Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Avanços na área da pesquisa em 2020 são avaliados pela Gestão Superior

Publicado: Quarta, 13 de Janeiro de 2021, 09h40 | Última atualização em Quarta, 13 de Janeiro de 2021, 09h40

Em um ano tão desafiador como foi 2020, houve muitos avanços na área da Pesquisa na Universidade Federal de Roraima (UFRR). O assunto foi um dos temas abordados pelos professores José Geraldo Ticianeli (reitor) e Silvestre Lopes da Nóbrega (vice-reitor) durante a última edição do programa “O Assunto é Gestão” de 2020. 

Durante a entrevista, uma das conquistas citadas pelo reitor foi o fato dos programas de pós-graduação da Universidade Federal de Roraima (UFRR) terem sido transformados em unidades orçamentárias da instituição e os recursos financeiros e as aplicações deles passarem a ser descentralizados.

A decisão, que atende a uma demanda antiga dos programas, permite que eles construam os Planos de Trabalho de acordo com as necessidades e peculiaridades deles, facilitando o acompanhamento da execução do que foi planejado. A viabilização das ações está ancorada na Portaria Conjunta nº 02, de 18 de maio de 2020, expedida pelas Pró-reitorias de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) e de Planejamento (Proplan).

Outro avanço ressaltado pelo reitor são as obras de revitalização que estão sendo realizadas, as quais darão melhores condições para a realização de pesquisas. “Boas pesquisas se fazem com fomento, investimento. Não é possível fazer pesquisa com bancada quebrada, sem luz. Até 2021 estaremos finalizando essas revitalizações”, disse o reitor. 

Pós-Graduação

Ainda durante o programa o reitor lembrou da oferta de vagas na primeira turma de discentes do Doutorado Interinstitucional em Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e da Universidade Federal de Roraima (UFRR). O objetivo principal do curso é qualificar servidores da UFRR, fortalecendo e estabelecendo as condições para a melhoria do ensino de Direito e criação de novos cursos de pós-graduação nesta área. As inscrições encerram no dia 29 de janeiro. 

Eles também comentaram sobre a recente aprovação do Programa de Pós-Graduação em Saúde e Biodiversidade (PPGSBio), o qual está em fase de implantação e deve ter o edital publicado no primeiro semestre de 2021.  

“Existe uma premissa da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação) que diz que uma universidade que não muda a realidade social de onde está inserida não tem motivo para existir. Temos um papel social muito forte. Ao criar novas possibilidades de capacitação, estamos gerando desenvolvimento, trazendo respostas, inclusão social” avaliou o reitor.

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página