linha top1
Universidade Federal de Roraima
Imprimir

I Jornadas Internacionais de Diálogos de Saberes Interculturais

Publicado em .

Os Grupos de pesquisa “Fronteiras e alteridades” e “Infâncias, interações familiares, culturas, educação e saúde” promovem jornadas de saberes interculturais


A equipe organizadora da I Jornadas Internacionais de Diálogos de Saberes Interculturais convida a comunidade acadêmica a participar da palestra on-line “Educación Guna”.

A atividade será realizada às 10h do dia 25/02 pelo Google Meet.

Os Guna são um povo indígena do Panamá que na época da colonização quase foi extinto pelos espanhóis. A palestra será realizada pela professora Tayra Stanley, da Universidad de Panamá, com mediação do professor João Paulino da Siva Neto, coordenador do grupo de pesquisa Fronteiras e Alteridades na Universidade Federal de Roraima (UFRR).

Tayra Stanley abordará o sistema educacional do povo Indígena Guna, sua cultura, saberes e a importância que os Guna tem na sociedade panamenha. Para acessar a palestra, clique aqui. https://meet.google.com/rwn-ursm-fgi

As Jornadas Internacionais de Diálogos de Saberes Interculturais são organizadas por professores e alunos da Universidad de Panamá, Universidad Intercultural del Estado de Puebla (México) e Universidade Federal de Roraima (UFRR).

As atividades acontecerão ao longo de todo o ano e a UFRR será uma das articuladoras. 

A cada mês um professor diferente compartilhará a cultura, os saberes e os desafios educacionais de seu país. “Estamos fechando com uma professora da China que trabalha também na Universidade Federal Fluminense para o dia 15 de março.

Em abril possivelmente será um professor da Itália, em maio da Espanha e assim por diante”, explica o professor Antônio Giocondi, um dos articuladores.

 

Prof. Dr. João Paulino da Silva Neto

Professor do Curso de Pedagogia/CEDUC/UFRR

Programa de Mestrado em Educação - UFRR

 

Imprimir

Nota de Pesar do Programa de Mestrado em Educação

Publicado em .

“A morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti”.

Hoje adiamos a nossa aula inaugural do curso de Pedagogia em função de duas perdas, uma pela professora Ruti Albuquerque que perdeu seu irmão para a COVID e a outra pelo professor Marcos Antonio Braga de Freitas.

Nosso debate foi adiado, mas não cancelado, pois a defesa da educação pública continua mais necessário do que nunca. Pois a pandemia tem nos mostrado que a falta de uma ação organizada e urgente de vacinação está prolongando o nosso sofrimento e a perda de muitas pessoas.

Solidários a professora Ruti  Albuquerque e aos  familiares dela e do professor Marcos Antonio Braga de Freitas.

O professor Marcos Braga em seus dezessete anos de UFRR contribuiu em várias frentes na área do ensino, da extensão e da pós-graduação. Também era comprometido em causas sociais importantes junto aos povos indígenas e os direitos humanos e sociais. 

Sua partida deixa uma lacuna e ensinamentos que marcaram a sua trajetória na UFRR e no Estado de Roraima.

 

Boa Vista, 11 de fevereiro de 2021.

Coordenação do Programa de Mestrado em Educação da UFRR