linha top1
Universidade Federal de Roraima

Últimas descobertas da ciência sobre cães e gatos

Ligado .

Os cérebros de cães e gatos são ainda um mistério para a maioria dos humanos: porque é que uns mostram os dentes e outros as garras, porque é que uns insistem em roer rodapés e os outros teimam em ser tão independentes e asseados, porque é que os primeiros parecem cegos perante as ordens dos donos e os segundos parecem tantas vezes fingir que não os percebem? 

 

 

Durante anos, tutores cuidadosos extremaram posições: a) que os cães amavam incondicionalmente os donos, b)que os gatos tem  personalidade. As dúvidas foram sempre, contudo, comuns – afinal, o que pensam e sentem os nossos animais? Nas últimas décadas, a ciência pôs-se em campo. As conclusões a que tem chegado são chocantes. Em Setembro de 2016, um estudo feito pelo Centro de Cognição Canina da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, demonstrou que os cães podem ser mais inteligentes do que as crianças ao ignorar maus conselhos dados por humanos adultos. De acordo com os testes, na resolução de um problema (antes resolvido por humanos), os cães tendem a tomar a decisão baseados na eficiência da sua ação, enquanto as crianças mimetizam os comportamentos dos adultos. Isto prova, diz  Laurie Santos, professora de Psicologia da Universidade de Yale, "que os cães se apoiam menos nas indicações humanas do que até agora pensávamos".  https://www.sabado.pt/ciencia---saude/detalhe/o-que-passa-pela-cabeca-do-seu-cao-e-gato?ref=DET_relacionadas_ciencia---saude 

 

Centro Acadêmico de Medicina Veterinária

Ligado .

Criado em 19 de Setembro de 2014, o Centro Acadêmico de Medicina Veterinária realizou as eleições para a composição de sua presidência e administração em 30 de Outubro. Confira o estatuto e membros eleitos no CAMVET no link da página do curso.