Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Cartilha educativa do projeto de elaboração dos Planos de Saneamento Básico está disponível na web

Publicado: Segunda, 16 de Abril de 2018, 19h56 | Acessos: 362

A cartilha educativa de mobilização para a elaboração dos Planos Municipais de Saneamento Básico foi publicada na página do projeto. Clique aqui

A Cartilha intitulada "Plano Municipal de Saneamento Básico: Compromisso com a saúde e qualidade de vida da população" é um instrumento educativo-informativo que favorece pedagogicamente a compreensão das pessoas acerca dos serviços que compõe o saneamento básico e, sobretudo, salienta a importância do planejamento participativo na construção do PMSB e no monitoramento das ações propostas, com o intuito de incentivar um maior envolvimento da sociedade na temática.

Antes de elaborar a cartilha, foram realizadas pesquisas na internet de outros materiais já publicados sobre a temática e analisados diferentes formatos de textos, como as histórias em quadrinhos, textos com ilustrações e esquemas. Após a pesquisa, foi decidido confeccionar um material bem esquemático e ilustrativo, com textos curtos e de linguagem simples, com o objetivo de despertar o interesse na leitura e permitir a compreensão de pessoas de qualquer faixa etária, desde o público adulto até o público infantil.

Os assuntos discutidos na cartilha também não seriam muito aprofundados, a ideia era que os leitores tivessem um primeiro contato com o tema, servindo de estímulo ao aprendizado de novos conceitos na área, que são de grande complexidade e envolvem conhecimentos de diversas áreas.

O professor Dr. Paulo Maroti, membro da equipe de educadores ambientais, idealizador e desenhista do material paradidático, explica que a cartilha vai servir como um referencial nas ações de educação ambiental, visando estimular à participação social nos municípios conveniados do PMSB.

O projeto 

Os serviços básicos de saneamento são serviços públicos de saúde. Este é um dos pressupostos da pesquisa. Sua implantação significa economias expressivas em gastos com saúde pública e garante ao cidadão, antes de tudo, uma existência digna, especialmente quando se trata dos serviços de água e esgoto.

Os municípios devem, de acordo com a Lei nº 11.445/2007, formular a sua política pública e, consequentemente, planejar as ações de saneamento básico. Dessa forma, como instrumento de planejamento instituído pela Lei, o Plano de Saneamento Básico será um instrumento norteador da política devendo englobar integralmente o território municipal.

Durante a ação, equipes da UFRR e Funasa estarão auxiliando os comitês indicados pelos municípios para que os Planos possam ser elaborados com rigor técnico e sucesso de acordo com as expectativas legais e planejadas.

Participar do projeto, além de contribuir para o cumprimento da legislação nacional de saneamento básico, proporcionará uma gestão participativa dos recursos públicos com foco na melhoria da qualidade de vida de todos os cidadãos.

Mais informações: http://ufrr.br/saneamentorr/

registrado em:
Fim do conteúdo da página