linha top1
Universidade Federal de Roraima

Setor de psicologia

O Setor de psicologia do CAp conta com a atuação do psicólogo educacional, que é profissional da psicologia cuja missão é o estudo e a intervenção do comportamento humano no contexto da educação. Seu objetivo principal é o desenvolvimento das capacidades das pessoas, dos grupos e das instituições. Além disso, na definição se entende o termo educacional no sentido mais amplo da formação, de possibilitar o desenvolvimento pessoal e coletivo.

O campo de estudo e de atuação do psicólogo educacional no CAp está relacionado com os processos cognitivos associados ou derivados do aprendizado. Reflete e desenvolve seu trabalho em todos os níveis da psicologia, seja no nível social, pessoal, biológico, de saúde, etc.

Funções do psicólogo educacional:

Intervenção em relação às necessidades educacionais dos alunos: deve se encarregar de estudar e prever as necessidades educacionais dos alunos. Graças a isso pode agir para melhorar a experiência educacional dos alunos.

Funções vinculadas à orientação, aconselhamento profissional e vocacional: o objetivo geral desses processos é colaborar no desenvolvimento das competências das pessoas, através do esclarecimento dos seus projetos pessoais, vocacionais e profissionais de modo que possam dirigir sua própria formação e sua tomada de decisões.

Funções preventivas: deve intervir na aplicação das medidas necessárias para evitar os possíveis problemas na experiência educacional. É importante agir sobre todos os agentes educacionais (pais, professores, filhos, orientadores…).

Intervenção na melhoria do ato educacional: é de grande importância prestar atenção à instrução aplicada pelos educadores. Estudar e aplicar as melhores técnicas educacionais é necessário para que o aprendizado e o desenvolvimento do aluno seja ideal.

Formação e aconselhamento familiar: uma parte importante da educação é a que a família oferece. Através do estudo da família e do posterior aconselhamento é possível alcançar modelos educacionais familiares eficientes. Com isso, aumentamos a qualidade de vida de todos os membros da família.

Intervenção socioeducativa: a vida acadêmica e familiar não são as únicas coisas que educam o ser humano, o ambiente todo importa. É responsabilidade do psicólogo educacional se encarregar do estudo de como o sistema social influencia a educação para, assim, tentar intervir naqueles aspectos que são passíveis de melhorias.

Pesquisa e docência: para que todas as outras funções possam ser desempenhadas, são necessárias muitas pesquisas que mostrem as direções a seguir. Toda pesquisa seria inútil sem uma docência que dissemine o conhecimento entre outros profissionais e estudantes.