Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Professores indígenas do Pará visitam UFRR

Publicado: Terça, 13 de Março de 2018, 23h50 | Última atualização em Terça, 13 de Março de 2018, 23h50

A Universidade Federal de Roraima recebeu na manhã da terça-feira (13), a vista de uma comitiva de professores indígenas vindos da cidade de Altamira, no Estado do Pará. Os docentes fazem parte de um projeto educacional desenvolvido no município e visitaram Roraima pela segunda vez.

O objetivo do grupo, formado por nove professores, sendo seis da etnia Araweté e três da etnia Asurini, é aprender sobre a confecção de Planos Políticos Pedagógicos (PPPs), que seriam aplicados nas escolas indígenas, nas quais eles lecionam para alunos do 1° ao 5° ano do ensino fundamental.

A professora Suely Menezes, coordenadora pedagógica do projeto da Fundação Ipiranga, do qual os indígenas  participam, explicou que a primeira visita dos integrantes do projeto ao Estado, ocorreu no ano passado, quando eles conheceram o Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena da UFRR e receberam informações sobre a construção dos PPPs.

 Nesta segunda visita, o grupo veio mostrar o trabalho que desenvolvido e trocar experiências com os acadêmicos do curso de Licenciatura Intercultural Indígena. "Queremos conversar com alunos que estejam desenvolvendo PPPs nas suas aldeias", explicou Menezes. "Um dos nossos temas principais é discutir metodologias de trabalho com classes multisseriadas", contou.

A professora destacou ainda que a escolha de Roraima como destino para a troca de experiências, deveu-se bastante ao trabalho realizado no Instituto Insikiran. “O trabalho de formação de professores indígenas, e de indígenas em outras áreas além da docência, feito pela UFRR se destaca nacionalmente, é um motivo de orgulho e isso foi um dos motivos que nos fez vir a Roraima”, ressaltou.

O professor Curupira Asurini, 25, um dos integrantes da comitiva, ressaltou sua satisfação com a possibilidade de expandir seus conhecimentos durante esse intercâmbio. “Esperamos voltar para casa com novos aprendizados”, frisou.

 Visita à reitoria

Dentre os compromissos do grupo de professores indígenas na UFRR, estava uma visita à reitoria da instituição, durante a qual os visitantes conheceram o reitor, Jefferson Fernades, e o vice-reitor, Américo de Lyra, os quais foram presenteados com artefatos tradicionais das culturas Asurini e Araweté.

Jefferson Fernandes ressaltou a alegria em receber o grupo de docentes e também comemorou a repercussão do trabalho feito no Instituto Insikiran. “Esse é o resultado de um esforço institucional que começou lá atrás, quando a Universidade aceitou o desafio de atender essa demanda da formação indígena”, explicou. “Isso mostra o protagonismo da UFRR, como uma instituição de vanguarda na região Norte. Mostra também que fazer o novo e enfrentar novos desafios traz resultados”, conclui Fernandes.

Agenda cheia

A expectativa é que os professores permaneçam no Estado até o dia 19 e além da UFRR visitem escolas da área urbana e também de comunidades indígenas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página