Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Alunos do Colégio de Aplicação fazem lançamentos de foguetes

Publicado: Sexta, 19 de Maio de 2017, 18h00 | Acessos: 529

100 alunos do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Roraima (CAP/UFRR) realizaram lançamentos de foguetes, utilizando materiais recicláveis como a garrafa pet.   A atividade visa principalmente comprovar a terceira Lei de Newton que diz “toda ação corresponde uma reação, com a mesma intensidade, mesma direção e sentido contrário”. 

Apresentar os conteúdos da disciplina de matemática, física e química, é sempre um desafio para os professores, uma vez que exige muita discussão teórica e cálculos, o que pode levar ao desinteresse de muitos alunos. O professor de física Ronaldo da Costa Cunha, conta que a produção de foguetes despertou a curiosidade dos estudantes.

“Mudou o olhar do aluno sobre a disciplina, porque a física faz parte do nosso dia-a-dia, despertou o interesse até de alunos de outras turmas. O trabalho com aulas práticas tem reduzido o índice de reprovação ”, explicou o professor.

A estudante Lorena Rodrigues, 17, relata que tinha pouca afinidade com a disciplina de física, mas a experiência de elaborar um foguete, mudou a sua forma de pensar. “Antes a gente ficava apenas fazendo cálculos na sala de aula, com a elaboração de foguetes, podemos praticar as teorias, o que torna o ensino mais interessante”, explicou a estudante.

Lorena Rodrigues, 17, estudante

É a primeira vez que ocorre amostra de foguetes no Colégio, os estudantes tiveram duas semanas para aprender conceitos da disciplina de física, matemática e química.  Nos dias 18 e 19, ocorreu a produção e o lançamento dos foguetes e participaram 100 alunos do 2º e 3º anos do ensino médio.

Ao lançar o foguete, o desafio é ultrapassar a distância de 120 metros a partir da base e alcançar um ângulo de 45 graus, conforme estabelecido pela Olimpíada Brasileira de  Astronomia e Astronáutica (OBA) . Além disso, os alunos fizeram a prova da 20º Olimpíada da OBA, os aprovados serão convidados para participar do Evento Científico da Jornada Espacial realizada em São José dos Campos – SP.

O CAP participa três anos seguidos da Olimpíada, já foram selecionados quatro alunos que ficaram entre os 80 melhores.

Professor de física (CAP), Ronaldo da Costa Cunha

registrado em:
Fim do conteúdo da página