Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Pesquisador e coordenador da Cátedra UNESCO de Bioética ministra aula magna na UFRR dia 16 de agosto

Publicado: Quarta, 01 de Agosto de 2018, 13h55 | Acessos: 703

A aula magna 2018.2 da Universidade Federal de Roraima será realizada no dia 16 de agosto (quinta-feira), às 18h, no Centro amazônico de Fronteira (CAF/UFRR) com o tema: “A pesquisa científica entre a liberdade e os limites”. 

O convidado é o professor Dr. Volnei Garrafa, doutor em Ciências pela UNESP, pós-doutor em Bioética pela Universidade La Sapienza/Roma Itália e professor titular do departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília.

Dr. Volnei é coordenador da Cátedra Unesco e do Programa de Pós-Graduação em Bioética da UnB (mestrado e doutorado); professor orientador credenciado do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da UnB (mestrado e doutorado); fundador e primeiro presidente da Red-Latinoamericana y del Caribe de Bioética de la UNESCO - REDBIOÉTICA (2003-10), da qual atualmente é Diretor de Assuntos Internacionais.

Dentre outras funções que ocupa em entidades afins, é editor da Revista Brasileira de Bioética (RBB); foi delegado designado pelo Presidente da República para assessorar a Delegação Brasileira na UNESCO no processo de elaboração da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos na Unesco, Paris/França (2004 - 2005); foi membro do Grupo de Trabalho designado pelo Ministro da Saúde para elaborar projeto de lei para criação do Conselho Nacional de Bioética (2003-2004); foi presidente da Sociedade Brasileira de Bioética (2001-2005) e presidente do Sixth World Congress of Bioethics (2002).

Dentre as linhas de pesquisa que atua estão: transculturação da bioética; Bioética e saúde pública; Bioética e legislação brasileira; comitês de ética em pesquisa; bioética e AIDS; a bioética e seus fundamentos; Bioética e Odontologia; Bioética das situações emergentes; Bioética das situações persistentes e Fundamentos, transculturação e contextualização.

registrado em:
Fim do conteúdo da página