tutorial Indígena desenvolvido na Universidade Federal de Roraima com o objetivo de promover trocas de saberes e experiências e fortalecer a relação entre o ensino, a pesquisa e a extensão por meio do diálogo de estudantes com as comunidades indígenas em Roraima promovendo uma educação superior estruturada por meio da formação científica intercultural.


Título: PIBID LICENCIATURA INTERCULTURAL: Pesquisa do Calendário Cultural e Formação de Professores Indígenas em Roraima.

Organizadores: Fabíola Carvalho; Maxim Repetto; Jovina Mafra dos Santos.

Resumo: O presente trabalho reúne uma série de experiências de pesquisas educativas realizadas no estado de Roraima, extremo norte da bacia do rio Amazonas, Brasil. Em 2010 iniciamos o processo de estudo refletindo sobre cidadanias interculturais na perspectiva da proposta do Método Indutivo Intercultural e de diálogos com a Rede de Educação Indutiva Intercultural (REDIIN), formada inicialmente no México e Coordenada pela Dra. Maria Bertely, em colaboração com pesquisadores de vários estados mexicanos e de outros países, dentre os quais destacamos o Dr. Jorge Gasche, com longa atuação na Amazônia peruana.


Título: Português Língua Estrangeira Adicional em contextos multilinguísticos: relatos de momentos acolhedores pelos meandros do ensino.

Organizadores: Maria da Conceição Lopes

Resumo: O empenho em organizar esse livro dar-se em decorrência de ter vivenciado situação de dificuldade na aprendizagem dos alunos em mobilidade acadêmica na Universidade Federal de Roraima, como professora em um curso de extensão destinado a estes estudantes, essa vivência motivou a escolha de uma nova proposta de trabalho para o ensino/aprendizagem dos estudantes estrangeiros vinculados à UFRR, pelo Colégio de Aplicação, para promoção do acolhimento por meio da aquisição/conhecimento da Língua Portuguesa e Cultura Brasileira. Também é importante ressaltar as vantagens da autonomia na elaboração de materiais para o ensino de português como língua não materna, que confere aos profissionais do ensino maior liberdade para planejar atividades dentro da realidade do aluno e levá-lo a aprender a língua de modo autêntico.


Título: Química forense:Volume 3: O pó branco escondido na mala.

Organizadores: Alana Dondoni Soares, Glória Maria de Farias Viégas, Nayara Araujo dos Santos, Wanderson Romão.

Resumo: O terceiro volume da coletânea de histórias em quadrinhos sobre Química Forense apresenta uma proposta divertida e interativa, que possibilita, com uma linguagem simples e científica, o aprendizado de um assunto muito importante para a sociedade relacionado às drogas de abuso e a aplicação da Ciência, que possui grande importância no combate à impunidade. Neste contexto, o livro de Química Forense tem como público alvo estudantes do ensino médio, técnico e de graduação, que acompanharão, neste volume, a importante missão do perito estagiário Henrique, personagem principal, para desvendar um mistério sobre a composição química de um material apreendido na forma de um "pó branco", escondido na mala de um dos passageiros do voo 8399 com destino à Europa.


 Título: Química forense: volume 1: Documentoscopia, combatendo a falsificação monetária

Organizadores: Pedro Henrique Martins Mereguete, Glória Maria de Farias Viégas, Rayana Alvarenga Costa, Wanderson Romão.

Resumo: O livro de Química Forense trata de uma coletânea de histórias em quadrinhos, tendo como público-alvo alunos do ensino médio, técnico e superior, que terão a oportunidade de aprender sobre diferentes temas da área de Química Forense de forma lúdica, contextualizada e científica. Toda a coletânia foi desenvolvida com um embasamento científico atualizado e adaptado, com um corpo de autores bastante qualificado. Os temas desenvolvidos no livro abrangem problemas que envolvem diariamente a sociedade contemporânea, bem como as forças periciais e os Laboratórios de pesquisa das Universidades e Institutos do nosso país. O livro traz a importância da valoração da ciência e tecnologia nos tempos atuais para um público-alvo que raramente teria acesso ao conteúdo trabalhado pelos autores. A linguagem utilizada é abrangente, simplificada e muito explicativa.


Título: Química forense: Volume 2: desvendando a cena do crime

Organizadores: Gabriela Amigo Lopes Nunes, Carlos Augusto Chamoun do Carmo, Glória Maria de Farias Viégas, Rayana Alvarenga Costa, Wanderson Romão.

Resumo: O segundo volume da coletânea de Química Forense apresenta a seus leitores uma proposta lúdica, científica e contextualizada sobre o estudo de uma cena de local de crime. A proposta desse volume é abordar um tema importante para sociedade Brasileira e para os estudantes do ensino médio, técnico e superior enfatizando a importância das Ciências Forenses no combate a impunidade. Portanto, o livro traz as tecnologias que podem ser empregadas aos estudos de casos forenses em uma cena de crime, principalmente no atual contexto, com uma linguagem simplificada e abrangente.


Título: Collection d’activités didactiques pédagogiques en microscopie: LES PETITS SE DEMANDENT

Organizadores: Glória Maria De Farias Viégas, Arthur Gomes De Castro, Eustáquio Vinicius Ribeiro De Castro, Fernanda Zanetti Becalli, Germana Bueno Dias, Ivanise Maria Rizzatti, Júlia Demuner Pimentel, Marcella Leite Porto, Marisa Barbosa Lyra, Rodrigo Leonardo Costa De Oliveira, Umberto Zottich Pereira

Resumo: Fruto de duas lives apresentadas pelo instagram do Ifes/ VV intitulada "Conexão Ifes", representa uma parceria entre o Instituto Federal do Espírito Santo/ Campus Vila Velha e a Universidade Estadual de Roraima e tem como objetivo principal ouvir as dúvidas das crianças, na faixa etária de 2 a 9 anos, referentes a Pandemia provocada pelo coronavírus, e por meio de suas dúvidas esclarecer o momento que estamos vivendo. As perguntas são colocadas como as crianças verbalizam, mesmo que com alguns erros de concordância, respeitando o vocabulário das crianças, também algumas perguntas se repetem, representando o questionamento comum no universo de crianças que entrevistamos.

O trabalho apresentado trata-se de um material de divulgação científica, e com isso, acreditamos que esse trabalho possa servir como catalisador para definir o futuro dessas crianças e jovens, buscando indicar possíveis caminhos a serem percorridos na sua vida pessoal e profissional.


Título: Coleção de atividades didático-pedagógicas em microscopia: OS PEQUENOS PERGUNTAM 

Organizadores: Glória Maria De Farias Viégas, Arthur Gomes De Castro, Eustáquio Vinicius Ribeiro De Castro, Fernanda Zanetti Becalli, Germana Bueno Dias, Ivanise Maria Rizzatti, Júlia Demuner Pimentel, Marcella Leite Porto, Marisa Barbosa Lyra, Rodrigo Leonardo Costa De Oliveira, Umberto Zottich Pereira

Resumo: Fruto de duas lives apresentadas pelo instagram do Ifes/ VV intitulada "Conexão Ifes", representa uma parceria entre o Instituto Federal do Espírito Santo/ Campus Vila Velha e a Universidade Estadual de Roraima e tem como objetivo principal ouvir as dúvidas das crianças, na faixa etária de 2 a 9 anos, referentes a Pandemia provocada pelo coronavírus, e por meio de suas dúvidas esclarecer o momento que estamos vivendo. As perguntas são colocadas como as crianças verbalizam, mesmo que com alguns erros de concordância, respeitando o vocabulário das crianças, também algumas perguntas se repetem, representando o questionamento comum no universo de crianças que entrevistamos.

O trabalho apresentado trata-se de um material de divulgação científica, e com isso, acreditamos que esse trabalho possa servir como catalisador para definir o futuro dessas crianças e jovens, buscando indicar possíveis caminhos a serem percorridos na sua vida pessoal e profissional.


Título: COLEÇÃO DE ATIVIDADES DIDÁTICO-PEDAGÓGICAS EM MICROSCOPIA: Espírito Santo e Roraima, uma viagem divertida com a realidade aumentada

Organizadores: Glória Maria De Farias Viégas, Arthur Gomes De Castro, Débora Santos De Andrade Dutra, Eustáquio Vinicius Ribeiro De Castro, Fernanda Zanetti Becalli, Germana Bueno Dias, Ivanise Maria Rizzatti, Marcela Ferreira Paes França, Marcella Leite Porto, Marisa Barbosa Lyra, Nelson José De Farias Viégas, Paula Maria Lima Galama, Rodrigo Leonardo Costa De Oliveira.

Resumo: Este trabalho é fruto de uma parceria do Ifes/Vila Velha com a Ufes, UERR e UFRR, utilizando a realidade aumentada para divulgar paisagens, diversidades, curiosidades e a produção cultural dos Estados do Espírito Santo e de Roraima; fazer um resgate da música de Jaceguay Lins (Compositor e Maestro); apresentar a música de Cristino Wapichana (Músico, compositor e escritor) e valorizar a cultura e o saber indígena das regiões norte e sudeste do Brasil. É uma forma divertida de apresentar duas regiões do território brasileiro, tão distintas. Como todas as atividades propostas pelo GEM, o material gerado por este trabalho é dedicado e distribuído, gratuitamente, aos alunos do Ensino Fundamental das Escolas Públicas, em especial do Espírito Santo e de Roraima. 


Título: Tecnologias para aprendizagem: sugestões para uso na educação superior

Organizadores: Marcelo Henrique Oliveira Henklain; Rafael Vilas Boas Garcia; Karla Colares Vasconcelos.

Resumo:  Capacitar professores(as) a identificar recursos que possam ser utilizados para o ensino sendo, especialmente, úteis no contexto de atividades que precisem ser realizadas com a mediação de tecnologias digitais sem caracterizar, necessariamente, Ensino à Distância (EaD). A partir da identificação de um recurso de interesse, espera-se que o(a) professor(a) estude os detalhes acerca dele, de modo a tornar-se apto para utilizá-lo.


Título: Sobre viagens, viajantes e representações da Amazônia

Organizadores: Maria Luiza Fernandes; Fábio Almeida de Carvalho; Sheila Praxedes Pereira Campos

Resumo: A história da humanidade confunde-se com a história de deslocamentos de homens e mulheres pela superfície do planeta. Os campos da História e da Literatura são eivados de narrativas de viajantes, reais e ficcionais, tal como comprovam as histórias do povo de Israel, que saiu do Egito em busca da Terra Prometida, de Marco Polo, a caminho da China, ou dos Guarani, na busca incansável e inalcançável prometida terra sem males. Os leitores desses relatos, em que tênues linhas demarcam as fronteiras entre realidade e ficção, sempre viajaram e ainda viajam empolgados pelas narrativas de Martius e Spix, de Theodor Koch-Grünberg, mas também de Daniel Defoe, Jonathan Swift ou Julio Verne, dentre outros.


Título: Coleção CADECON em Debate (Vol. 4)

Organizadoras: Fabiana Carla Bezerra Vitaliano; Rutineia de Oliveira Carvalho.

Resumo: O “CADECON em Debate”, trata-se de uma obra acadêmico-científica, pensada e construída pelos cursos do Centro de Ciências Administrativas e Econômica (CADECON) da Universidade Federal de Roraima (UFRR) em comemoração aos 30 anos desta instituição de ensino. Estruturalmente está dividida em 4 (quatro) volumes, cada um deles contemplando a produção de um dos cursos que compõem o CADECON, sendo eles: Curso de Administração, Curso de Contabilidade, Curso de Economia e Curso de Secretariado Executivo. É importante ressaltar, caro leitor, que cada volume foi constituído por artigos científicos de docentes e discentes dos referidos cursos, abordando temáticas atuais e relevantes, relativas aos conhecimentos produzidos a partir das disciplinas trabalhadas em sala de aula.


Título: Coleção CADECON em Debate (Vol. 3)

Organizadoras: Ana Zuleide Barroso da Silva; Romanul de Souza Bispo; Ingrid Cardoso Caldas.

Resumo: O “CADECON em Debate”, trata-se de uma obra acadêmico-científica, pensada e construída pelos cursos do Centro de Ciências Administrativas e Econômica (CADECON) da Universidade Federal de Roraima (UFRR) em comemoração aos 30 anos desta instituição de ensino. Estruturalmente está dividida em 4 (quatro) volumes, cada um deles contemplando a produção de um dos cursos que compõem o CADECON, sendo eles: Curso de Administração, Curso de Contabilidade, Curso de Economia e Curso de Secretariado Executivo. É importante ressaltar, caro leitor, que cada volume foi constituído por artigos científicos de docentes e discentes dos referidos cursos, abordando temáticas atuais e relevantes, relativas aos conhecimentos produzidos a partir das disciplinas trabalhadas em sala de aula.


Título: Coleção CADECON em Debate (Vol. 2)

Organizadores: José dos Santos Dias;Carlos Vicente Joaquim.

Resumo: O “CADECON em Debate”, trata-se de uma obra acadêmico-científica, pensada e construída pelos cursos do Centro de Ciências Administrativas e Econômica (CADECON) da Universidade Federal de Roraima (UFRR) em comemoração aos 30 anos desta instituição de ensino. Estruturalmente está dividida em 4 (quatro) volumes, cada um deles contemplando a produção de um dos cursos que compõem o CADECON, sendo eles: Curso de Administração, Curso de Contabilidade, Curso de Economia e Curso de Secretariado Executivo. É importante ressaltar, caro leitor, que cada volume foi constituído por artigos científicos de docentes e discentes dos referidos cursos, abordando temáticas atuais e relevantes, relativas aos conhecimentos produzidos a partir das disciplinas trabalhadas em sala de aula.


Título: Coleção CADECON em Debate (Vol. 1)

Organizadores: Daiane Tretto da Rocha; Luis Cláudio de Jesus-Silva.

Resumo: O “CADECON em Debate”, trata-se de uma obra acadêmico-científica, pensada e construída pelos cursos do Centro de Ciências Administrativas e Econômica (CADECON) da Universidade Federal de Roraima (UFRR) em comemoração aos 30 anos desta instituição de ensino. Estruturalmente está dividida em 4 (quatro) volumes, cada um deles contemplando a produção de um dos cursos que compõem o CADECON, sendo eles: Curso de Administração, Curso de Contabilidade, Curso de Economia e Curso de Secretariado Executivo. É importante ressaltar, caro leitor, que cada volume foi constituído por artigos científicos de docentes e discentes dos referidos cursos, abordando temáticas atuais e relevantes, relativas aos conhecimentos produzidos a partir das disciplinas trabalhadas em sala de aula.


Título: COLETÂNEA SOCIEDADE E FRONTEIRAS: Amazônia em debate: fronteiras, sociedades e interdisciplinaridade (Vol. 4)

Organizadores: Alfredo Ferreira de Souza; Ana Lia Farias Vale.

Resumo: É com satisfação que apresentamos o quarto volume da Coletânea Sociedade e Fronteira do Programa de Pós-Graduação Sociedades e Fronteira do Centro de Ciências Humanas da Universidade Federal de Roraima. Trata-se de uma obra que mantém o compromisso com o rigor da pesquisa científica, com o estímulo da reflexão sobre as múltiplas sociedades e suas múltiplas fronteiras, ressaltando suas complexidades e desafios frente aos principais temas que envolvem esta temática. Isto pode ser visto nos nove textos apresentados na presente obra quando cada um trará a assinatura dos pesquisadores deste programa e seus respectivos orientadores. Os temas mais específicos que abordam sobre identidade, educação, cultura indígena, minorias, saúde, sociedade e natureza em Roraima serão apresentados doravante.


Título: A QUESTÃO DO REGIONALISMO EM A MULHER DO GARIMPO, DE NENÊ MACAGGI

Autora: Silvia Marques de Almada

Resumo: A questão do regionalismo em “A mulher do garimpo”, de Nenê Macaggi resultou de estudos desenvolvidos no âmbito do grupo referido, de cujo dinamismo e produtividade representa expressivo testemunho. Pesquisa cuidadosa, a obra, ao mesmo tempo que oferece um panorama da história, cultura e geografia do jovem estado de Roraima, ainda pouco conhecidas pelos brasileiros de outras regiões, empreende análise do romance A mulher do garimpo, que se vem constituindo como protótipo de uma ficção empenhada em apreender a identidade roraimense. E cumpre seus objetivos com o devido distanciamento e senso crítico, sem desvirtuar-se em autocelebração, risco inerente aos estudos identitários em geral, aí incluídos aqueles dedicados ao estudo das identidades regionais. A perspectiva em que se situa, assim, ao passo que valoriza seu objeto como documento, haja vista a atenção minuciosa que lhe dispensa, contextualizando-o e analisando-lhe a estrutura, não deixa de assinalar, com elegância e discrição, as limitações estéticas de que se ressente.


Título: COLETÂNEA INTERFACES DA MOBILIDADE HUMANA NA FRONTEIRA AMAZÔNICA (Vol. II)

Organizadores: Márcia Maria de Oliveira; Maria das Graças Santos Dias.

Resumo: A Coletânea Interfaces da Mobilidade Humana na Fronteira Amazônica, Volume II, organizada por Márcia Maria de Oliveira e Maria da Graças Santos Dias, oferece valiosos caminhos para a compreensão das dinâmicas da mobilidade humana, por meio de diferentes referenciais teóricos, distintos métodos e técnicas de investigação, variados pontos de partida e chegada. A maioria dos capítulos tem como foco a segunda década do atual século, com os últimos cinco anos ganhando destaque por conta do intenso fluxo migratório da Venezuela para o Brasil (e outros países), decorrente de situação de instabilidade política, econômica e social vivida naquele país.


Título: COLEÇÃO CONTEXTOS EM EDUCAÇÃO (Vol. 1): ENSINO, APRENDIZAGEM E DESAFIOS SOBRE TEMAS EM EDUCAÇÃO

Organizadores: Sebastião Monteiro Oliveira; George Brendom Pereira dos Santos.

Resumo: Este livro é uma coletânea de textos que tratam de um conjunto de reflexões no campo da educação. Os mesmos expressam as diferentes nuances e contextos de produção do conhecimento com ênfase em questões que podemos agrupar em três blocos temáticos de problematizações. Os diferentes processos de inclusão dos sujeitos na e por meio da educação, aspectos organizacional e estrutural do ensino na educação formal e em espaços não escolares e a problematização de questões e experiências metodológicas do processo de ensino e aprendizagem na educação básica.


Título: LITERATURA COMPARADA E LITERATURA BRASILEIRA: circulações e representações

Autor: José Luís Jobim.

Resumo: O título do livro evoca duas disciplinas acadêmicas, mas parte da famosa frase de A. Candido (2004, p. 230): “estudar literatura brasileira é estudar literatura comparada", buscando demonstrar que a frase pode ser estendida a outras literaturas nacionais. Para fundamentar a argumentação, o livro volta ao século XIX, e recupera a noção de Novo Mundismo, que parece ter sido ao mesmo tempo o século das nacionalidades e o do cosmopolitismo, como já disse F. Brunetière (1899, p. 61). A expressão Novo Mundismo é utilizada para designar certa representação do Novo Mundo, elaborada a partir da Europa. A argumentação parte do princípio de que as comparações são fundamentadas em teorias ou ideias que dão sentido aos elementos comparáveis. Ao se constituírem como comparáveis, estes elementos já são investidos dos sentidos que aquelas teorias ou ideias lhes dão: consequentemente, as afinidades, analogias, semelhanças ou diferenças, contrastes, dessemelhanças, apontados neles, pagam tributo àquelas teorias ou ideias, que passam a fazer parte integrante dos sentidos históricos das comparações. No caso do Novo Mundismo, suas teorias e ideias eram originalmente europeias.


Título: COLEÇÃO LITERATURA DE CIRCUNSTÂNCIA (Vol. I)

Organizadores: Fábio Almeida de Carvalho; Roberto Mibielli; Edgar Borges.

ResumoOs 2 volumes se inscrevem numa tradição que desde a antiguidade  tornaram a boa literatura espécie de ferramenta privilegiada para a leitura profunda da realidade em crise. Esse estado de coisas acentua as funções sanitárias e cognitivas das obras literárias sobre toda sorte de dilemas impostos pelas situações de grandes calamidade – como essa em que ora vivemos. Ao longo da história, a literatura, mediante sua capacidade de ampliar as noções de realidade profunda, verdade e beleza tem sido potente lenitivo para as dores humanas. Os presentes volumes se inscrevem nessa tradição. Eles são boas opções de lazer e autoconhecimento sob a forma de leitura que proporciona prazer e conhecimento sobre a multiplicidade de formas que fomos impactados pela situação pandêmica em que ora vivemos. Esse volume I contem 15 contos literários.


Título: COLEÇÃO LITERATURA DE CIRCUNSTÂNCIA (Vol. II)

Organizadores: Fábio Almeida de Carvalho; Roberto Mibielli; Edgar Borges.

Resumo: Os 2 volumes se inscrevem numa tradição que desde a antiguidade  tornaram a boa literatura espécie de ferramenta privilegiada para a leitura profunda da realidade em crise. Esse estado de coisas acentua as funções sanitárias e cognitivas das obras literárias sobre toda sorte de dilemas impostos pelas situações de grandes calamidade – como essa em que ora vivemos. Ao longo da história, a literatura, mediante sua capacidade de ampliar as noções de realidade profunda, verdade e beleza tem sido potente lenitivo para as dores humanas. Os presentes volumes se inscrevem nessa tradição. Eles são boas opções de lazer e autoconhecimento sob a forma de leitura que proporciona prazer e conhecimento sobre a multiplicidade de formas que fomos impactados pela situação pandêmica em que ora vivemos. Esse volume II contem 15 poemas, 15 minicontos e 15 crônicas.


Título: A TRADIÇÃO CIRCUM-RORAIMA: CANAIMA E A VENEZUELA

Autora: Riane de Deus Lima.

Resumo: “A presente investigação objetiva contribuir para uma compreensão mais profunda sobre a participação da expressão literária da região circum-Roraima na conformação das literaturas venezuelana e latino-americanas, por meio da análise do romance Canaima, de Rómulo Gallegos”. Mas, quem é Romulo Gallegos? Qual sua importância para nós que aqui vivemos, ou mesmo para o leitor médio brasileiro? Abordaremos suscintamente a questão nas páginas que seguem, à guisa de introdução.


Título: COLEÇÃO HISTÓRIA DO TEMPO PRESENTE: VOLUME I

Organizadores: Tiago Siqueira Reis; Carla Monteiro de Souza; Monalisa Pavonne Oliveira; Américo Alves de Lyra Carneiro.

Resumo: Esta é uma coletânea que tem por objetivo apresentar, discutir e apontar caminhos teóricos e metodológicos acerca da História do Tempo Presente. Organizada na Amazônia, mais precisamente na sua porção setentrional, objetiva também lançar luz sobre a produção amazônica compreendida neste campo de pesquisa historiográfica, privilegiando investigadores situados nas universidades públicas da Região Norte, abrangendo o maior número de estados.


Título: HISTÓRIA COLONIAL E ENSINO DE HISTÓRIA: propostas de planos de aula

Organizadora: Monalisa Pavonne Oliveira.

Resumo: Este trabalho é fruto de aproximadamente um ano e meio de conversas, questões, muitas leituras e pesquisa. Os trabalhos se iniciaram no final de 2017 com a criação do grupo de pesquisa no Diretório de Grupos do CNPq “História Colonial e Ensino de História”, que visa possibilitar discussões em nível escolar acerca do período colonial brasileiro a partir da introdução de fontes/ recursos didáticos na sala de aula.


Título: CULTURA DE TECIDOS EM ESPÉCIES ORNAMENTAIS

Organizadores: Moacir Pasqual; Edvan Alves Chagas.

Resumo: O domínio da multiplicação das espécies ornamentais propiciou avanços na domesticação de muitas plantas nativas da fauna brasileira e uma centena de plantas exóticas, hoje utilizadas nos parques, jardins e nos ambientes internos e externos das residências. A grande maioria das espécies ornamentais não possui sementes, ou quando produzem, demandam longo tempo na produção das mesmas. Nesse sentido, a multiplicação vegetativa, além de preservar a qualidade genética no processo de produção das mudas, possibilita a rápida multiplicação e em menor tempo possível dessas plantas, hoje tão procuradas pelos arquitetos, paisagistas e agrônomos.


Título: PSICOLOGIA FENOMENOLÓGICA E SAÚDE: TEORIA E PESQUISA

Organizadora: Joelma Ana Gutiérrez Espíndula.

Resumo: A obra “Psicologia Fenomenológica e saúde: teoria e pesquisa”, elaborada a partir dos estudos comunicados no II Seminário de Fenomenologia & Psicologia fenomenológica e II Congresso Internacional Pessoa e Comunidade, que foi realizado na cidade de Boa Vista, na Universidade Federal de Roraima (UFRR), nos dias 12 e 13 de setembro de 2017. Esse evento abriu um campo perspícuo de debates entre professores doutores e pesquisadores convidados de universidades nacionais e internacionais, além de alunos da graduação e pós-graduação. Sou grata pela oportunidade que a UFRR nos ofereceu, através de suas instalações e outras formas de apoio, tornando possível integrar o conhecimento desenvolvido pelos participantes locais e da região Norte, mas também daqueles advindos das regiões Centrooeste, Sudeste e Sul do país.


Título: DICIONÁRIO WAPICHANA/PORTUGUÊS PORTUGUÊS/WAPICHANA

Organizadores: Bazilio da Silva; Nilzimara de Souza Silva; Odamir de Oliveira.

Resumo: Este pequeno Dicionário “provisório” da Língua Wapichana tem a finalidade de servir como base para os professores que ensinam a Língua Wapichana, para os alunos e demais interessados que queiram estudá-la bem como escrevê-la. Trata-se de um trabalho que é fruto de pesquisas e de muitas comparações feitas entre os “mestres falantes” da Língua Wapichana.


Título: DESLOCAMENTOS CULTURAIS E SUAS FORMAS DE REPRESENTAÇÃO

Organizadores: Tatiana da Silva Capaverde; Liliam Ramos da Silva.

Resumo: A canção Movimiento de Jorge Drexler, que compõe o álbum Salvavidas de hielo (2017), trata de forma poética a questão da imigração, corroborando o fato de que o deslocarse é natural e atemporal: a humanidade sempre esteve em constante movimento, seja por motivos climáticos, seja por motivos políticos. O refrão “yo no soy de aquí/pero tú tampoco/yo no soy de aquí/pero tú tampoco/de ningún lado del todo/de todos lados un poco” reforça o pressuposto de que as divisões políticas dos países se dissolvem na afluência de pessoas que vêm se deslocando há mais de 21 séculos de história – cristã – que todos vivemos em um único espaço que deveria ser compartilhado de forma equânime.


Título: MIGRANTES FORÇAD@S: CONCEITOS E CONTEXTOS

Organizadores: Liliana Lyra Jubilut; Fernanda de Magalhães Dias Frinhani; Rachel de Oliveira Lopes.

Resumo: As migrações são um fenômeno multicausal e presente em toda a história da humanidade. Quando voluntárias exemplificam autonomia individual, escolhas e estratégias de vida, e concretização da liberdade de locomoção. Devem ser, portanto, respeitadas e seu gerenciamento deve balancear os interesses dos Estados e dos indivíduos. Por seu turno, quando as migrações são forçadas representam interrupções e perturbações de vidas e violações de direitos humanos. Devem, assim, por um lado, ter suas causas combatidas e, por outro, contar com regimes de governança e de asseguração dos direitos d@s migrantes

Título: GUIA DE CINEMA E MIGRAÇÕES TRANSNACIONAIS

Organizadores: Denise Cogo; Rafael Tassi Teixeira.

Resumo: É o resultado de um projeto idealizado em 2015 através de uma parceria acadêmica entre dois grupos de pesquisa (certificados pelo CNPq): GRUDES - Desdobramentos Simbólicos do Espaço Urbano nas Narrativas Audiovisuais, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Tuiuti do Paraná (PPGCOMTuiuti), e Deslocar – Interculturalidade, Cidadania, Comunicação e Consumo, sediado no Programa de PósGraduação em Comunicação e Práticas de Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo (PPGCOMESPM). A conexão entre os/as pesquisadores/as (docentes e discentes) dos dois grupos no estudo de diferentes perspectivas das relações entre comunicação e migrações transnacionais gerou algumas iniciativas de colaboração acadêmica anteriores a esse Guia, que permitiram observar a ausência de publicações que pudessem colaborar para orientar não apenas a reflexão, mas também as ações e intervenções sociais e educativas no âmbito das interfaces entre cinema e migrações transnacionais.


Título: Estudos Linguísticos & LITERÁRI

Organizadores: Eliabe Procópio; Felipe Thiago Cordeiro da Rocha.

Resumo: Uma vez mais os estudantes de Letras da Unversidade Federal de Roraima oferecem os resultados de suas leituras para Damurida de estudos linguísticos, com a esperança de que os leitores encontrem informações relevantes para compor e nutrir os trabalhos que bucam uma melhor compreensão da conduta linguística de nossa sociedade.


Título: “REFUGIADOS AMBIENTAIS”

Organizadores: Liliana Lyra Jubilut; Érika Pires Ramos; Carolina de Abreu Batista Claro; Fernanda de Salles Cavedon-Capdeville.

Resumo: O tema dos deslocamentos humanos decorrentes de fatores ambientais se mostra atual e complexo devido à abrangência do tema, à conjuntura mundial e à rapidez com que questões ambientais têm influenciado as migrações humanas.


Título: A ONU AOS 70: contribuições, desafios e perspectivas

Organizadores: Liliana Lyra Jubilut; João Carlos Jarochinski Silva; Larissa Ramina.

Resumo: A Organização das Nações Unidas (ONU) celebrou em outubro de 2015 seu septuagésimo aniversário. Herdeira da Liga das Nações enquanto tentativa de institucionalizar as relações internacionais, a Organização se tornou a mais universal organização internacional – tanto em termos de participantes (atualmente contando com 193 Estados-membros ), quanto no que tange às temáticas abordadas

Título: DESIGUALDADE, VIOLÊNCIA E RELAÇÕES DE PODER NA HISTÓRIA

Organizadores: Tiago Siqueira Reis; Monalisa Pavonne Oliveira; Carla Monteiro de Souza.

Resumo: Em 2018 comemoramos a fundação da Associação Nacional de História Seção Roraima, após um longo percurso da comunidade de historiadores do estado para consolidar oficialmente a nossa principal entidade representativa. Logo em seu primeiro ano de existência, a ANPUH/RR enfrentou a difícil missão de realizar o I Encontro Estadual de História da ANPUH em Roraima. O evento teve por objetivo promover, incentivar e fortalecer a disciplina História em nosso estado, na região norte e em nível nacional.


Título: O VALE DO RIO BRANCO

Organizadores: Maurício Elias Zouein; Andréa Casa Nova Maia.

Resumo: A obra “Vale do Rio Branco: edição especial com estudos críticos”, organizada pelo professor da Universidade Federal de Roraima, Maurício Elias Zouein em parceria com a professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro Andréa Casanova Maia se conecta ao poema, não pelo gênero literário, e sim pelo propósito que move um segmentoimportante dos estudos históricos, aquele que recua o olhar no tempo para compreender nessas “funduras” os “segredos do chão” sobre o qual socialmente navegamos.


Título: DICIONÁRIO DA LÍNGUA MAKUXI

Organizadores: Celino Alexandre Raposo; Maria Odileiz Sousa Cruz.

Resumo: Em um único livro, dicionário ou gramática nunca será possível incluir todas as informações de uma língua viva. Por isso, a construção de um dicionário, foco desta apresentação, suscita desafios para qualquer profissional que deseje fazê-lo. Selecionar entradas lexicais, semânticas, etimologias, sinônimos, antônimos atrelando-os ao contexto pragmático e cultural de uma língua alvo, é tarefa árdua que demanda conhecimento profundo sobre esta e sua respectiva cultura.


Título: COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS DO/NO ENSINO DE HISTÓRIA: desafios e possibilidades

Organizadores: Maria Luiza Fernandes; Raimundo Nonato Gomes dos Santos.

Resumo: Eis aqui reunido um pouco do que aconteceu no I Encontro dos(as) Professores(as) de História de Roraima: Compartilhando experiências do/no ensino de História: desafios e possibilidades. O Encontro, ocorrido entre os dias 29 de maio e 02 de junho de 2017 na UFRR, foi uma iniciativa do Programa de Extensão “Compartilhando saberes: História, ensino, pesquisa e extensão” do Núcleo de Documentação Histórica da Universidade Federal de Roraima (NUDOCHIS), e teve por objetivo aproximar professores(as), pesquisadores(as) e estudantes de História em Roraima.


Título: ANTOLOGIA POÉTICA: I Concurso Roraimense de Poesia Universitária

Organizadores: Simone Guesser; Flore Kédochim; Milenne Lima; Pamela Duarte; Raphael Michels.

Resumo: Como todos os anos, o PET-Letras da UFRR realiza, em conformidade com os objetivos nacionalmente estabelecidos pelo Programa de Educação Tutorial, atividades de ensino, pesquisa e extensão, alicerçado no princípio de indissociabilidade entre esses três componentes da formação no ensino superior e a partir do método tutorial. Essa linha de trabalho tem como objetivo geral “promover a formação ampla e de qualidade acadêmica dos alunos de graduação envolvidos direta ou indiretamente com o programa, estimulando a fixação de valores que reforcem a cidadania e a consciência social de todos os participantes e a melhoria dos cursos de graduação”.


Título: Mídia, informação e meio ambiente

Organizadores: Simão Farias Almeida; Angela Maria Silva

Resumo: O grupo de pesquisa Mídia, conhecimento e meio ambiente: olhares da Amazônia (CNPq/UFRR) foi criado em 2015 com o propósito de reunir áreas disciplinares e interdisciplinares engajadas com a preservação ambiental e contra as tentativas e as práticas veladas e declaradas de sua destruição. Este e-book legitima esse compromisso reunindo artigos e ensaios sobre divulgação científica, jornalismo, marketing e cinema, todos trabalhos científicos que tomam pra si a importância de informar para preservar.


Título: TRANSVERSALIDADES DAS QUESTÕES DE GÊNERO, EDUCAÇÃO E VIOLÊNCIA NA AMAZÔNIA

Organizadoras: Márcia Maria de Oliveira; Ana Lúcia de Sousa; Edma do Socorro Silva Moreira; Iraildes Caldas torres.

Resumo: A coletânea ‘transversalidades das questões de gênero, educação e violência na Amazônia’ é uma publicação da Editora da Universidade Federal de Roraima (EDUFRR), resultado de um longo processo de parceria entre programas de Pós-Graduação das universidades da Amazônia: Programa de Pós-Graduação em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia (PDTSA) da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA); Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras (PPGSOF) da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Estes programas se fazem representar pelas organizadoras da coletânea e pelos artigos de autores e autoras vinculados(as) a eles.


Título: MOBILIDADE HUMANA NA PAN-AMAZÔNIA: implicações teóricas e experiências empíricas

Organizadores: Marília Lima Pimentel Cotinguiba; Márcia Maria de Oliveira; Rosana Baeninger; Geraldo Castro Cotinguiba; Francilene dos Santos Rodrigues; Sidney Antonio da Silva; Weidila Nink Dias.

Resumo: A coletânea ‘Mobilidade humana na Pan-Amazônia: implicações teóricas e experiências empíricas’ é uma publicação de diversos grupos de pesquisas orientados pelo Observatório das Migrações em Rondônia (OBMIGRON), da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e pelo Grupo de Estudo Interdisciplinar sobre Fronteiras (GEIFRON/PPGSOF/UFRR), com fomento da Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (FAPERO), com a chancela da editora da Universidade Federal de Roraima (UFRR).


Título: A CENA SIMULTÂNEA: Literatura e Dramaturgia em Urdidura

Organizadores: Cacio José Ferreira; Francisco Alves Gomes; Lucélia de Sousa Almeida; Sidney Barbosa.

Resumo: O tecido resultante do diálogo entre literatura e dramaturgia é tema geral deste livro. Mas, ao observar cuidadosamente esse alinhave a convite de Francisco Alves Gomes percebe-se com prazer e muito aprendizado que se trata de discussão ainda mais ampla e enriquecedora. Isso porque, ao ler o livro, o leitor vai encontrar as mais variadas formas de construir a ponte teatro, cinema e literatura. É como se o próprio livro se mostrasse performático. Em uma performance poética que dialoga muito clara e fortemente com a alma de seu organizador.


Título: DIÁLOGOS CRÍTICOS SOBRE SOCIEDADE E ESTADO: Reflexões Desde o Projeto de Cooperação Acadêmica na Amazônia

Organizadores: Edma Silva Moreira; Maxim Repetto; Simonne Teixeira

Resumo: Pandemia e Desmatamento constituem duas palavras muito pronunciadas na sociedade, nacional e internacional, nesse ano de 2020. Percorrendo o dicionário, o leitor, encontrará definições distintas sobre ambas. Aqui, elas transitam na mesma direção, qual seja: o prejuízo às vidas. Poder-se-ia refletir que, no século XXI, com o avanço tecnológico, científico e informacional, nossas vidas e o desenvolvimento social, econômicos e ambiental estariam seguros, mas não é isso que enfrentamos no mundo capitalista, onde as desigualdades, a pobreza e a destruição dos sistemas de conhecimento, organizacional e político se aprofundam.


Título: DIREITOS HUMANOS E VULNERABILIDADE E O DIREITO HUMANITÁRIO.

Organizadores: Liliana Lyra Jubilut; Rachel de Oliveira Lopes; Gabriela Soldano Garcez; Ananda Pórpora Fernandes.

Resumo: O Direito Internacional Humanitário (DIH) pode ser considerado um dos ramos mais antigos do Direito Internacional, podendo inclusive ser apontado como fundamental para o surgimento do Direito Internacional. Isto porque o surgimento do Direito Internacional ocorreu em 1648 com os tratados de Westfalia (Münster e Onasbruk) - que eram em sua essência tratados de paz, uma vez que findavam a Guerra dos 30 anos. Mais do que isso, o Direito Internacional surge delineando os princípios da territorialidade e da soberania, a fim exatamente de limitar condutas dos Estados, restringir seu poder a um determinado espaço físico, e, com isso, estabelecer regras de coexistência visando evitar novos conflitos. Como o DIH é precisamente o ramo do Direito Internacional que se ocupa da regulação dos conflitos armados, pode-se associar o surgimento desse àquele.


Título: INTERFACES DA MOBILIDADE HUMANA NA FRONTEIRA AMAZÔNICA.

Organizadoras: Márcia Maria de Oliveira; Maria das Graças Santos Dias.

Resumo: Esta é a primeira publicação da coletânea de textos intitulada Interfaces da mobilidade humana na fronteira amazônica. A coletânea será composta por três volumes com publicação sequenciada neste primeiro semestre de 2020, com textos sobre a dinâmica da mobilidade humana nas Fronteiras Pan-Amazônicas. A coletânea está vinculada às linhas de pesquisas do Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Fronteiras – PPGSOF da Universidade Federal de Roraima e tem como objetivo fazer circular a publicação de artigos, estudos e pesquisas produzidos por pesquisadores/as especialistas nos Estudos Migratórios da Pan-Amazônia, que atualmente representa uma das regiões com maior mobilidade transfronteiriça na nova modalidade de migração sul/sul.


Título: COLETÂNEA LINGUAGENS: TEORIAS E PRÁTICAS (Vol. 1).

Organizadores: Adriana Helena de Oliveira Albano; Thaisy Bentes; Fabiano Tadeu Grazioli.

Resumo: A coletânea Linguagens: teorias e práticas, organizada pelos pesquisadores Adriana de Oliveira Albano, Thaisy Bentes e Fabiano Tadeu Grazioli, que doravante vem a público, tratase de subjetividades no âmbito da linguagem que, por sua vez, convida o leitor da área de Letras e áreas afins a mergulharem em diversas pesquisas permeadas pela análise linguística e estudos multidisciplinares. A obra reúne quatorze artigos que se entrecruzam por meio dos discursos epistemológicos cuja tessitura se descortina no grão da voz que é a linguagem, amparando-se em Roland Barthes (2002).


Título: INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS SOBRE SURDEZ E LIBRAS

Organizadores: Adriane Melo de Castro Menezes; Rodrigo Mesquita.

Resumo: Este e-book nasce do desejo de apresentar a vocês elementos básicos sobre as questões relacionadas à surdez e deficiência auditiva, através de uma abordagem de caráter introdutório, voltado para cursos de graduação e outros de nível básico. Em diálogo com outras autoras, procuramos reunir em cada capítulo, discussões e reflexões que abrangem aspectos diferentes e importantes à formação dos que atuam ou desejam atuar na educação de surdos.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página