Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Alunos da UFRR podem agendar teste rápido para Covid-19

Publicado: Quarta, 16 de Setembro de 2020, 12h53 | Acessos: 1402

Os acadêmicos regulamente matriculados da Universidade Federal de Roraima (UFRR) poderão realizar o agendamento para fazer o teste rápido para Covid-19. A instituição adquiriu dois mil testes rápidos, por meio de recursos próprios. É preciso apresentar comprovante de matrícula e documento de identificação no momento do exame.

A coleta do material será realizada na Unidade de Saúde da UFRR, localizada em frente ao Centro de Educação (CEDUC), campus Paricarana. O agendamento será realizado, em horário comercial, por meio do telefone do Disque Covid: (95) 98104-0852.

O agendamento é necessário para evitar aglomeração. Com isso, cada pessoa vai à Unidade apenas no horário marcado. O resultado do teste sai em cerca de 15 minutos. É importante que cada um leve sua própria caneta, para não ter contato com caneta de terceiros, além de usar máscara e manter a higienização para evitar a transmissão do vírus.

A coleta é realizada por uma equipe de profissionais habilitados, sendo formada pelas biomédicas do corpo docente do curso de Medicina da UFRR, professoras Bianca Costa e Fabiana Nakashima.

Na primeira etapa, foram testados servidores docentes, técnicos administrativos e terceirizados, além de alunos do internato dos cursos de Medicina e Enfermagem. Conforme a professora Bianca, a primeira etapa foi um sucesso. “Fizemos cerca de 500 testes e esperamos uma grande adesão na segunda etapa”, frisa.

IgM e IgG - O material adquirido pela UFRR foi o teste rápido para dosagem de IgM e IgG, qualitativa, contra o vírus Sars-CoV-2. Os exames de anticorpos envolvem a análise de uma amostra (geralmente sangue, soro ou plasma) para mostrar a presença de um anticorpo (exame qualitativo) ou para medir a quantidade de um anticorpo (exame quantitativo).

Anticorpos são produzidos pelo sistema imunológico. São proteínas (imunoglobulinas) que protegem as pessoas contra invasores microscópicos como vírus, bactérias, substâncias químicas e toxinas. Existem cinco classes diferentes de imunoglobulinas (IgM, IgG, IgE, IgA e IgD). Para o Sars-CoV-2, são investigadas as imunoglobulinas IgM e IgG, pois estes anticorpos têm ação conjunta na proteção imediata e a longo prazo contra infecções.

Coordcom/UFRR

registrado em:
Fim do conteúdo da página