linha top1
Universidade Federal de Roraima

Dicas de Literatura - 28/05/20 - Diário de um louco

 

 

 

Data: 28 de maio de 2020

Indicação da Profa. Dra. Pamela Alves Gil – Curso de Psicologia - UFRR

GOGOL, Nikolai. (1835). Diário de um louco. Claud Field (Tradutor), Renato Perricone (Tradutor), eBook Kindle.

 

Pequena descrição do autor

          Nikolai Vasilievich Gogol (1809-1852) foi um escritor russo, que nasceu em Velyki Sorochyntsi, no Império Russo, na região da atual Ucrânia, no dia 20 de março de 1809. Sua nacionalidade hoje é reivindicada tanto pela Rússia quanto pela Ucrânia.


Resumo da obra

          Trata-se de uma comédia dramática, que retrata as condições de vida do funcionário público Aksenty, em São Petersburgo.
          No seu enredo, nota-se a diferença de classes e as dificuldades de ascensão social, o que prejudica os relacionamentos amorosos.
          Aksenty, que se sente desvalorizado, humilhado, se apaixona pela filha de seu patrão.
          Gradativamente foge da realidade, buscando a loucura.
          Apresenta um delírio megalomaníaco, que se inicia com a certeza da troca de cartas entre dois cachorros, sendo um deles pertencente a sua amada. Com isso, o interroga e rouba-lhe as cartas, no intuito de obter informações, já que sua amada está noiva de um fidalgo.
          A partir de uma notícia de jornal de que o trono da Espanha está vago, ele interpreta que ele próprio é Fernando VIII, o rei.
          Após abandono do trabalho, retorna, se apresenta e assina documento como sendo o rei, e invade a casa da amada.
          Acredita que o conduzem à Espanha, mas estranha o tratamento recebido.
          Na verdade, Aksenty recebe um tratamento psiquiátrico violento, que o leva a suplicar o auxílio de sua mãe.

 

Boa leitura!!!