Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Bloqueio de recursos – Nota de esclarecimento da UFRR (Atualização em 14/5)

Publicado: Quarta, 01 de Maio de 2019, 12h22 | Acessos: 3208

Após o Ministério da Educação publicar o decreto 9.741/19, as universidades federais brasileiras sofreram bloqueios em seus orçamentos para 2019.

Na Universidade Federal de Roraima (UFRR) o bloqueio foi de 42,92%, representando um total de R$ 22.111.731,00 milhões a menos no orçamento da Instituição. A previsão orçamentária da UFRR para 2019, anterior ao bloqueio, era de R$ 51.521.316,00 e agora resta um montante de 25.806.685,00 para custeio e de 3.602.900,00 para investimentos, excluindo o pagamento da folha de pessoal.

O bloqueio de recursos afetará a verba de custeio – destinada ao pagamento de despesas ordinárias, tais como, contratos de serviços continuados (limpeza, segurança, energia, água); bolsas estudantis (de Pesquisa e Pós-graduação e de Extensão), capacitação de servidores; e investimentos (construções de obras e aquisições de equipamentos didáticos), manutenção de espaços e pagamento de pessoal terceirizado, entre outras.

Mediante a drástica redução, a universidade está unida buscando estratégias para minimizar os efeitos do bloqueio orçamentário e garantir a continuidade das suas atividades fins: Ensino, Pesquisa e Extensão.

Esta semana, o reitor da Universidade Federal de Roraima (UFRR), Jefferson Fernandes, está em Brasília (DF) para participar de reuniões sobre o tema. O gestor deve retornar na próxima quinta-feira (16/5) com novas informações para redirecionar a atuação da UFRR neste cenário de crise.

Atuação da UFRR

Nesses 30 anos de existência a UFRR vem contribuindo para o desenvolvimento social, cultural e científico na região norte do país. Oferta, atualmente, 48 cursos de graduação com 8.596 matriculados; na pesquisa e pós-graduação são 15 mestrados e 4 doutorados com 506 alunos; no ensino básico técnico e tecnológico são 769 alunos; na educação a distância são 673 matriculados. A UFRR oferece atividades em três campi: Paricarana, Cauamé e Murupu.

A Instituição destaca-se por oferecer intercâmbios e promover um processo de internacionalização por meio da mobilidade acadêmica no âmbito nacional e internacional. Oferece aulas gratuitas de língua portuguesa para facilitar o processo de adaptação dos alunos estrangeiros. Além dos núcleos e unidades de pesquisa, em várias áreas de atuação, a UFRR conta com o Instituto INSIKIRAN de formação indígena, responsável por um dos projetos mais inovadores no país: a formação intercultural para professores e gestores indígenas.

Suspensão de novas turmas do Inglês sem Fronteiras

Ainda que haja um grande esforço por parte da gestão superior para amenizar os efeitos trazidos pelo bloqueio de quase 50% dos recursos da Instituição, algumas consequências já começam a ocorrer, como é o caso do Programa Inglês sem Fronteiras.

Houve a suspensão da abertura de cinco novas turmas dos cursos presenciais que iniciariam no mês de maio, estando assegurado apenas o funcionamento das turmas já em andamento. O Núcleo de Línguas da UFRR lamenta a suspensão.

registrado em:
Fim do conteúdo da página