linha top1
Universidade Federal de Roraima

Salas Temáticas

PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DAS SALAS AMBIENTES NO CAp - UFRR

 


JUSTIFICATIVA

A idéia das salas ambientes surgiu da necessidade do professor de dispor de salas que venham facilitar o acesso aos materiais didáticos específicos de cada disciplina, proporcionando a dinamização das aulas para a aquisição do conhecimento. Sendo assim, apresentamos uma proposta que difere dos padrões normais das salas existentes.
“Para que a escola seja capaz de promover tanto o desenvolvimento como a aprendizagem de seus alunos, ela precisa se organizar.” (PROGESTÃO IV – pág. 39)
Considerando as auto-avaliações e reflexões sobre a escola que se tem e a que se quer, realizadas nos últimos anos pelo Colégio de Aplicação, verifica-se a permanência de praticamente os mesmos problemas e as mesmas exigências para que a escola cumpra eficientemente seu papel pedagógico na formação de cidadãos críticos, participativos e conscientes.
Entende-se que a ênfase do trabalho escolar deve estar no processo de ensino-aprendizagem. Na proposta, reconhece-se a necessidade de melhorar a qualidade da aprendizagem dos alunos a partir, inclusive, do uso adequado dos espaços, equipamentos e recursos materiais e humanos existentes. Nesta proposta, a ambientalização das salas de aula, é uma das ações sugeridas.
O compromisso com a aprendizagem de todos os alunos é, portanto, uma característica fundamental naquela que pretende ser uma boa escola. E para isto, é preciso que, também, os espaços na escola, sirvam como mais um estímulo que aguce a curiosidade e o interesse pela busca do conhecimento.
Reorganizar o espaço escolar em salas laboratórios ou salas temáticas garante que todas as disciplinas possam usufruir de ambientes apropriados, com materiais didáticos reunidos em um mesmo local.
A exposição a imagens e outros estímulos intencionalmente organizados estimula a curiosidade e facilita a aprendizagem dos alunos. Além do mais, decorados para cada disciplina, os espaços poderão tornar a escola mais bonita, alegre e prazerosa. Sem contar que é na sala de aula que o aluno passa a maior parte do seu tempo de escolarização. Neste caso, ele teria a seu favor ambientes diversificados e mais estimulantes.
Com esta proposta, o Colégio de Aplicação busca cumprir seu papel, organizando seu tempo e espaço com vistas a oferecer ambientes promotores de aprendizagens, melhorar as condições de trabalho e a competência profissional dos professores e facilitar o uso de equipamentos e materiais de ensino-aprendizagem diversificados.

OBJETIVOS

  • Oportunizar ao professor a possibilidade de organizar a sala de aula de acordo com a característica da sua disciplina, tornando o ambiente mais funcional ao desenvolvimento das aulas e mais atrativo ao aprendizado;
  • Elevar o índice de aprendizagem dos alunos, através da utilização adequada dos equipamentos e materiais de ensino-aprendizagem, da otimização do uso do tempo pedagógico e da utilização de novas metodologias de ensino;
  • Promover a competência profissional através da reflexão sobre a prática de organização do ambiente em salas temáticas e todo contexto que ela envolve;
  • Viabilizar o uso dos espaços pedagógicos e recursos materiais e tecnológicos existentes na escola ou que possam ser construídos por professores e alunos.

METODOLOGIA


Entende-se que a sala de aula é um espaço de construção diária, onde professores e alunos interagem mediados pelo conhecimento. Torná-la um espaço de experiências educativas relevantes para professores e alunos é uma das questões desafiantes para os educadores.
A carência de materiais suficientes para atender as necessidades de todas as áreas compromete o uso dos ambientes e dos recursos tecnológicos e materiais, e, por conseguinte, a qualidade do ensino. Visando superar esta carência, além de viabilizar o aproveitamento máximo das possibilidades deste espaço repleto de significados que é a sala de aula, o CAp se propõe a reorganizar seu espaço em Salas Ambientes: trata-se de salas de aula específicas para o ensino das diferentes disciplinas, onde o professor organiza seus materiais didáticos em um mesmo local. Nessa opção de disposição do espaço, são os alunos que se deslocam pela escola, de uma sala para outra, e não o professor.
Inicialmente, procurar-se-á verificar a adequação da carga horária do professor, por turno, e os seus horários de acordo com as Salas Ambientes existentes (Anexo 1 – Sugestão de Horários). A implantação desta Proposta deverá ocorrer a partir do 1º bimestre de 2009 em caráter experimental, quando serão observadas a movimentação dos alunos e a assimilação da dinâmica pelos professores e funcionários, havendo momentos de ajustes e avaliação de aspectos como: rendimento dos alunos, comportamento em sala, conservação do patrimônio escolar, empenho dos servidores, assiduidade dos professores, etc.
A proposta visa atender todas as turmas do ensino fundamental e médio, com a implantação de recursos didáticos e multimídia como: projetor de multimídia, televisão, aparelho de DVD, computador e materiais didáticos em todas as salas ambiente. Porém devido às peculiaridades dos diferentes níveis de ensino será adotada uma sistemática diversificada.
Nas turmas de 5ª a 8ª Séries do Ensino Fundamental e Ensino Médio, o funcionamento se dará da seguinte maneira: ao longo do dia haverá a troca de sala pelos alunos; cada sala será decorada e equipada de acordo com a disciplina a ser ministrada nela; cada professor terá seu ambiente; e, o material de ensino estará sempre à mão.