linha top1
Universidade Federal de Roraima

Compete ao Coordenador de Controle Interno:

 I - coordenar as atividades relacionadas ao Controle Interno da Instituição, promover a sua integração operacional e expedir atos normativos sobre procedimentos de controle;

II - assessorar a Administração nos aspectos relacionados com os controles internos, emitindo relatórios sobre os mesmos;

III - interpretar e pronunciar-se em caráter orientador sobre a legislação concernente às execuções orçamentárias, financeiras e patrimoniais;

IV - monitorar a eficiência e a eficácia dos procedimentos de controle adotados pela Instituição, através do processo de controladoria a ser realizado nas áreas meio e fim, e expedir normativos com recomendações para aprimoramento das atividades de controle;

 V - acompanhar o processo de planejamento e a elaboração do plano de alocação orçamentária;

VI - propor melhoria dos sistemas de processamento eletrônico de dados da Instituição, com o objetivo de aprimorar as atividades de controle;

 VII - dar ciência à Reitoria das irregularidades ou ilegalidades identificadas, visando à apuração de responsabilidades e ao ressarcimento de eventuais danos ou prejuízos ao Erário;

VIII - elaborar e emitir documentação necessária para o cumprimento de suas atribuições, tais como: plano, programa, parecer, relatório, orientação técnica, assessoria técnica e monitoramento dos controles internos existentes;

 IX - normatizar e padronizar a estrutura de gerenciamento de riscos das ações da instituição;

 X - monitorar os principais riscos, verificando seu nível de aceitabilidade;

 XI - subsidiar a Reitoria com informações que visem auxiliar nas tomadas de decisões.

 XII - coordenar, orientar e supervisionar as atividades de controle no âmbito da Instituição;

 XIII - coordenar a elaboração de projetos e atividades a serem desenvolvidas pela CONIN, bem como apreciar e aprovar as propostas apresentadas pelo corpo técnico;

 XIV - identificar as necessidades de treinamento do pessoal lotado na CONIN, viabilizando junto aos órgãos competentes o aperfeiçoamento necessário;

 XV - tratar de outros assuntos de interesse da CONIN.

 Art. 6º Compete ao corpo técnico auxiliar o Coordenador no cumprimento das competências da unidade e outras que forem correlatas